Destaque

Cuiabá vacina população em vulnerabilidade social nos albergues municipais

Publicado

na

“A nossa gestão, sempre pautada na humanização dos serviços àqueles que mais necessitam do suporte do poder público, não tem medido esforços para a vacinação. A Prefeitura de Cuiabá, numa ação com o acompanhamento da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, tem cuidado dos que mais necessitam, dos mais humildes. Atendendo o que é preconizado pelo Ministério da Saúde, iniciamos o processo de imunização da população mais vulnerável. Buscamos  mecanismos, a exemplo do consórcio do qual Cuiabá é signatário,  para conseguir cada vez mais doses para que possamos expandir a nossa cobertura vacinal”. A ponderação é do prefeito da capital, Emanuel Pinheiro.

Na tarde de segunda-feira (26), em uma ação executada pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência em conjunto com a pasta da Saúde,  por meio do programa ‘Consultório na Rua’.

Um dos locais visitados trata-se do  Hotel Albergue mantido pela Prefeitura de Cuiabá, idealizado pela primeira-dama e criado por meio de parcerias com o Ministério Público e a Rede de Hotéis Mato Grosso.

Leia Também:  85% dos criadouros de mosquito estão em casas de Cuiabá, diz prefeitura

O venezuelano Luis Gonzales, 65 anos, que procurou a capital como ponto de apoio para oferecer melhores condições de vida para a esposa e filhos, foi um dos vacinados contra a covid-19 na tarde desta segunda-feira (26). Além dele, outros sete acolhidos nos três albergues municipais, Porto, da Guia e Manoel Miráglia que também foram imunizados contra a doença.

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, reitera a preocupação com a população em situação de rua e nessa semana irá lançar – ao lado da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, uma ação voltada à assistência das pessoas em vulnerabilidade social, como garis, carroceiros, motoristas do transporte público, entre outros.

No total, a gestão Emanuel Pinheiro já aplicou mais de 109 mil doses de vacina desde o dia 20 de janeiro em cinco polos de vacinação, instalados na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), no Sesi Papa, no Sesc Balneário, estacionamento da Assembleia Legislativa e no Centro de Eventos Pantanal.

Destaque

Prefeitura implanta placas orientativas para motoristas que transitam nas proximidades dos parques

Publicado

na

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), implantou placas orientativas aos motoristas que transitam nas proximidades dos parques Tia Nair – na Avenida Érico Preza, bairro Jardim Itália e do  Parque das Águas – Avenida Hermina Torquarto da Silva, no Centro Político Administrativo. As orientações são para a redução de velocidade a 30 km/h e o alerta quanto à presença de capivaras e outros animais que podem atravessar as vias.

Há tempos, a Prefeitura vem recebendo reclamações referentes a maus-tratos aos animais, atropelamentos e ainda, muitas capivaras estariam morrendo de fome por causa do crescimento urbano das regiões onde já foi somente mata.

Para preservar a vida dos animais,  o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, pediu para que a Secretaria de Meio Ambiente do Município acione veterinários, biólogos e consulte a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) para que realizem estudos para saber se existe a possibilidade de remoção das capivaras que estão nos parques públicos para outros lugares mais apropriados.

“É preciso olhar com mais cuidado para a causa animal. As placas orientativas visam alertar os motoristas quanto a velocidade nas vias onde há grande fluxo de animal. O objetivo é evitar acidentes e atropelamentos. Na minha gestão já aprovamos leis e criamos outras, que está em fase de regulamentação, para à preservação do animal”, enfatizou Pinheiro.

Leia Também:  Em meio à pandemia, índice de isolamento social cai a 37% em MT

Dentre as leis sugeridas em prol dos animais está a Lei 436/17,de proteção aos animais, Lei 6423/19, do protetor independente, Lei 6439/ 19, do animal comunitário, Lei 6492/19, monitoramento através de câmeras em pet shop, Lei 6512/20, da circulação de veículo de tração animal em vias de perímetro urbano e Lei 6549/20, que proíbe o animal em corrente curta.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA