Destaque

Procura por carros importados cresce em MT

Publicado

na

O futuro da indústria automobilística em Cuiabá já chegou, é o fim da espera e da burocracia aduaneira. Com investimentos pesados na aquisição de carros elétricos da Tesla, os mato-grossenses podem vislumbrar as versões 2021 do Model 3 e do Model Y, da Tesla, a marca mais conhecida e respeitada quando o assunto é carro elétrico. Ambos os modelos já podem ser conferidos, apreciados e testados na Rivenditori.

“É o fim da espera pelas versões mais modernas, famosas e desejadas do planeta. Ter o Zero KM da Tesla a disposição se traduz em zerar os burocráticos trâmites de importação que de certa forma significava impedimento na aquisição. Encurtar essa espera e possibilitar a compra imediata é um grande avanço para o segmento de carros de luxo em Cuiabá”, avalia Rosi Cidram, gestora da Rivenditori.

A gestora destaca que ter os carros a disposição atende uma demanda principalmente do interior de Mato Grosso.

“É impressionante a escalada de interesse pelas novas versões do Tesla, os carros elétricos despertaram o interesse em especial de quem é do Agronegócio”, aponta. Além de representar a chegada do futuro com modelos elétricos mais modernos, a Tesla significa categoria, segurança e tecnologia de ponta, com itens especialíssimos em cada modelo.

Leia Também:  Obra do viaduto Murilo Domingos avança com a fase de fundação das estacas raízes

O Tesla Model 3 é impressionante, nele credita-se uma experiência única dos veículos da marca, sem o ruído ou alguns dos artifícios presentes em versões anteriores. Em seus muitos desempenhos têm um forte poder de aceleração e autonomia da bateria, entre esses elementos o Model 3 tem a capacidade de ir dos 0 aos 100km/h em pouco mais de 4 segundos e uma autonomia de bateria que ronda os 600km.

Agora a grande estrela o Model Y da Tesla tem uma potência extra superior e desempenho surpreendente vai a 100 km/h em 3,7 segundos e chega a 244 km/h. E vai além, tem uma receita de sucesso, conquista de vez por oferecer ainda a funcionalidade de um SUV com 7 lugares e o desempenho de esportivo, com preço atraente. A arquitetura da suspensão é independente nas quatro rodas, com estrutura de alumínio. Uma característica comum a todos os Tesla.

“A capital do Agronegócio começa a atender de fato todas as necessidades e tendências de mercado quando o assunto é o setor de automobilismo, a Rivenditori veio para preencher esta lacuna e se aproxima cada vez mais em atender com excelência em todos os eixos, desde a comercialização de carros 0 km, semi-novo de luxo e estética automotiva, estamos prontos para surpreender”, define Amir Maluf, proprietário da Rivenditori.
Ainda de acordo com o empresário, o Centro Automotivo se tornou de forma rápida uma grande referência para todo o Estado de Mato Grosso e até mesmo para alguns Estados vizinhos.

Leia Também:  Pantanal tem pior mês de queimada, que cresce 121% na Amazônia

“A Rivenditori resolveu uma equação importante do segmento e viabilizou a logística, não é necessário mais adquirir veículos de luxo no eixo Rio-São Paulo, encurtamos essa distância principalmente para as regiões mais distantes de Mato Grosso, na pratica isso se converte em mais fechamento de negócios, mais oportunidades e incremento financeiro em nossa terra”, finaliza Amir Maluf.

Destaque

Prefeitura implanta placas orientativas para motoristas que transitam nas proximidades dos parques

Publicado

na

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), implantou placas orientativas aos motoristas que transitam nas proximidades dos parques Tia Nair – na Avenida Érico Preza, bairro Jardim Itália e do  Parque das Águas – Avenida Hermina Torquarto da Silva, no Centro Político Administrativo. As orientações são para a redução de velocidade a 30 km/h e o alerta quanto à presença de capivaras e outros animais que podem atravessar as vias.

Há tempos, a Prefeitura vem recebendo reclamações referentes a maus-tratos aos animais, atropelamentos e ainda, muitas capivaras estariam morrendo de fome por causa do crescimento urbano das regiões onde já foi somente mata.

Para preservar a vida dos animais,  o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, pediu para que a Secretaria de Meio Ambiente do Município acione veterinários, biólogos e consulte a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) para que realizem estudos para saber se existe a possibilidade de remoção das capivaras que estão nos parques públicos para outros lugares mais apropriados.

“É preciso olhar com mais cuidado para a causa animal. As placas orientativas visam alertar os motoristas quanto a velocidade nas vias onde há grande fluxo de animal. O objetivo é evitar acidentes e atropelamentos. Na minha gestão já aprovamos leis e criamos outras, que está em fase de regulamentação, para à preservação do animal”, enfatizou Pinheiro.

Leia Também:  Após arroz e leite, banana dispara e 'preço de banana' não é mais para todos

Dentre as leis sugeridas em prol dos animais está a Lei 436/17,de proteção aos animais, Lei 6423/19, do protetor independente, Lei 6439/ 19, do animal comunitário, Lei 6492/19, monitoramento através de câmeras em pet shop, Lei 6512/20, da circulação de veículo de tração animal em vias de perímetro urbano e Lei 6549/20, que proíbe o animal em corrente curta.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA