Opinião

Mamas, saúde e beleza

Publicado

na

Por: Eduardo Sauter | Minha releitura pessoal, com um olhar preciso de um cirurgião plástico,  diante do universo feminino se traduz em uma frequente expansão, um crescimento que trilha não apenas na construção e reconstrução física da beleza, no alcance de um padrão estético elevado, mas principalmente no principio da  aceitação, do bem estar  e da aprovação de si mesmo.  Neste momento, especialmente por causa do mês de outubro, a classe médica coloca tradicionalmente a mulher em foco, a tônica, no entanto, sempre assusta, o câncer de mama. Atendendo mulheres há mais de 15 anos em meu consultório, se tornou clara a visão, de como a preocupação da mulher com seu corpo é mais profunda com a mama, em dois sentidos, beleza e saúde.
Desconheço outra relação mais intimista nesta conjuntura, e encontro nessa realidade, a força e a feminilidade das mulheres. Elas são incríveis, e se deparam todos os anos com números assustadores, de acordo com estimativas do INCA ( Instituto Nacional do Câncer)  o número de novos casos de câncer de mama no Brasil  é elevado, são esperados mais de 60 mil, média anual. Em um contexto mais amplo, o país pode ter um total de  625 mil novos casos de câncer a cada ano do triênio 2020-2022, sendo o de mama o segundo em maior incidência dentro desta projeção geral.
De outro lado, a mama ganha também outro holofote; o implante de silicone e outros procedimentos, como a mastopexia que propõe o mesmo, a felicidade, a plena realização com esta parte do corpo tão especial as mulheres. Não por menos, dados da (SBCP) Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, revelam que este procedimento é o pedido mais frequente nos consultórios do país, em geral se mantem na liderança no quesito cirurgia plástica. Antes de me dedicar a esta especialidade, talvez não tivesse a compreensão do motivo, afinal, porque as próteses de silicone ainda são mais recorrentes que lipoaspiração, em um mundo em que todas as mulheres desejam um corpo sem gordurinhas e remodelado? Bem, como disse acima, a frequente expansão necessária para a compreensão do fantástico universo feminino, faz ecoar em minha mente, o que as mulheres sempre nos tentaram dizer; a mama é a expressão mais delicada do corpo feminino, e também o mais forte e poderoso símbolo da feminilidade, sexualidade e também da vida.
As mulheres são donas de seu corpo, e foram abençoadas com os seios e fazem jus ao merecimento desta particularidade com tanta defesa e devoção que elas têm livre direito em transformar esta região como bem desejam. É louvável quando elas decidem por um procedimento estético, mesmo sabendo que não se trata de uma fórmula mágica e instantânea, a cirurgia requer prazos para exibir seu esplendor. O processo inclui cortes, inchaços, roxos, mobilidade reduzida, ou seja, é doloroso e requer paciência. Algo que admiro nas mulheres, elas sabem esperar, se propõe aos cuidados, e mesmo diante do processo doloroso, sorriem com plena satisfação até mesmo durante essa fase de transformação, porque tem a certeza de que é merecedora da maravilhosa medicina que cuida tão bem do seu corpo, atende seus anseios e desejos.
A mulher que cuida da saúde e beleza das mamas, que emolduram seu colo, sente-se mais bela, desejada e confiante.  No geral, para todas as mulheres tenho uma compreensão, sabendo o quanto é forte o elo mama e autoestima, não posso deixar de aconselhar, ame-se mesmo e muito. Não imponha fronteiras nesta relação, cuide-se sempre, todos os dias, se possível for, da sua beleza e a da sua saúde, a medicina que represento busca incansavelmente oferecer uma condição; vida em abundância.

Leia Também:  Após críticas, Ministério da Saúde recua em trechos de portaria sobre aborto, mas mantém aviso a polícia

Dr. Eduardo Sauter, Cirurgião  Plástico  – CRM 4649 Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Opinião

O Pódio também é para a mulher

Publicado

na

Nos últimos anos, o lugar das mulheres em cargos altos no mercado de trabalho vem aumentando gradativamente a passos largos. A revista Forbes Brasil listou as 20 mulheres de sucesso no Brasil em diversas em diversas áreas, todas dispostas a mudar o conceito de gênero no mercado. Segundo a revista Forbes, a lista aponta mais uma vez que a equidade de gênero na sociedade e no mercado de trabalho é um caminho sem volta. A diversidade nas empresas provou ser um poderoso fator de eficiência, inovação, criatividade, produtividade, harmonia e qualidade em todas as suas dimensões.
O assunto não quer calar, em junho a revista exame ressaltou a varejista de moda Lojas Renner como um dos destaques da 3ª edição do Guia EXAME Diversidade. Segundo a revista, como resultado, 65% dos cargos de liderança, a partir de gerência, são ocupados por mulheres. Já no mapa de sucessão, 76% das pessoas que pleiteiam postos mais altos são do gênero feminino.
O que podemos avaliar desses indicadores; em primeiro lugar é que existe consistência no trabalho de fazer com que as mulheres acreditem que possam evoluir. O melhor nesse contexto é que nós mulheres já ocupamos a gestão sem fronteiras de segmentos. No mercado automotivo de alto padrão, por exemplo, temos um inicio dessa expansão nos altos cargos. Orgulhosamente represento esse setor em Cuiabá. O caminho percorrido para chegar a este pódio foi longo, porem por quase dois anos mantenho essa conquista, e a desempenho com excelência, servindo de referência para toda a região Centro – Oeste e outros Estados, pois se tornou comum mulheres neste segmento atuando apenas como vendedoras, mas como gestoras ainda é raro. Sim sou uma das únicas, uma referência, principalmente no segmento de carros esportivos de luxo.
O motivo desta raridade é que ainda existe algo para ser driblado, o preconceito. É como se uma negociação milionária diante de Lamborghinis, Ferraris e demais super máquinas, só figurava com sucesso o estereótipo “homem de negócios”. Ledo engano e visão ultrapassada, o conservadorismo neste caso, não tem mais espaço e nem sentido. Hoje a relação mudou bastante, a figura feminina está mais familiarizada ao público masculino, apesar de serem ainda os homens a grande maioria nos altos cargos e clientes compradores de carros esportivos.
Hoje, celebro a celeridade com que a visão de mundo vem se modificando, claro, que os resultados nos ajudam neste processo, pois não se trata apenas de gênero, porem de competência. E, mesmo sabendo que a eficiência, inteligência, sagacidade e determinação fazem parte do DNA das mulheres que lutam por um espaço no “Pódio” ainda temos que lembrar o mundo a respeito, e até mesmo a nós, quando nos deparamos com olhares duvidosos. Mas, avante mulheres, não pisem no freio do seu sucesso.

Leia Também:  Ministério da Saúde muda orientação e pede que municípios garantam 2ª dose de vacinas

Rosi Cidram, especialista em carros de luxo

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA