Variedades

Cuiabá empata com o Vitória-BA, em 3 a 3, na Arena Pantanal

Publicado

na

O Cuiabá empatou com o Vitória, em 3 a 3, na noite desta terça-feira (8), na Arena Pantanal.

Com o resultado, o Cuiabá permaneceu na quarta posição, dentro do G4, com 44 pontos,  mas viu os dois primeiros colocados – Juventude (54 pontos) e América-MG (50) – se distanciarem e o quinto colocado, o Juventude, com  apenas um ponto a menos que o Dourado.  

As duas equipes começaram a partida com velocidade e troca de passes, mas sem jogadas de perigo de gol. O Cuiabá abriu o placar em um contra-ataque, aos 12 minutos. Maxwell recebeu de Elvis na direita e cruzou na entrada da área para Rafael Gava que bateu de primeira, no ângulo, sem chance para o goleiro César.    

Aos 16 minutos, o Vitória também de contra-ataque empatou a partida. Thiago Lopes carregou do campo de defesa fazendo fila e encontrou Vico, que invadiu a área e rolou para trás para o próprio Thiago Lopes completar para o gol. Também um belo gol na Arena Pantanal.    

Aos 27 minutos, de fora da área, Elvis arriscou, a bola acertou o zagueiro do Vitória Maurício Ramos e passou perto do gol de César. Quatro minutos depois, Elvis deixou o campo contundido e foi substituído por Felipe Ferreira.    

O Vitória fez uma bela jogada aos 38 minutos. Após várias trocas de bola, ela chegou a Vico, que rolou para trás para Fernando Neto. O meia ajeitou e tocou para Lucas Cândido, que bateu firme no gol. A bola passa raspando a trave do gol de João Carlos.  

O Vitória voltou melhor para a segunda etapa. Aos 3 minutos, Vico cobrou falta na segunda trave, e o zagueiro Anderson Conceição tirou. Rafael Carioca ficou com a sobra, levantou outra vez na área para Lucas Cândido completar de cabeça. João Carlos saiu firme do gol e fez a defesa.  

Aos 7 minutos, Fernando Neto dominou na entrada da área e chutou com perigo no canto direito de João Carlos, que espalmou para escanteio.  

O Vitória virou o placar aos 9 minutos, Vico cobrou falta na primeira trave, Fernando Neto pulou de peixinho e mandou de cabeça para o fundo do gol.  

Aos 11 minutos, o zagueiro do Cuiabá Ednei fez pênalti em Fernando Neto. Vico bateu a penalidade máxima, deslocou o goleiro João Carlos, mas mandou muito longe do gol do Cuiabá.  

Após a perda do pênalti do Vitória o Cuiabá animou. Aos 13, Yago partiu fazendo fila, e bola sobrando quase que na pequena área com Marcinho, que finalizou de primeira em cima do goleiro César.  

Dois minutos depois o Cuiabá empatou com o atacante Elton. Rafael Gava pegou sobra fora da área, tabelou com Elton e devolveu para o atacante completar para o fundo do gol.

  O Cuiabá marcou o terceiro gol, aos 23 minutos, novamente com Elton. Felipe Ferreira virou o jogo na segunda trave para Marcinho, que ajeitou de cabeça para Elton completar na marca do pênalti.  

O Vitória voltou a empatar aos 37 minutos. Em cruzamento na área, Thiago Lopes se antecipou, raspa de cabeça, a bola desviou em Ednei e entrou no gol.  

Aos 42, o Vitória teve um gol anulado. Lucas Frizzo fez bonita jogada e tocou para Gerson Magrão, que cruzou para Jordy Caicedo. A bola bateu em Anderson Conceição e entrou. Acontece que Jordy Caicedo estava impedido e atrapalhou a jogada.    

Os dois times foram comandados por técnicos interinos. O técnico do Cuiabá, Allan Aal, com Covid-19 foi substituído pelo auxiliar Mario Henrique. Já o Vitória foi comandado pelo técnico interino Rodrigo Chagas. Contudo, o clube já tem um novo treinador até o fim da Série B. Trata-se de Mazola Júnior, anunciado na última segunda-feira. O técnico de 55 anos acompanhou a partida na Arena Pantanal.  

O Cuiabá na 28ª rodada da Série B, vai até Florianópolis (SC), enfrentar o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, às 16 horas do próximo sábado (11).  

FICHA TÉCNICA  

CUIABÁ 3×3 VITÓRIA-BA  

CUIABÁ – João Carlos; Lucas Ramon, Anderson Conceição, Ednei e Romário; Pierini (Nenê Bonilha), Rafael Gava (Jean Patrick) e Elvis (Felipe Ferreira); Felipe Marques (Yago), Elton e Maxwell (Marcinho). Técnico: Mario Henrique.  

VITÓRIA-BA – César; Léo (Van), João Vitor, Maurício Ramos e Rafel Carioca; Guilherme Rend (Gerson Magrão), Fernando Neto (Ewandro), Lucas Cândido (Matheus Frizzo)e Thiago Lopes; Vico (Marcelinho) e Caicedo. Técnico: Rodrigo Chagas.    

ÁRBITRO – Árbitro principal: Zandick Gondim Alves Junior (CBF-RN); Auxiliar 1: Francisco de Assis da Hora (CBF-RN); Auxiliar 2: Flavio Gomes Barroca (CBF-RN)    

GOLS – Rafel Gava (Cuiabá), aos 12 minutos do 1º, Elton (Cuiabá) 15 e 23 do segundo tempo; Thiago Lopes (Vitória), aos 16 minutos do 1º tempo e 37 do segundo tempo, Fernando Neto (Vitória), 9 minutos do 2º tempo.  

CARTÃO AMARELO – Lucas Ramon, Andreson Conceição, Pierini, Rafel Gava (Cuiabá); Léo, João Victor, Gerson Magrão (Vitória-BA)

RENDA E PÚBLICO – Portões fechados.  

LOCAL – Arena Pantanal, Cuiabá-MT

 

Leia Também:  Perícia constata que incêndio em reserva no Pantanal foi provocado por ação humana

Por Admar Portugal

Fonte: Diário de Cuiabá

Destaque

Municípios de Mato Grosso recebem recursos em apoio ao aleitamento materno

Publicado

na

Em Mato Grosso, 14 municípios foram selecionados para receber o financiamento destinado ao custeio de ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e à alimentação complementar adequada e saudável para crianças menores de dois anos de idade.

O recurso, que varia entre R$ 15 mil (repasse mínimo) e R$ 108 mil por município, faz parte do programa Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB) na Atenção Primária, do Ministério da Saúde (MS). Foram mais de R$ 500 mil de repasse do Ministério da Saúde direto aos municípios contemplados, em parcela única.

Os municípios terão de realizar a identificação, o cadastro e o monitoramento das práticas alimentares de crianças menores de dois anos de idade, por meio das ações de vigilância alimentar e nutricional. Esses municípios beneficiados devem comprovar a aplicação dos recursos financeiros recebidos por meio de um Relatório Anual de Gestão (RAG).

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde, o aleitamento materno é a única estratégia mundial que isoladamente reduz em 13% a mortalidade até os cinco anos. Amamentar evita diarreia e infecções respiratórias, reduz o risco de alergias, de diabetes, colesterol alto e hipertensão, melhora a nutrição e reduz a chance de obesidade. Além disso, o ato contribui para o desenvolvimento da cavidade bucal das crianças e promove o vínculo afetivo entre a mãe e o bebê.

Leia Também:  Escola estadual de Apiacás otimiza funcionalidades da plataforma para o trabalho dos professores

O servidor público e nutricionista Rodrigo Carvalho, responsável técnico pelas ações de promoção, proteção e apoio ao Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável no âmbito da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), destaca que, além dos inúmeros benefícios da amamentação para a criança, para a mulher e para o planeta, investir em políticas públicas de promoção, apoio e proteção ao aleitamento materno pode acarretar em mais economia aos cofres públicos.

Uma pesquisa publicada em 2019 pela Universidade Oxford (Reino Unido) concluiu que, de forma global, os custos de não investir em políticas públicas de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno podem chegar a US$1 bilhão, diariamente.

Confira a lista dos 14 municípios selecionados para receberem o incentivo financeiro referente à Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB):

Municípios 2020
Arenápolis 27.000,00
Barra do Bugres 54.000,00
Campo Novo do Parecis 45.000,00
Cuiabá 18.000,00
Denise 18.000,00
Feliz Natal 18.000,00
Nova Marilândia 15.000,00
Nova Mutum 72.000,00
Nova Olímpia 45.000,00
Porto Estrela 18.000,00
Santo Afonso 15.000,00
Sapezal 45.000,00
Sinop 108.000,00
Tangará da Serra 81.000,00
TOTAL 579.000,00
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA