Política

Deputado viabiliza a aquisição de um veículo para a educação de Jaciara

Publicado

na

A prefeita de Jaciara, Andreia Wagner (PSB), recebeu a chave de um veículo modelo Toro, da Fiat, entregue em mãos pelo deputado estadual Delegado Claudinei (PSL), na manhã desta terça-feira (9), em frente à sede da gestão municipal. O benefício atenderá a área da educação e foi garantido com recursos da emenda de R$ 95,2 mil do parlamentar e a contrapartida de R$ 14,8 mil pelo município.

“Estamos formalizando a entrega do veículo para a educação do município. Ficamos felizes de estar ajudando este setor e é uma cidade que eu tenho um carinho muito grande, pois trabalhei por quatro anos como delegado de polícia. Muito bom colaborar com a educação e, agora, vão ter um carro bom e novo para poder deslocar até Cuiabá e correr atrás das demandas necessárias”, pronuncia o deputado.

De acordo com Andreia, a frota de veículos está praticamente sucateada da gestão pública. “Com este carro novo, vamos poder transportar a nossa secretária de educação e servidores para Cuiabá, com conforto e segurança, já que no momento estávamos precisando e, claro, continuar necessitando desta parceria com o deputado. Com certeza, ele vai continuar ajudando Jaciara, como já conversamos em uma reunião”, explana a prefeita.

Leia Também:  Queimadas exigem novo modelo econômico, diz deputado

Além de Andreia, a vereadora Simone Freire (PSL) marcou presença no ato da entrega, sendo que o parlamentar Professor Adnan Alli Ahmad (PSDB) não pôde marcar presença, mas foi um dos que solicitou apoio à Claudinei para que este benefício ao município fosse concretizado.

Política

Portadores de vitiligo podem ter prioridade no agendamento de consultas

Publicado

na

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (DEM), apresentou o Projeto de Lei 115/2021 que concede aos portadores de vitiligo ou psoríase prioridade no agendamento de consultas dermatológicas e acompanhamento psicológico, nas redes pública e privada de saúde.  A proposta aguarda o parecer das comissões permanentes da Casa de Leis.

Se aprovada, para obter o benefício a nova lei determinará a necessidade da comprovação mediante apresentação de laudo médico, contendo a respectiva Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde – CID e assinatura, carimbo e registro do médico. Estabelece também multa que poderá variar de R$ 1 mil a R$ 5 mil, proporcional ao porte do estabelecimento que não cumprir a lei.

No projeto, Botelho destaca a importância de mais atenção aos portadores dessas doenças. Ressalta que para a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o vitiligo caracteriza-se por ser uma doença relacionada à perda da coloração da pele. Embora sua fisiopatogenia ainda não esteja totalmente elucidada, a enfermidade desenvolve-se devido à ausência ou diminuição de melanócitos, ocasionando manchas hipocrômicas na pele das pessoas acometidas. Mesmo não sendo contagiosa, a doença afeta o lado biopsicossocial, com prejuízos à autoestima, relacionamentos pessoais, familiares e profissionais.

Leia Também:  IPTU Verde: Vereador propõe criação em Cuiabá

Já a psoríase pode ser definida como uma doença dermatológica cíclica, propiciada por desregulação na resposta imune do organismo. Estudos relacionam psoríase à artrite psoriática, doenças cardiometabólicas, doenças gastrointestinais, diversos tipos de cânceres e distúrbios do humor. Portanto, são doenças que precisam de tratamento especializado.

“Para amenizar a situação dessas pessoas, vamos defender essa proposta até à sua aprovação, garantindo o atendimento prioritário”, afirmou Botelho.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA