Destaque

Gestão Emanuel Pinheiro: Idosos em situação de rua recebem a primeira dose da vacina

Publicado

na

As equipes de abordagem da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência e do Consultório na Rua, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) percorreram, na manhã desse sábado (24), os pontos de maior concentração da população em situação de rua para vacinação contra a covid-19 nos idosos acima de 60 anos de idade, que receberam a primeira dose. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, reitera a preocupação com a população em situação de rua e na próxima semana, irá lançar – ao lado da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, uma ação voltada à assistência das pessoas em vulnerabilidade social. “Quero dar prioridade, dentro do que é preconizado pelo Ministério da Saúde,  a essas pessoas, porque estão expostas demais. São pessoas humildes, trabalhadoras e que merecem nossa atenção, prioritariamente”, explica o prefeito Emanuel Pinheiro.

A ação resultou na imunização de 15 pessoas, que foram atendidas no Centro de Referência de Assistência Especializada em Assistência Social (CREAS Centro) e até mesmo na rua, como foi o caso de uma idosa de 83 anos, que vive na região do bairro Goiabeiras, não quis ir até o local de vacinação, mas aceitou ser vacinada na abordagem feita pela equipe do Consultório na Rua.

Nelson Almeida, 71 anos, estava à espera da vacina, pois perdeu um irmão há um mês para a Covid-19. “Esse dia ficará marcado na minha mente. Estava com muito medo e apreensivo. Graças a Deus, chegou a minha vez. É até difícil acreditar”, comentou.

A enfermeira Leandra Moraes, que tem mais de 11 anos de experiência na área, afirma que nunca participou de um evento de tamanha importância “Essas pessoas têm dificuldade no acesso aos benefícios. Com essa vacinação conseguimos imunizar parte desse público que transita pela cidade, sendo um dos prováveis propagadores da doença”, disse.

Leia Também:  Primeira Turma do STF vai julgar recurso de Witzel contra impeachment

A coordenadora de Atenção Especial da Secretaria de Assistência Social, Maggie Carolina, comenta que, apesar de fazer parte da rotina de trabalho, fazer essa busca ativa dos idosos para receberem a vacina é muito gratificante, pois é de amplo conhecimento que esse é o meio mais eficaz contra a covid-19.

Para a coordenadora do Consultório na Rua, Vera Lucia Ferreira, o sentimento é de gratidão por fazer parte desse trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Cuiabá. “Nós que estamos na linha de frente sabemos da necessidade da vacinação da população. Só ela para ajudar nessa luta contra esse inimigo invisível”, conta.

Um pouco arredio, sem saber ao certo o que estava acontecendo, o idoso Lúcio de Andrade, 64 anos, aceitou o convite para receber a primeira dose da vacina contra a covid-19. “Fiquei desconfiado, mas depois que tomei a vacina tive a certeza que era verdade o que me falaram. Estou muito feliz”, ressaltou.

As segundas doses desses idosos estão agendadas para o dia 24 de maio. Além da vacina, os idosos foram convidados para serem abrigados em algumas das três unidades de acolhimento do Município. “A ideia é oferecer um atendimento de excelência para eles que tanto precisam do auxílio do poder público. E essa é uma das metas do nosso prefeito Emanuel Pinheiro, ofertar atendimento digno e de qualidade para toda população cuiabana”, declarou a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira.

Leia Também:  Mais bairros são beneficiados com construção de calçadas

“Essa parceria com a Saúde é de suma importância para que sejam vacinados os idosos que estão em situação de rua. Por falta de informações, muitas vezes essas pessoas ficam sem receber os benefícios. E é esse o nosso papel, qualidade de vida às pessoas em risco de vulnerabilidade social”, informou Ferreira.

“Uma gestão humanizada, como é a marca da gestão Emanuel Pinheiro, se preocupa com as pessoas, em dar voz àqueles que  – muitas vezes – não conseguem ser ouvidos”. Na segunda-feira (26), a partir das 14 horas, será a vez dos idosos residentes nos Albergues Municipais – Manoel Miráglia, Guia, Porto e no Hotel Albergue – serem contemplados com a vacinação. Segundo levantamento, o total a ser imunizado é de 16 pessoas da terceira idade.

Até esse domingo, 25,  a campanha Vacina Cuiabá – Sua Vida em Primeiro Lugar – aplicou um total de 106.384 doses de vacinas. Cuiabá disponibiliza um total de cinco pontos para imunização: UFMT, Centro de Eventos Pantanal, Sesi Papa, Sesc Balneário, e estacionamento da Assembleia Legilstiva de Mato Grosso (AL-MT).

Respeito – Na próxima semana, o  prefeito Emanuel Pinheiro e a primeira-dama de Cuiabá, Marcia Pinheiro, irão lançar o programa para a imunização contra a Covid-19 para pessoas que compõem o grupo de vulnerabilidade social. O programa irá avançar conforme a chegada de mais remessas de vacina para a Capital e atenderá o grupo de moradores de rua, garis, carroceiros, varredores, motoristas de transportes coletivos e catadores de recicláveis.

Destaque

Com pedido de vista no STF, composição da mesa diretora da ALMT pode ser alterada

Publicado

na

Após abrir divergência no julgamento sobre a reeleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o ministro Gilmar Mendes pediu vista do processo, que está em análise no plenário virtual do Supremo Tribunal Federal (STF). O pedido de vista foi apresentado nesta terça-feira (21).

A ação foi apresentada em março deste ano, após a reeleição do deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) para seu terceiro mandato como presidente da Assembleia Legislativa. Nove dias após a proposição, o ministro Alexandre de Moraes concedeu liminar impedindo a posse de Botelho, o que levou à realização de uma nova eleição da Mesa Diretora da ALMT.

Proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR), a ação questionava a possibilidade de múltiplas reeleições para o mesmo cargo na Mesa Diretora, apontando que a Constituição Federal impedia este tipo de conduta no Congresso Nacional. Assim, as casas legislativas estaduais e municipais deveriam seguir o mesmo entendimento, permitindo apenas uma reeleição para o mesmo cargo de um membro da Mesa Diretora.

O processo foi a julgamento virtual pela primeira vez em 11 de junho, mas foi suspenso devido a um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes, o decano da corte, que não havia apresentado seu voto até então.

Leia Também:  Tecnologia poderá ser usada para detectar motorista drogado

O julgamento virtual retomado na última sexta-feira, 17 de setembro, ocasião em que o ministro Gilmar Mendes abriu divergência do relator do caso, Alexandre de Moraes. Mendes manteve a maior parte da decisão do relator, que limitou a uma única reeleição, mas abriu brecha para que Botelho pudesse ser reconduzido à Presidência.

“Ante o exposto, divirjo em parte do Ministro Relator e julgo procedente o pedido para conferir interpretação conforme a Constituição Federal […] e estabelecer que é permitida apenas uma reeleição ou recondução sucessiva ao mesmo cargo da Mesa Diretor, mantida a composição da Mesa de Assembleia Legislativa eleita antes da publicação do acórdão da ADI 6524 (06/04/2021)”, disse Gilmar em seu voto.

Antes do pedido de vistas, o ministro Ricardo Lewandowski acompanhou o voto de Gilmar Mendes, estabelecendo o placar de 2 a 1 para a decisão que permite a recondução de Botelho à presidência da Assembleia.

Não há data para a retomada do julgamento. Falta ainda a manifestação de sete ministros.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA