Destaque

Deputado solicita reforma em escola estadual de Ribeirãozinho

Publicado

na

Por meio da Indicação nº 5951/2021, o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), demonstrou a necessidade ao secretário de Estado de Educação, Alan Resende Porto, da reforma geral da Escola Estadual Alexandre Leite, em Ribeirãozinho, onde tanto as salas de aulas quanto a quadra poliesportiva encontram-se danificadas. De acordo com o deputado, o prefeito Ronivon Parreiro, apresentou a demanda ao parlamentar e explicou que a única forma de revitalizar a unidade é via investimentos da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

“Alguns municípios têm condições de fazer convênio com o Governo do Estado, porém, esse não é o caso de Ribeirãozinho, que não conta com aporte financeiro para atender as necessidades da escola”, explicou o deputado.

O prefeito ressaltou o quanto a comunidade escolar e pais cobram as necessidades estruturais, mesmo assim ajudam a manter o bom funcionamento. “Essa escola é motivo de muito orgulho para todos nós, graças ao comprometimento da população conseguimos manter a unidade, mas queremos proporcionar aos nossos alunos melhores condições, por isso procuramos o deputado Nininho para intervir por nós”, contou.

Leia Também:  Consumidores podem acompanhar dados do Nota MT diariamente

Nininho lembrou do exemplo do ex-aluno Gabriel Rodrigues Ribeiro, que foi notícia nos principais veículos de comunicação de Mato Grosso. “O Gabriel frequentou grande parte de sua trajetória escolar nesta escola, com dedicação e com o apoio dos professores e incentivado pelos pais a não desistir do seu sonho, foi aprovado em 2020 no curso de medicina da Universidade de São Paulo- USP. Tenho certeza que o Gabriel é motivo de orgulho e exemplo para outros jovens, e com o olhar atento e sabendo da importância de dar condições para que nossos alunos tenham melhores condições para desempenhar o aprendizado, o governador Mauro Mendes e o secretário Alan Porto farão esforço para atender a nossa indicação”, ratificou o parlamentar.

Destaque

Serviço de limpeza pública é realizado diariamente na região central por mais de 100 trabalhadores

Publicado

na

Pensando na preservação de um ambiente onde o fluxo de pessoas é extremamente elevado e contínuo, a Prefeitura de Cuiabá desenvolve uma programação de limpeza específica para a região central da Capital. O trabalho é coordenado pela Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb) e realizado diariamente.

Conforme a Limpurb, para atender da forma mais eficiente possível a demanda diária da região, o plano de atuação conta cerca de 100 operadores de limpeza que são distribuídos pelas vias, praças e outros equipamentos públicos. As ações ocorrem de segunda-feira a sábado, iniciando logo às 6h e seguindo até às 20h.

Durante o período de trabalho, as equipes são responsáveis por executar serviços como varrição, roçagem, poda de árvores, pintura de meio-fio. Somando a isso, periodicamente e contando com o auxílio de caminhões pipa, as praças são lavadas e higienizadas. Todos os resíduos recolhidos por meio dessas atividades são encaminhados para o aterro sanitário.

“O Centro Histórico é o coração de Cuiabá e merece esse olhar cuidadoso. É isso que o prefeito Emanuel Pinheiro tem buscado fazer desde o seu primeiro mandato à frente de Prefeitura com melhorias nas vias, reforma de praças. Na limpeza não é diferente. Atuamos em toda a cidade, sem nos esquecer dessa região que é por onde todo cuiabano passa”, explica o diretor-presidente da Limpurb, Vanderlúcio Rodrigues.

Leia Também:  Equipe de saúde alerta para cuidados pós-operatórios

Além de ajudar a deixar a cidade ainda mais bonita, as ações de limpeza também ajudam a evitar que uma grande quantidade de lixo tenha como direção as bocas de lobo da região e cheguem até o Rio Cuiabá. Nesse sentido, a Limpurb destaca ainda a importância da participação da população no processo de cuidado da Capital.

“Todo lixo jogado no chão tem um destino. Nossos valorosos servidores trabalham para fazer com esse destino seja o correto e não as bocas de lobo, que muitas vezes acabam entupidas com esses materiais. Mas, é fundamental que o cidadão entenda que ele também deve ajudar o poder público a cuidar da cidade”, finaliza Vanderlúcio.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA