Destaque

Jornalista cria canal no Youtube para divulgar cultura e gastronomia de Mato Grosso

Publicado

na

Divulgar os atrativos de Mato Grosso, seja turísticos, gastronômicos ou culturais é a missão da jornalista Silvana Pompeu de Campos, de 49 anos, que encontrou na internet a melhor maneira de mostrar seu talento em frente às câmeras. Recém formada e com desejo de ingressar na televisão, Silvana criou um canal no Youtube e uma conta no Instagram, @silvana_pompeu, para se tornar uma repórter independente.

Silvana Pompeu é paranaense, mas vive em Mato Grosso há mais de 40 anos. Aqui se casou, tem criado seus quatros filhos e um neto. Depois de começar a fazer jornalismo e descobrir sua paixão pela televisão, Silvana decidiu criar seu próprio canal.

“Eu sou apaixonada por Mato Grosso e em particular pela comida cuiabana. Eu sempre comentava com amigos sobre minhas descobertas na gastronomia. Então pensei porque eu não abria um canal. Foi então que surgiu o projeto Fome com Hora Marcada”, lembra. “Quando resolvi deixar as vendas, decidi me dedicar mais ao jornalismo, minha paixão […] decidi me aventurar neste universo”, comenta a jornalista.

Fome com Hora Marcada é um projeto, que tem como objetivo mostrar por meio de vídeos as delícias gastronômicas que a cidade oferece, por exemplo, bolo de arroz cuiabano, peixe frito, além de outras gostosuras, que temos vontade de saborear e não sabemos onde encontrar.

Leia Também:  Mato Grosso registra 92.265 casos e 2.811 óbitos por Covid-19

O conteúdo de cada vídeo, Silvana decide tanto a partir das próprias ideias quanto com conselhos de amigos e pessoas que seguem o canal. A única exigência é que seja algo de Mato Grosso. Já que muitas das pessoas que vivem em Mato Grosso não conhecem a cultura gastronômica.

Todos os vídeos são feitos pela própria jornalista, com o auxílio de um cinegrafista. Com a experiência até agora, ela conta que o trabalho não é nada fácil. “Divulgar um vídeo engraçado, de humor, pegadinha, é fácil ter resultado rápido. As pessoas compartilham, curtem, o acesso é rápido. [No entanto] Este tipo de conteúdo vai conquistando as pessoas aos poucos, é como se as pessoas fossem aprendendo a gostar, ainda mais num universo onde as informações bombam a todo momento”, pontua

Sorteio

Se antes para concorrer a um sorteio você precisava comprar algo da loja para tentar a sorte, imagine agora conseguir ganhar vários produtos da gastronomia cuiabana sem adquirir nada para isso e sem precisar sair de casa? Silvana Pompeu de Campos tem realizado a felicidade de fãs e seguidores, nesta pandemia, trazendo o melhor da gastronomia cuiabana, por meio da plataforma social Instagram.

Leia Também:  Governo já emitiu mais de 140 Carteiras de Identificação do Autista em Mato Grosso

SERVIÇO

Conheça o canal de Silvana Pompeu de Campos no Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCgyc5bPjgeiaUfObThvSTQw) ou  Instagram: @silvana_pompeu
Whatsapp: 65 9998-4698

Rafael Medeiros, Da assessoria

Destaque

O Legislativo foi fundamental para consolidar a ferrovia estadual, afirma Max Russi

Publicado

na

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB) está otimista, quanto a valorização dos produtos em todo o Estado, por meio da melhoria da logística de transporte, com a implantação da malha ferroviária. O desenvolvimento social, com a geração de postos de trabalho, também foi destacado pelo parlamentar.

O presidente do Parlamento, ressaltou que o Legislativo está sendo fundamental para a consolidação da ferrovia estadual em Mato Grosso. Durante a solenidade para assinatura do contrato de construção, implantação e exploração do complexo ferroviário, que vai interligar Cuiabá a Rondonópolis, bem como Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde. Os atos oficiais aconteceram nesta segunda-feira (20).

Max Russi disse que o Parlamento foi responsável pela aprovação da Lei, que possibilitou com que o governador Mauro Mendes continuasse as tratativas, que asseguram juridicamente todos os encaminhamentos para o início das obras.

O deputado citou a Proposta de Emenda à Constituição 16/2020, que criou a possibilidade de que o governo pudesse construir e explorar, de forma direta, a malha ferroviária no estado.

Leia Também:  Alberto Machado assume o cargo de secretário de Cultura, Esporte e Lazer

Esse é um avanço gigantesco e vai agregar valor à nossa produção. A Assembleia foi importantíssima nesse projeto, apresentando a PEC, aprovando por meio de todos os deputados e dando ao Governo do Estado a condição de trazer a primeira ferrovia estadual”, complementou.

Max Russi acredita que a malha viária, que será denominada Ferrovia Autorizada de Transporte Olacyr de Moraes (FICO) além de gerar mais de 240 mil empregos diretos e indiretos, vai fomentar principalmente o agronegócio e a indústria, além de resultar em insumos com preços mais competitivos. “Vai sobrar dinheiro no bolso do mato-grossense e isso será um grande ganho social”, avalia.

O projeto da ferrovia estadual prevê investimento de R$ 11,2 bilhões para a sua implantação.

Participam ainda dos eventos de assinatura, que tiveram início na capital cuiabana e foram finalizamos em Lucas do Rio Verde, senadores, deputados federais, deputados estaduais, secretários de Estado, representantes da Rumo Logística e autoridades dos municípios, por onde está prevista a passagem da ferrovia.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA