Destaque

“Nós valorizamos o Esporte e a Cultura em Cuiabá; as ações estão aí para provar”, afirma Beto Dois a Um

Publicado

na

O secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Beto Dois a Um, contestou a fala do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, dando conta que o Governo de Mato Grosso não investiria na capital.

Segundo o secretário, a Cultura, os artistas nunca foram tão valorizados por uma gestão estadual.

“Estamos com investimentos em editais, em pontos de Cultura e fizemos um esforço gigantesco para executar todos os recursos da Lei Aldir Blanc em Cuiabá e em todo o estado. Somente em Cuiabá foram 225 projetos aprovados, com investimento de R$ 11,4 milhões”, citou.

O gestor lembrou dos investimentos no Esporte e o pagamento “religiosamente em dia” das bolsas, algo que nunca aconteceu.

“Criamos o projeto Olimpus, com bolsas para atletas amadores e profissionais em várias modalidades, como futsal, basquete, hendebol, vôlei, atletismo, natação, wrestling, modalidades de artes marciais e contemplando também os paralímpicos. Nos próximos dias, vamos lançar a segunda fase do projeto, com o bolsa técnico, bolsa técnico nacional, internacional, prêmio de participação olímpica, prêmio medalha olímpica, além das adequações na Arena Pantanal que, sozinha, está abrigando todos os jogos da Capital”, destacou.

Leia Também:  FMI diz que Brasil deve se preparar para esticar auxílios e estímulos à economia

Beto Dois a Um lembrou que a atual gestão reabriu muitos museus em Cuiabá que estavam fechados há tempos, como o Museu de Arte Sacra, Museu de História Natural Dom Aquino, a Casa Cuiabana e o Museu Residência dos Governadores.

Também foi destacado pelo secretário o investimento nos editais que contemplaram artistas de Cuiabá, como o Pontos da Cultura (R$ 270 mil para a Capital), o Edital Estevão de Mendonça de Incentivo à Literatura Mato-grossense (R$ 400 mil) e o Edital Festival Cultura em Casa (R$ 210 mil).

“O Estado reabre museus, valoriza os espaços culturais e investe nos artistas e atletas. As ações estão aí para provar. Quem é do setor sabe o trabalho que estamos fazendo.
Ainda neste ano teremos o Salão Jovem Arte em Cuiabá. Sem contar a MT Escola de Teatro, as capacitações que estamos fazendo para profissionalizar o audiovisual e o Programa de Aceleração de Negócios Criativos, que visa dar ferramentas para os artistas geraram emprego e renda com seu trabalho”, pontuou.

O secretário ainda mencionou as ações do Governo do Estado para auxiliar o setor da Cultura, Esporte e Lazer em razão das dificuldades trazidas pela pandemia, como a entrega das cestas básicas, por meio do programa liderado pela primeira-dama Virginia Mendes, e a liberação de recursos ao setor de bares, restaurantes e eventos.

Leia Também:  Rotam fecha escritório luxuoso do crime em Cuiabá

“O Governo do Estado, com apoio da Assembleia, liberou R$ 55 milhões para crédito aos setores atingidos, especialmente os pequenos bares, restaurantes e pequenas empresas do setor de eventos. Esse valor vai dar fôlego aos setores e salvar empregos. Lembrando que o ICMS para esse segmento foi reduzido de 7% para 3% nessa gestão. Quem se beneficia de todas essas ações são os mato-grossenses e, especialmente, os cuiabanos”, finalizou.

Destaque

Prefeitura implanta placas orientativas para motoristas que transitam nas proximidades dos parques

Publicado

na

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), implantou placas orientativas aos motoristas que transitam nas proximidades dos parques Tia Nair – na Avenida Érico Preza, bairro Jardim Itália e do  Parque das Águas – Avenida Hermina Torquarto da Silva, no Centro Político Administrativo. As orientações são para a redução de velocidade a 30 km/h e o alerta quanto à presença de capivaras e outros animais que podem atravessar as vias.

Há tempos, a Prefeitura vem recebendo reclamações referentes a maus-tratos aos animais, atropelamentos e ainda, muitas capivaras estariam morrendo de fome por causa do crescimento urbano das regiões onde já foi somente mata.

Para preservar a vida dos animais,  o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, pediu para que a Secretaria de Meio Ambiente do Município acione veterinários, biólogos e consulte a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) para que realizem estudos para saber se existe a possibilidade de remoção das capivaras que estão nos parques públicos para outros lugares mais apropriados.

“É preciso olhar com mais cuidado para a causa animal. As placas orientativas visam alertar os motoristas quanto a velocidade nas vias onde há grande fluxo de animal. O objetivo é evitar acidentes e atropelamentos. Na minha gestão já aprovamos leis e criamos outras, que está em fase de regulamentação, para à preservação do animal”, enfatizou Pinheiro.

Leia Também:  Candidato a prefeito faz teste de Covid em Cuiabá

Dentre as leis sugeridas em prol dos animais está a Lei 436/17,de proteção aos animais, Lei 6423/19, do protetor independente, Lei 6439/ 19, do animal comunitário, Lei 6492/19, monitoramento através de câmeras em pet shop, Lei 6512/20, da circulação de veículo de tração animal em vias de perímetro urbano e Lei 6549/20, que proíbe o animal em corrente curta.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA