Destaque

Prefeito anuncia Plano de Enfrentamento à Síndrome Gripal e Síndrome Respiratória Aguda Grave

Publicado

na

O prefeito Emanuel Pinheiro anunciou as ações do Plano de Enfrentamento à Síndrome Gripal e Síndrome Respiratória Aguda Grave, elaborado a várias mãos pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde. O Plano foi criado por solicitação do próprio prefeito, após a constatação do aumento de atendimento às síndromes gripais nas unidades de saúde do município.

“Dados do sistema E-sus Municipal apontam um aumento de 24,98% no atendimento de doenças relacionadas ao aparelho respiratório nas unidades de Atenção Básica em dezembro, quando comparado aos atendimentos de novembro. Também verificamos um aumento de 87% nos atendimentos de casos de Influenza durante o mesmo período. Temos ainda 17 residentes de Cuiabá internados por Síndrome Respiratória Aguda Grave. Esses dados nos fizeram acender a luz de alerta, por isso solicitei à secretária de Saúde interina, Suelen Alliend um plano de enfrentamento a essa doença para reorganizarmos o sistema público para melhor atender à população”, disse o prefeito.

De acordo com o Plano, todas as unidades básicas de saúde vão atender as pessoas que procurarem atendimentos por síndrome gripal, sem necessitar agendamento. Para isso, a quantidade de consultas agendadas diariamente será menor. As UBS atendem de segunda a sexta, das 7h às 11h e das 13h às 17h. As unidades Centro de Saúde do Tijucal, UBS Parque Ohara, Clínica da Família e UBS Ilza Terezinha Picolli atendem das 7h às 21h. O Centro de Saúde Ana Poupina atenderá exclusivamente pessoas com síndromes gripais.

Leia Também:  Prefeito reitera compromisso de “virar a página” e resolver problemas crônicos da Saúde

“É importante que as pessoas que tenham casos leves, como coriza, mal-estar, febre, diarreia e dificuldade respiratória leve procurem atendimento nas unidades básicas, espalhadas por toda a capital, para não superlotar as unidades de Pronto Atendimento. Caso o médico classifique o paciente como moderado ou grave, ele será encaminhado para uma UPA ou Policlínica”, explica a secretária Suelen.

As pessoas com sintomas moderados ou graves devem procurar atendimento nas unidades de Atenção Secundária (UPA Verdão, UPA Morada do Ouro, UPA Pascoal Ramos, Policlínica do Planalto, Policlínica do Coxipó ou Policlínica do Pedra 90). Aqueles que tiverem indicação de internação, serão encaminhados para o Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (antigo PS) ou para o Hospital São Benedito. Os dois hospitais têm leitos exclusivos para atendimento destes pacientes.

Por fim, o plano prevê a imunização das pessoas que ainda não tomaram nenhuma dose da vacina contra a Influenza. “A campanha começou em abril e até agora atingimos 75% da meta. Quem ainda não se vacinou contra a Influenza em 2021 deve procurar qualquer unidade básica de saúde para se vacinar. Aqueles que já receberam uma dose só poderão se vacinar novamente quando começar a campanha de 2022”, concluiu Suelen.

Destaque

Vacinação contra covid-19 para crianças começa hoje (20); Vereador Dr. Luiz Fernando defende imunização

Publicado

na

Por Márcia Martins
Crianças de 5 a 11 anos começam a ser imunizadas contra Covid-19, a partir desta quinta-feira (20), no polo da Unic Beira Rio, a partir das 9h, em Cuiabá. Durante entrevistas a vários meios de comunicação e em suas redes sociais, o vereador e médico Dr. Luiz Fernando (Republicanos), fez questão de mostrar seu posicionamento favorável à imunização infantil.

Médico há 20 anos, presidente da Comissão de Saúde na Câmara Municipal da Capital, o parlamentar tem diversas leis e projetos voltados para a área da medicina.

“Eu sou a favor da vacinação em crianças. A favor da ciência. Tenho um filho de 5 e de 7 anos e vou levar os dois para se vacinar”, reforça o vereador ao informar que os pais ou responsáveis deverão entrar no site www.vacina.cuiaba.mt.gov.br, escolher o grupo no qual a criança se encaixa e preencher os dados. A primeira criança a receber a dose do imunizante será um garotinho, de 9 anos, que faz parte do grupo de pacientes imunossuprimidos.

De hoje ao dia 22, apenas o polo da Unic Beira Rio realizará a vacinação, devido à quantidade de doses recebidas. Foram 3.580 doses exclusivas para crianças e, conforme dados do Ministério da Saúde, a estimativa é de vacinar 60.659 crianças na Capital.

Leia Também:  Para deputado, Centros de Educação de Jovens e Adultos não devem ser fechados

Com a chegada de doses novas doses, previstas para a próxima semana, os polos de vacinação Unic Beira Rio (Região Leste), USF Paiaguás (Região Norte), USF Quilombo (Região Oeste), USF do Pedra 90 I e II e ainda USF Parque Cuiabá (Região Sul) – também irão aplicar a vacina. Já nas zonas rurais, a USF Guia, o Programa Amor I e Amor II atenderão essas demandas.

Como embasamento para aprovação e incentivo da vacinação, Dr. Luiz Fernando destaca estudos realizados pela Sociedade Brasileira de Pediatria, Sociedade Brasileira de Imunizações e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Já em relação ao risco de miocardite, que é uma inflamação nas células do músculo do coração (miocárdio), o médico afirma que é muito raro. “Existe certo receio quanto ao desenvolvimento da miocardite após a vacina, mas quero deixar claro que isso é raríssimo, não tenham medo, vacinem as crianças”, orienta.

LIVE – hoje às 19h30 Luiz Fernando vai realizar uma live para debater sobre a vacinação contra Covid em crianças. O debate contará com a participação do pediatra Dr. Maurício Malheiros e será transmitido via instagran.com/drluizfernandoamorim.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA