Variedades

Ronaldinho Gaúcho abre gravadora e investe na carreira de rapper

Publicado

na

Após um caso de amor com o pagode, Ronaldinho Gaúcho decidiu investir pesado e selar de vez esse casamento.  O ex-jogador abriu um estúdio e uma gravadora em Belo Horizonte, chamados “Tropa do Bruxo”, em alusão a um de seus mais famosos apelidos.

Mas ele não quer ficar só de patrão, e há cerca de um mês gravou o primeiro trap da carreira. O gênero, que mistura rap e instrumentos, é a nova aposta de R10, que emprestou o nome do empreendimento à música gravada ppr ele com a participação do coletivo Recayd Mob, bem famoso nesse gênero.

O clipe foi gravado no novo estúdio mineiro, que também recebeu o rapper Djonga, famoso no cenário brasileiro e internacional. Recentemente, ele foi o primeiro brasileiro a ser indicado para o BET Hip Hop Awards, na categoria melhor artista internacional.

Esta não é a única novidade na vida empresarial e artística de Ronaldinho Gaúcho. O craque acaba de lançar também uma marca de gin com o seu nome. 

Fonte: iG Gente

Leia Também:  Voltar Governo investe R$ 2,7 milhões em 103 novas motocicletas para a PM

Destaque

Municípios de Mato Grosso recebem recursos em apoio ao aleitamento materno

Publicado

na

Em Mato Grosso, 14 municípios foram selecionados para receber o financiamento destinado ao custeio de ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e à alimentação complementar adequada e saudável para crianças menores de dois anos de idade.

O recurso, que varia entre R$ 15 mil (repasse mínimo) e R$ 108 mil por município, faz parte do programa Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB) na Atenção Primária, do Ministério da Saúde (MS). Foram mais de R$ 500 mil de repasse do Ministério da Saúde direto aos municípios contemplados, em parcela única.

Os municípios terão de realizar a identificação, o cadastro e o monitoramento das práticas alimentares de crianças menores de dois anos de idade, por meio das ações de vigilância alimentar e nutricional. Esses municípios beneficiados devem comprovar a aplicação dos recursos financeiros recebidos por meio de um Relatório Anual de Gestão (RAG).

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde, o aleitamento materno é a única estratégia mundial que isoladamente reduz em 13% a mortalidade até os cinco anos. Amamentar evita diarreia e infecções respiratórias, reduz o risco de alergias, de diabetes, colesterol alto e hipertensão, melhora a nutrição e reduz a chance de obesidade. Além disso, o ato contribui para o desenvolvimento da cavidade bucal das crianças e promove o vínculo afetivo entre a mãe e o bebê.

Leia Também:  Otimismo do trabalhador sobe em relação a renda e carreira, mas cai quanto à manutenção do emprego

O servidor público e nutricionista Rodrigo Carvalho, responsável técnico pelas ações de promoção, proteção e apoio ao Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável no âmbito da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), destaca que, além dos inúmeros benefícios da amamentação para a criança, para a mulher e para o planeta, investir em políticas públicas de promoção, apoio e proteção ao aleitamento materno pode acarretar em mais economia aos cofres públicos.

Uma pesquisa publicada em 2019 pela Universidade Oxford (Reino Unido) concluiu que, de forma global, os custos de não investir em políticas públicas de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno podem chegar a US$1 bilhão, diariamente.

Confira a lista dos 14 municípios selecionados para receberem o incentivo financeiro referente à Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB):

Municípios 2020
Arenápolis 27.000,00
Barra do Bugres 54.000,00
Campo Novo do Parecis 45.000,00
Cuiabá 18.000,00
Denise 18.000,00
Feliz Natal 18.000,00
Nova Marilândia 15.000,00
Nova Mutum 72.000,00
Nova Olímpia 45.000,00
Porto Estrela 18.000,00
Santo Afonso 15.000,00
Sapezal 45.000,00
Sinop 108.000,00
Tangará da Serra 81.000,00
TOTAL 579.000,00
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA