Destaque

Amor e ódio na harmonização facial

Publicado

na

Qual é a sua relação com a harmonização facial, amor ou ódio? Satisfação plena ou arrependimento total? Impressionante como pode ser comum essa relação de rejeição. Mas, a harmonização não nasceu para ter discórdia com o objetivo principal, um bom resultado. Como profissional é doloroso falar a respeito deste tema, pois o DNA da harmonização é justamente o equilíbrio perfeito de uma face, e não o desequilíbrio. Mas, a boa notícia é que ajustes em procedimentos sem um bom resultado tem percentuais elevados de melhoria. Ou seja, não gostou, não ficou da forma que deveria, é possível remover o produto ou corrigir de outras maneiras.
Mas, vamos ao princípio, por que isso pode acontecer? Primeiramente vamos fazer uma contextualização deste mercado, não é porque consultório X é o mais caro do Brasil, ou da sua cidade, que o torna a melhor referência. Não é porque o profissional quer popularizar a harmonização com super promoções que o transforma numa autoridade em resultados. A verdadeira percepção deve estar associada a gama de aprovação por si em cada resultado. Pois, se uma face não atingir o resultado ideal é passível de desapontamentos, dos quais poderiam ser evitados.
É sempre preciso estudar cada paciente, e mais que isso, informar-lhe sempre que não existe um modelo perfeito de lábio igual para todos, que o queixo alongado é perfeito para determinados tipos de estrutura de face, que uma sobrancelha mais arqueada que o normal provoca estranheza, porém uma levemente arqueada é aconselhável e muito desejada realçando a beleza da face. É preciso entender que excessos e arquétipos robóticos podem ser para uma pequena parcela, mas não em escala industrial. É preciso respeitar sua face. Seu ideal de beleza deve ser sempre muito bem avaliado, e principalmente é preciso que o profissional em harmonização discuta cada detalhe, pois se trata de alguém muito importante, você!
A prioridade é elevar a sua autoestima, é resgatar confiança em si mesma, é te apresentar uma relação de profundo amor a esta ciência maravilhosa, a harmonização facial que muda vidas e proporciona felicidade resgatando a sua autoestima a cada procedimento estético. A dor até pode ser apenas da próxima agulhadinha na transformação da beleza mas nunca, jamais, do arrependimento após um procedimento estético.
Nayara Cerutti, odontóloga com atuação em harmonização facial

Leia Também:  Patrulha Maria da Penha de Sinop organiza lives sobre prevenção e combate à violência contra a mulher
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Primeira-dama Márcia Pinheiro participa de sopão, entrega alimentos e cobertores para 200 famílias

Publicado

na

A primeira-dama Márcia Pinheiro participou da ação de sopão, nesta sexta-feira (30), no bairro Jardim Vitória. Os trabalhos integraram o terceiro dia da Força Tarefa de Enfrentamento ao Frio, promovida pela Prefeitura de Cuiabá, que contou com 17 frentes de atuação por toda a  capital.
Segundo ela, a ação integrada de diversas secretarias já tem balanço positivo pelo raio de alcance em um curto espaço de tempo de 3 dias. “Essa soma de esforços coordenados para o combate à rigorosa frente fria, que apontava a meteorologia, mostrou a capacidade da prefeitura na sua atuação emergencial que visa minimizar o frio e a fome de centenas famílias em vulnerabilidade social”, frisou Márcia.
Somente na frente de atuação do bairro Jardim Vitória, cerca de 200 pessoas, das 2.122 famílias prevista para serem atendidas nesse terceiro dia, foram acolhidas com a triagem social da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, além dos benefícios emergenciais entregues com donativos.
“Realizamos esse sopão há muitos anos e estamos agradecidos à primeira-dama e ao prefeito por esse suporte com todos esses alimentos e cobertores. Mostra a atuação da prefeitura e o cuidado com as nossas pessoas”, elencou Alto Anunciação, idealizador da ação social na região.
Desde o início da frente fria, na última quarta-feira (28), já foram entregues mais de 3,5 mil donativos entre cestas de alimentos, cobertores, kits de higiene, roupas e itens de frio, além de absorventes da campanha Cuiabá Por Elas da Secretaria Municipal da Mulher.
A intitulada Força de Enfrentamento ao Frio é uma ação coordenada pelo Núcleo de Apoio à Primeira-dama, em conjunto com diversas secretarias municipais. A medida é realizada todos os anos, entretanto com a previsão meteorológica de frio rigoroso, foi pensado num trabalho mais acentuado.
“Todas previsões apontavam para um frio fora do comum e vimos a necessidade de ampliar aquilo que já vinha sendo realizado ano após ano. O acolhimento da população de rua e das famílias em vulnerabilidade social já faz parte da rotina da prefeitura durante todo ano, entretanto se viu esse esforço mais especializado em virtude da forte frente fria”, explicou a primeira-dama.
Leia Também:  Harmonização corporal: a nova era do autocuidado e estética
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA