Opinião

Cresce procura por procedimentos faciais durante pandemia

Publicado

na

Certo dia um paciente me procurou querendo melhorar o aspecto de cansaço, que ele julgava ter. Disse que estava trabalhando em home office, arquiteto ele apresentava os projetos para os clientes de forma online e esclarecia todas as dúvidas. Porém começou a ter um feedback inesperado dos clientes que falavam que ele não parecia entusiasmado com a própria criação, estava com aspecto de esgotamento. Meu paciente tentou mudar o jeito de abordagem, mas percebeu que o problema não era interior, mas sim exterior.

Depois dessa conversa conseguimos levantar o olhar e melhorar a expressão facial dele. Daí pra frente fui percebendo uma procura por procedimentos no rosto após videoconferências, reuniões onlines, as pessoas começaram a se olhar no vídeo e notaram mais o que as incomodava.
Com a pandemia, eu e também muitos colegas dermatologistas que trabalham com a estética tivemos receio de perder renda, pacientes e até mesmo de ter que fechar as portas, mas esse momento trouxe um olhar individual da sociedade para as “imperfeições” no corpo e rosto.

No ano de 2020 o setor da estética teve um faturamento maior do que o registrado em 2019. Ou seja, mesmo em período de quarentena, o mercado da estética ganhou mais dinheiro do que no ano anterior ao ano da pandemia.

Leia Também:  Freios e contrapesos

Um estudo que foi realizado pela empresa Allergan, em uma parceria com a Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD e com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – SBCP, mostrou que, pelo menos, 82% dos brasileiros têm o desejo de mudar alguma coisa estética no rosto. Aí você pode pensar, bom para o médico né? Não só para o profissional, mas para o paciente também.

A relação médico/ paciente ficou mais íntima, mais próxima e sólida. A confiança passou a ser ingrediente principal da relação, a responsabilidade do médico também aumentou.
Pensemos! Já imaginou o impacto de mexer no rosto de alguém e “estragar” de alguma forma o que já era bom? Num momento como esse, no qual as emoções estão à flor da pele e as incertezas do futuro são maiores. Isso é inconcebível para nós médicos, por isso o critério ficou maior e o freio mais profundo.

Já tive que falar para o paciente não mexe desse tanto na sua boca é tão linda, você nao vai querer o aspecto artificial que três ampolas de preenchimento vão trazer para seus lábios! Nem tudo é lucro, o dinheiro é consequência de uma boa colheita e só se colhe bons frutos quando se planta boas sementes.

Leia Também:  Comissão debate impacto da pandemia de covid-19 na economia mundial

As incertezas diante da pandemia, o cenário de dor e saúde fragilizada, sentir-se bem é um ato que favorece a saúde mental. Já que a autoestima influencia bastante na qualidade de vida. Percebo também que uso da máscara acaba encorajando aqueles que querem passar despercebidos após um procedimento estético, assim conseguindo uma recuperação mais silenciosa.

A grande dica é não busque a perfeição, procure estar bem consigo mesmo, busque felicidade, bem estar e satisfação. E, claro, cuidado com aqueles profissionais que só irão te ver como cifrões e não como um paciente.

Dra Paula Cordeiro – Médica Dermatologista e Membro Titular da SBD

Opinião

O Pódio também é para a mulher

Publicado

na

Nos últimos anos, o lugar das mulheres em cargos altos no mercado de trabalho vem aumentando gradativamente a passos largos. A revista Forbes Brasil listou as 20 mulheres de sucesso no Brasil em diversas em diversas áreas, todas dispostas a mudar o conceito de gênero no mercado. Segundo a revista Forbes, a lista aponta mais uma vez que a equidade de gênero na sociedade e no mercado de trabalho é um caminho sem volta. A diversidade nas empresas provou ser um poderoso fator de eficiência, inovação, criatividade, produtividade, harmonia e qualidade em todas as suas dimensões.
O assunto não quer calar, em junho a revista exame ressaltou a varejista de moda Lojas Renner como um dos destaques da 3ª edição do Guia EXAME Diversidade. Segundo a revista, como resultado, 65% dos cargos de liderança, a partir de gerência, são ocupados por mulheres. Já no mapa de sucessão, 76% das pessoas que pleiteiam postos mais altos são do gênero feminino.
O que podemos avaliar desses indicadores; em primeiro lugar é que existe consistência no trabalho de fazer com que as mulheres acreditem que possam evoluir. O melhor nesse contexto é que nós mulheres já ocupamos a gestão sem fronteiras de segmentos. No mercado automotivo de alto padrão, por exemplo, temos um inicio dessa expansão nos altos cargos. Orgulhosamente represento esse setor em Cuiabá. O caminho percorrido para chegar a este pódio foi longo, porem por quase dois anos mantenho essa conquista, e a desempenho com excelência, servindo de referência para toda a região Centro – Oeste e outros Estados, pois se tornou comum mulheres neste segmento atuando apenas como vendedoras, mas como gestoras ainda é raro. Sim sou uma das únicas, uma referência, principalmente no segmento de carros esportivos de luxo.
O motivo desta raridade é que ainda existe algo para ser driblado, o preconceito. É como se uma negociação milionária diante de Lamborghinis, Ferraris e demais super máquinas, só figurava com sucesso o estereótipo “homem de negócios”. Ledo engano e visão ultrapassada, o conservadorismo neste caso, não tem mais espaço e nem sentido. Hoje a relação mudou bastante, a figura feminina está mais familiarizada ao público masculino, apesar de serem ainda os homens a grande maioria nos altos cargos e clientes compradores de carros esportivos.
Hoje, celebro a celeridade com que a visão de mundo vem se modificando, claro, que os resultados nos ajudam neste processo, pois não se trata apenas de gênero, porem de competência. E, mesmo sabendo que a eficiência, inteligência, sagacidade e determinação fazem parte do DNA das mulheres que lutam por um espaço no “Pódio” ainda temos que lembrar o mundo a respeito, e até mesmo a nós, quando nos deparamos com olhares duvidosos. Mas, avante mulheres, não pisem no freio do seu sucesso.

Leia Também:  Policiais recebem elogio por socorrer família durante temporal

Rosi Cidram, especialista em carros de luxo

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA