Destaque

Deputado cobra Parque Tecnológico em VG e centro de inovação nos municípios

Publicado

na

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) defendeu na tribuna na Assembleia Legislativa (25/11) a construção do Parque Tecnológico de Várzea Grande e a criação do Centro de Inovação nos municípios-polo, com objetivo de fomentar a tecnologia aliado ao conhecimento e o empreendedorismo.

A ideia do parlamentar é promover a diversificação da matriz econômica do estado, agregando valor a matéria-prima por meio da tecnologia e consequentemente estimular a industrialização em Mato Grosso.

O parlamentar defende que o centro de inovação possa ser ampliado para as demais cidades-polo do Estado como Sinop, Alta Floresta, Colniza, Confresa, Juína, Cáceres, Barra do Garças, além da criação do Parque Tecnológico em Várzea Grande, conforme indicação 594/2020 do deputado Thiago.

Os projetos devem ser desenvolvidos para incentivar e facilitar a conexão entre empresas consolidadas, empreendedores e profissionais qualificados, e assim criar soluções conjuntas para demandas e problemas de organizações, através de parcerias, reduzindo custos e aumentando o retorno das soluções criadas.

Segundo Silva, é preciso desenvolver tecnologicamente o nosso Estado, com oportunidades para a atração de novos negócios, criação de empresas, geração de renda e o fortalecimento de uma economia circular.

“Apresentamos indicações e cobranças para que o Estado crie o Parque Tecnológico de Várzea Grande e também o centro de inovação nos municípios-polo para fomentar a criação de startups e incubadora de empresas, com foco na no desenvolvimento tecnológico e econômico e geração de emprego”, disse o deputado estadual.

O parlamentar defende a parceria com as universidades públicas e privadas para que o projeto possa ser implantado no estado. “O objetivo é criar centros integrados entre pesquisa, empresas e poder público almejando ser referência em sustentabilidade do desenvolvimento socioeconômico do estado, com foco no fomento da inovação tecnológica no empreendedorismo”, finaliza Thiago.

Fonte: ALMT

Leia Também:  CCJR aprova proposta que beneficia surdos e deficientes auditivos

Destaque

Vacinação contra covid-19 para crianças começa hoje (20); Vereador Dr. Luiz Fernando defende imunização

Publicado

na

Por Márcia Martins
Crianças de 5 a 11 anos começam a ser imunizadas contra Covid-19, a partir desta quinta-feira (20), no polo da Unic Beira Rio, a partir das 9h, em Cuiabá. Durante entrevistas a vários meios de comunicação e em suas redes sociais, o vereador e médico Dr. Luiz Fernando (Republicanos), fez questão de mostrar seu posicionamento favorável à imunização infantil.

Médico há 20 anos, presidente da Comissão de Saúde na Câmara Municipal da Capital, o parlamentar tem diversas leis e projetos voltados para a área da medicina.

“Eu sou a favor da vacinação em crianças. A favor da ciência. Tenho um filho de 5 e de 7 anos e vou levar os dois para se vacinar”, reforça o vereador ao informar que os pais ou responsáveis deverão entrar no site www.vacina.cuiaba.mt.gov.br, escolher o grupo no qual a criança se encaixa e preencher os dados. A primeira criança a receber a dose do imunizante será um garotinho, de 9 anos, que faz parte do grupo de pacientes imunossuprimidos.

De hoje ao dia 22, apenas o polo da Unic Beira Rio realizará a vacinação, devido à quantidade de doses recebidas. Foram 3.580 doses exclusivas para crianças e, conforme dados do Ministério da Saúde, a estimativa é de vacinar 60.659 crianças na Capital.

Leia Também:  Recursos da Lei Aldir Blanc começam a chegar aos municípios mato-grossenses

Com a chegada de doses novas doses, previstas para a próxima semana, os polos de vacinação Unic Beira Rio (Região Leste), USF Paiaguás (Região Norte), USF Quilombo (Região Oeste), USF do Pedra 90 I e II e ainda USF Parque Cuiabá (Região Sul) – também irão aplicar a vacina. Já nas zonas rurais, a USF Guia, o Programa Amor I e Amor II atenderão essas demandas.

Como embasamento para aprovação e incentivo da vacinação, Dr. Luiz Fernando destaca estudos realizados pela Sociedade Brasileira de Pediatria, Sociedade Brasileira de Imunizações e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Já em relação ao risco de miocardite, que é uma inflamação nas células do músculo do coração (miocárdio), o médico afirma que é muito raro. “Existe certo receio quanto ao desenvolvimento da miocardite após a vacina, mas quero deixar claro que isso é raríssimo, não tenham medo, vacinem as crianças”, orienta.

LIVE – hoje às 19h30 Luiz Fernando vai realizar uma live para debater sobre a vacinação contra Covid em crianças. O debate contará com a participação do pediatra Dr. Maurício Malheiros e será transmitido via instagran.com/drluizfernandoamorim.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA