Política

ALMT lamenta morte do ex-deputado Benedito Pinto

Publicado

na

Em nome da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o presidente deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) lamenta o falecimento do ex-deputado estadual Benedito Pinto da Silva, ocorrido no último sábado (20), em decorrência de complicações da Covid-19.

Benedito Pinto tinha 66 anos e foi deputado estadual por três mandatos, durante as 12ª, 13ª e 14ª legislaturas, além de vereador. Em suas redes sociais, Eduardo Botelho demonstrou pesar pela perda do amigo e prestou condolências aos seus familiares.

“Meus amigos, com muita tristeza recebi a notícia do falecimento do amigo e ex-deputado Benedito Silva Pinto. Dito Pinto, como era carinhosamente chamado, foi deputado estadual por três mandatos e vereador por Várzea Grande, além da atuação como parlamentar, exerceu com maestria na posição de ouvidor-geral da Assembleia Legislativa. Dito também era evangelista da Igreja Assembleia de Deus. Vítima da Covid-19, Dito foi um homem temente a Deus, interessado pelas causas sociais, grande representante do povo mato-grossense e nos deixa um grande legado. Que Deus conforte os familiares e amigos neste momento de profunda dor”.

Leia Também:  Mendes afirma que R$ 550 milhões será destinado para Educação em 2021
Fonte: ALMT

Política

Lúdio pede prorrogação de concurso da Segurança com provas marcadas

Publicado

na

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) requereu ao Governo do Estado a prorrogação do concurso público convocado pela Secretaria do Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), com provas previstas para o dia 20 de fevereiro de 2022. Isso porque a data coincide com a aplicação do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), realizada em âmbito nacional em todos os estados da federação, conforme item 3.1.1 do Edital XXXIV Exame de Ordem Unificado.

“Isso impossibilita que milhares de possíveis candidatos ao concurso da Sesp-MT se inscrevam no exame da OAB ou vice e versa, considerando que o bacharelado em Direito é sem sombras de dúvidas uma formação compatível com a área de Segurança Pública”, explica Lúdio.

Além disso, a realização concomitante das provas da Sesp-MT e da OAB poderá causar aglomeração nos municípios em que serão realizadas, aumentando o risco de contaminação por covid-19. “O que não é recomendado no momento de escalada da doença no estado, com aumento dos números diários de novos casos pelo avanço da variante Ômicron no Brasil”, alerta o deputado.

Leia Também:  Bolsonaro diz que não haverá "cavalo de pau" na economia se eleito

São seis editais de Concurso Público para os cargos de Escrivão de Polícia e Investigador de Polícia (Edital Nº 001/2022/SESP/PJC/MT), publicado no dia 04 de janeiro, Perito Oficial Criminal, Perito Oficial Médico-Legista e Perito Oficial Odonto-Legista (Edital Nº 002/2022/SEGES/SESP/MT), Soldado da Polícia Militar (Edital Nº 003/2022/SEPLAG/SESP/MT), Oficial da Polícia Militar (Edital Nº 004/2022/SEPLAG/SESP/MT), Oficial da Polícia Militar da Saúde (Nº 005/2022/SEPLAG/SESP/MT) e Soldado do Corpo de Bombeiros (006/2022/SEPLAG/SESP/ MT), publicados no dia 05 de janeiro no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso.

Todos estes editais exigem como requisito mínimo a formação do candidato em nível superior e têm provas objetivas e dissertativas previstas para o dia 20 de fevereiro. Ofício protocolado nesta segunda-feira (17) solicita que as provas sejam adiadas em uma semana, para o dia 27 de fevereiro ou para outra data.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA