Destaque

Coordenação dos polos orienta população a comparecer apenas no horário agendado para vacinação contra Covid-19

Publicado

na

No intuito de acelerar a imunização dos habitantes de Cuiabá contra a Covid-19, a Prefeitura criou o Horário Estendido na campanha “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar” e, com isso, três polos – SENAI Porto, UFMT (drive-thru) e SESI Papa (drive-thru) – funcionarão até às 21 horas desta segunda-feira (23) até a próxima sexta-feira (27).

Para que tudo ocorra de forma organizada, a coordenadora da campanha de vacinação contra a covid-19 e coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Cuiabá, Valéria de Oliveira, orienta que os usuários colaborem indo aos polos apenas no horário agendado. “Precisamos que as pessoas se atenham ao horário para o qual foram agendadas pelo sistema do Vacina Cuiabá e que consta no comprovante com o QR code. Somente nas primeiras horas desta segunda-feira, já recebemos no SENAI Porto dezenas de pessoas agendadas para o período noturno ou para os dias seguintes. Não podemos passar essas pessoas na frente de quem está no horário correto e, se elas permanecem aqui, acabamos ultrapassando o limite de capacidade do local, o que não é indicado em meio a esta pandemia”, afirma.

Leia Também:  Em live, Corpo de Bombeiros orienta população a denunciar queimadas

Valéria ainda destaca que as estruturas fixas montadas para a campanha de vacinação contam ar condicionado, cadeiras, banheiros, água mineral, tudo para atender a população da melhor maneira possível, mas que casos como de pessoas que vão acompanhadas ao polo sem necessidade, acabam favorecendo a aglomeração. “Havia um grupo familiar de 5 pessoas em que somente uma iria ser vacinada. Sabemos que as pessoas querem compartilhar este momento tão importante com quem amam, mas precisamos manter a organização do polo de vacinação. Pelas regras sanitárias, somente têm direito a acompanhante as mulheres grávidas ou com criança de colo, idosos ou pessoas com deficiência”, informa a coordenadora.

Nesta segunda-feira (23), no polo SENAI Porto estão agendadas 2,6 mil pessoas para tomarem a primeira dose da vacina, no SESI Papa (drive-thru) serão 2,5 mil pessoas convocadas apenas para a primeira dose e, no polo UFMT (drive-thru), está prevista a aplicação da primeira dose em 2 mil cuiabanos. A coordenadora de acolhimento e registro do polo SENAI Porto, Vera Lúcia Ferreira, ressalta que, além desses agendados, ainda estão sendo atendidas as pessoas que estão no prazo para receber a segunda dose da vacina. “Estamos em um momento crucial da campanha de vacinação, em que temos como meta imunizar 9 mil pessoas com a primeira dose por dia em Cuiabá e seguir concluindo o esquema vacinal dos demais, então, pedimos a compreensão e da contribuição dos pacientes, pedimos para que venham apenas no horário agendado e só trazer acompanhante se realmente houver necessidade”, afirma.

Destaque

Com pedido de vista no STF, composição da mesa diretora da ALMT pode ser alterada

Publicado

na

Após abrir divergência no julgamento sobre a reeleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o ministro Gilmar Mendes pediu vista do processo, que está em análise no plenário virtual do Supremo Tribunal Federal (STF). O pedido de vista foi apresentado nesta terça-feira (21).

A ação foi apresentada em março deste ano, após a reeleição do deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) para seu terceiro mandato como presidente da Assembleia Legislativa. Nove dias após a proposição, o ministro Alexandre de Moraes concedeu liminar impedindo a posse de Botelho, o que levou à realização de uma nova eleição da Mesa Diretora da ALMT.

Proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR), a ação questionava a possibilidade de múltiplas reeleições para o mesmo cargo na Mesa Diretora, apontando que a Constituição Federal impedia este tipo de conduta no Congresso Nacional. Assim, as casas legislativas estaduais e municipais deveriam seguir o mesmo entendimento, permitindo apenas uma reeleição para o mesmo cargo de um membro da Mesa Diretora.

O processo foi a julgamento virtual pela primeira vez em 11 de junho, mas foi suspenso devido a um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes, o decano da corte, que não havia apresentado seu voto até então.

Leia Também:  Espetáculo teatral em comemoração aos 300 anos de Cuiabá tem entrada gratuita

O julgamento virtual retomado na última sexta-feira, 17 de setembro, ocasião em que o ministro Gilmar Mendes abriu divergência do relator do caso, Alexandre de Moraes. Mendes manteve a maior parte da decisão do relator, que limitou a uma única reeleição, mas abriu brecha para que Botelho pudesse ser reconduzido à Presidência.

“Ante o exposto, divirjo em parte do Ministro Relator e julgo procedente o pedido para conferir interpretação conforme a Constituição Federal […] e estabelecer que é permitida apenas uma reeleição ou recondução sucessiva ao mesmo cargo da Mesa Diretor, mantida a composição da Mesa de Assembleia Legislativa eleita antes da publicação do acórdão da ADI 6524 (06/04/2021)”, disse Gilmar em seu voto.

Antes do pedido de vistas, o ministro Ricardo Lewandowski acompanhou o voto de Gilmar Mendes, estabelecendo o placar de 2 a 1 para a decisão que permite a recondução de Botelho à presidência da Assembleia.

Não há data para a retomada do julgamento. Falta ainda a manifestação de sete ministros.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA