Opinião

A cara da nova política de MT

Publicado

na

Ele é simples, popular, tímido, faz sempre a mesma piada referente a sua beleza única, implantou cabelos e os esvoaça ao vento, tem a estatura de um Livramentensse nato,e sabe fazer política e articulação como poucos, como há muito não se via.

Presidente da Assembleia ativo, altivo e apaziguador, sensato, administrador sério;correto e competente, Botelho chegou, tomou conta do cenário e o Estado, em quaisquer circunstâncias, passa pelo seu crivo, consulta e aprovação.

O sucesso das medidas que tantos frutos vem trazendo ao Governador Mauro Mendes, jamais seriam possíveis sem as mãos,as vezes leve e outras pesada do Presidente Botelho, em matérias onde as apostas davam como perdidas pela equipe de Mendes.

Seu gabinete sempre lotado de prefeitos, vereadores e autoridades, não perde o ritmo e se mescla com atendimento de populares que não levam promessas, Botelho diz não sem perder a simpatia e adota a sinceridade como conduta, ficando amarelo sem chance de envermelhar com falsas promessas e compromissos para não serem cumpridos.

Essas práticas e forma de fazer política tem feito da administração da Assembleia um exemplo de austeridade, produtividade e ação.

Leia Também:  Família pressiona Moro a deixar o Brasil e a se afastar da política

Sob sua batuta;ALMT tem devolvido dinheiro aos cofres como nunca se viu, patrocinado campanhas reais e trazido resultados a contribuintes de forma plena e com muita seriedade.

No âmbito político, sem muitos esforços, Botelho conquistou espaços que o garantem a reeleições ou disputa de cargos MAIS COBIÇADOS,com a simpatia e apoio de frentes até então adversas e inimigas… O homem é a unanimidade inteligente daquele poder.

No seu colo trêmula a cadeira de governador; vice;deputado federal; Senador; ou mesmo de conselheiro do TCE, assim que tiver uma vaga, que só não será por ele ocupada se não quiser.

Digo e repito:Conselheiro, deputado, federal, Senador ou até mesmo Governador, o baixinho discreto está na parada, passa por ele e delineia o futuro da política e de sua escolha pessoal.

Eduardo Botelho, o despretensioso que dizendo não ter pretensões, conquistou a todos, evoluiu a Assembleia e figura entre os expoentes políticos de Mato Grosso fazendo inveja a muitos que tentaram, nadaram em popularidades momentâneas mas morreram na praia da mesmice política,até então adotada por seus pares do presente e do passado.

Leia Também:  A crise para ter uma ideia inovadora

Fiquem certos que Num futuro breve, iremos constatar que este velho escriba, que assina este artigo tem razão!!!

Vamos aguardar o caldeirão e seus temperos de última hora… Só não se esqueçam que uma “pitada de Botelho” faz ebulir qualquer cozimento.

JPM-João Pedro Marques Advogado e Jornalista observador da cena política mato-grossense.

Opinião

O Pódio também é para a mulher

Publicado

na

Nos últimos anos, o lugar das mulheres em cargos altos no mercado de trabalho vem aumentando gradativamente a passos largos. A revista Forbes Brasil listou as 20 mulheres de sucesso no Brasil em diversas em diversas áreas, todas dispostas a mudar o conceito de gênero no mercado. Segundo a revista Forbes, a lista aponta mais uma vez que a equidade de gênero na sociedade e no mercado de trabalho é um caminho sem volta. A diversidade nas empresas provou ser um poderoso fator de eficiência, inovação, criatividade, produtividade, harmonia e qualidade em todas as suas dimensões.
O assunto não quer calar, em junho a revista exame ressaltou a varejista de moda Lojas Renner como um dos destaques da 3ª edição do Guia EXAME Diversidade. Segundo a revista, como resultado, 65% dos cargos de liderança, a partir de gerência, são ocupados por mulheres. Já no mapa de sucessão, 76% das pessoas que pleiteiam postos mais altos são do gênero feminino.
O que podemos avaliar desses indicadores; em primeiro lugar é que existe consistência no trabalho de fazer com que as mulheres acreditem que possam evoluir. O melhor nesse contexto é que nós mulheres já ocupamos a gestão sem fronteiras de segmentos. No mercado automotivo de alto padrão, por exemplo, temos um inicio dessa expansão nos altos cargos. Orgulhosamente represento esse setor em Cuiabá. O caminho percorrido para chegar a este pódio foi longo, porem por quase dois anos mantenho essa conquista, e a desempenho com excelência, servindo de referência para toda a região Centro – Oeste e outros Estados, pois se tornou comum mulheres neste segmento atuando apenas como vendedoras, mas como gestoras ainda é raro. Sim sou uma das únicas, uma referência, principalmente no segmento de carros esportivos de luxo.
O motivo desta raridade é que ainda existe algo para ser driblado, o preconceito. É como se uma negociação milionária diante de Lamborghinis, Ferraris e demais super máquinas, só figurava com sucesso o estereótipo “homem de negócios”. Ledo engano e visão ultrapassada, o conservadorismo neste caso, não tem mais espaço e nem sentido. Hoje a relação mudou bastante, a figura feminina está mais familiarizada ao público masculino, apesar de serem ainda os homens a grande maioria nos altos cargos e clientes compradores de carros esportivos.
Hoje, celebro a celeridade com que a visão de mundo vem se modificando, claro, que os resultados nos ajudam neste processo, pois não se trata apenas de gênero, porem de competência. E, mesmo sabendo que a eficiência, inteligência, sagacidade e determinação fazem parte do DNA das mulheres que lutam por um espaço no “Pódio” ainda temos que lembrar o mundo a respeito, e até mesmo a nós, quando nos deparamos com olhares duvidosos. Mas, avante mulheres, não pisem no freio do seu sucesso.

Leia Também:  A (in)dignidade da vida animal

Rosi Cidram, especialista em carros de luxo

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA