Opinião

Max Russi em 100% de acerto!

Publicado

na

A determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) que culminou com nova eleição para presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) serviu para mostrar o quanto temos parlamentares preparados para a gestão dos interesses da sociedade. Sem muita discussão, o então presidente Eduardo Botelho (DEM) convocou nova eleição e passou a ser o primeiro-secretário da Casa de Leis. O então primeiro-secretário na diretoria eleita para o biênio 2021-2022, Max Russi (PSB), passou a ocupar a presidência na nova configuração no lugar de Botelho com ampla maioria dos votos mostrando unidade entre seus pares. Dessa forma, manteve-se o entendimento sem perder a experiência administrativa do deputado Botelho e ainda ganhou-se um novo líder no Legislativo Mato-grossense que é Max Russi.

O entendimento, sem conflitos, referendou a máxima de que um grande líder é aquele que consegue agregar outras pessoas às suas ideias, influencia positivamente o sistema em que está inserido e contribui para o crescimento de todos a sua volta. O deputado Max Russi fez exatamente isso: mostrou que o seu verdadeiro sucesso é o legado que ele constrói durante o exercício de sua missão política. Nesse legado está incluso o respeito aos pares e aos funcionários da casa. Tanto que Russi manteve vários assessores da direção anterior em seus postos. Ressalto, entre eles, a ilustre e extremamente competente secretária de Comunicação da ALMT, Rosimeire Cesar Reis. Rosimeire tem os seus méritos por pura competência e Max Russi soube valorizar essa qualidade, além de outras de grande valor. Se Botelho acertou em nomeá-la secretária de Comunicação, o acerto de Max em mantê-la foi de 100%.

Leia Também:  A soberba

Com essa atitude, o novo presidente também mostrou que o verdadeiro líder capacita outros a serem melhores que ele próprio e não se ofusca com o brilho de um liderado, pelo contrário, se orgulha. Por essas razões, assim como foi nas duas gestões do deputado Eduardo Botelho na presidência do Legislativo, Max também já imprimiu a sua marca de líder ao reconhecer qualidades e valores dos servidores e assessores mantendo-os em seus cargos. Além do mais, em time que só conquista vitórias não mexe, não é mesmo?

Max tem uma trajetória de sucesso que merece ser lembrada. Foi eleito e reeleito deputado estadual pela região do Vale do São Lourenço, que tem como pólo o município de Jaciara. Desde que foi eleito vereador por Jaciara, aos 23 anos, construiu uma história pautada no desenvolvimento social e econômico. Por essa razão se tornou prefeito da cidade por dois mandatos. Uma experiência bem-sucedida que lhe rendeu convites para a secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) e, posteriormente, a Casa Civil.

Leia Também:  Tempo de aquietar

Uma liderança que lhe rendeu outras conquistas no Vale do São Lourenço. O irmão de Max foi eleito duas vezes prefeito de São Pedro da Cipa. No último pleito viu a sua esposa também ser eleita prefeita de Jaciara. Um reconhecimento da própria sociedade à sua liderança e dos resultados apresentados até então.

Max é, sem dúvida, uma grata revelação da política em Mato Grosso. Parlamentar que está se saindo muito bem com o seu “jeito mineiro” na condução das coisas, embora seja de Salto do Lontra (PR). Repete a trajetória de muitos outros migrantes que trabalham com afinco nesse nosso Mato Grosso tão generoso e de tantas oportunidades.

Posso afirmar que Max é duro na queda e nas negociações. Se antes, quando foi eleito primeiro-secretário teve como meta restabelecer o equilíbrio financeiro da Assembleia e do Estado para que a máquina pública pudesse levar adiante o sonho do progresso para todos, agora, enquanto presidente, o desafio é ainda maior. Max Russi nos mostra que ser líder é tarefa em constante evolução. Nesse quesito, avalio que o deputado irá agregar muitas conquistas e postos ainda mais altos no cenário político mato-grossense. Que assim seja!!!

João Pedro Marques é Advogado e Jornalista em Mato Grosso e Brasília

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opinião

O Pódio também é para a mulher

Publicado

na

Nos últimos anos, o lugar das mulheres em cargos altos no mercado de trabalho vem aumentando gradativamente a passos largos. A revista Forbes Brasil listou as 20 mulheres de sucesso no Brasil em diversas em diversas áreas, todas dispostas a mudar o conceito de gênero no mercado. Segundo a revista Forbes, a lista aponta mais uma vez que a equidade de gênero na sociedade e no mercado de trabalho é um caminho sem volta. A diversidade nas empresas provou ser um poderoso fator de eficiência, inovação, criatividade, produtividade, harmonia e qualidade em todas as suas dimensões.
O assunto não quer calar, em junho a revista exame ressaltou a varejista de moda Lojas Renner como um dos destaques da 3ª edição do Guia EXAME Diversidade. Segundo a revista, como resultado, 65% dos cargos de liderança, a partir de gerência, são ocupados por mulheres. Já no mapa de sucessão, 76% das pessoas que pleiteiam postos mais altos são do gênero feminino.
O que podemos avaliar desses indicadores; em primeiro lugar é que existe consistência no trabalho de fazer com que as mulheres acreditem que possam evoluir. O melhor nesse contexto é que nós mulheres já ocupamos a gestão sem fronteiras de segmentos. No mercado automotivo de alto padrão, por exemplo, temos um inicio dessa expansão nos altos cargos. Orgulhosamente represento esse setor em Cuiabá. O caminho percorrido para chegar a este pódio foi longo, porem por quase dois anos mantenho essa conquista, e a desempenho com excelência, servindo de referência para toda a região Centro – Oeste e outros Estados, pois se tornou comum mulheres neste segmento atuando apenas como vendedoras, mas como gestoras ainda é raro. Sim sou uma das únicas, uma referência, principalmente no segmento de carros esportivos de luxo.
O motivo desta raridade é que ainda existe algo para ser driblado, o preconceito. É como se uma negociação milionária diante de Lamborghinis, Ferraris e demais super máquinas, só figurava com sucesso o estereótipo “homem de negócios”. Ledo engano e visão ultrapassada, o conservadorismo neste caso, não tem mais espaço e nem sentido. Hoje a relação mudou bastante, a figura feminina está mais familiarizada ao público masculino, apesar de serem ainda os homens a grande maioria nos altos cargos e clientes compradores de carros esportivos.
Hoje, celebro a celeridade com que a visão de mundo vem se modificando, claro, que os resultados nos ajudam neste processo, pois não se trata apenas de gênero, porem de competência. E, mesmo sabendo que a eficiência, inteligência, sagacidade e determinação fazem parte do DNA das mulheres que lutam por um espaço no “Pódio” ainda temos que lembrar o mundo a respeito, e até mesmo a nós, quando nos deparamos com olhares duvidosos. Mas, avante mulheres, não pisem no freio do seu sucesso.

Leia Também:  Max Russi quer ‘aluguel social’ às mulheres vítimas de violência doméstica

Rosi Cidram, especialista em carros de luxo

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA