Cotidiano

Monitoramento educativo na faixa exclusiva da Av. Fernando Corrêa da Costa segue em vigor

Publicado

na

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) reforça à população que segue valendo até o dia 21 de outubro a realização do monitoramento educativo na nova faixa exclusiva de ônibus, implantada na Avenida Fernando Corrêa da Costa.

Conforme o planejamento da Secretaria, o procedimento é executado por 30 dias, tendo iniciado no dia 21 de setembro.

Durante esse período, os agentes de trânsito estão posicionados na via, com o intuito de orientar os condutores sobre a proibição de circular pela faixa nos horários programados.

Dessa forma, as infrações desta natureza não estão sendo registradas e nenhum tipo de documento será enviado ao cidadão.

A Semob alerta que apenas uso indevido da faixa não resulta, neste primeiro momento, em qualquer tipo de penalidade. Todavia, os condutores continuam sendo autuados ao cometer outros tipos de infrações de trânsito.

FUNCIONAMENTO

Diferente daquelas já implantadas em outras avenidas, a faixa exclusiva de ônibus da Fernando Corrêa da Costa é a primeira a funcionar em um modelo que atende os horários de pico, divididos entre turno da manhã e da tarde. Sendo assim, a exclusividade na circulação pelo espaço vigora de segunda a sexta-feira, das 6h às 8h30 e das 16h30 às 19h, e aos sábados, das 6h às 8h30.

Vale destacar que, durante o período de restrição, também podem circular pelas faixas táxis (com passageiros), ambulâncias, viaturas policiais e vans escolares, devidamente vistoriados pela Semob. Para maior atenção dos motoristas, o local está devidamente sinalizado.

FLUIDEZ NO TRÂNSITO

Os corredores foram implantados com o objetivo de proporcionar maior celeridade e com isso menos atraso nos horários estipulados para cada linha de ônibus. Desde a implantação, segundo estudos, a medida praticamente acabou com os atrasos nesses pontos situados nas vias contempladas. Só na Avenida do CPA, conforme a pasta, houve 30% de otimização de chegada entre o terminal de ônibus do CPA I até o Centro da cidade.

Atualmente, Cuiabá conta com faixas exclusivas nas principais avenidas da cidade: Getúlio Vargas, Isaac Póvoas, Generoso Ponce, Tenente Coronel Duarte (Prainha) e Historiador Rubens de Mendonça (mais conhecida como CPA).

Fonte: Ascom

Leia Também:  Morre de coronavírus o ex-deputado e ex-secretário Ricardo Corrêa

Cotidiano

Governo assina convênios para pacote de obras em escolas, aquisição de micro-ônibus e equipamentos

Publicado

na

O Governo de Mato Grosso, por meio da secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), firmará, na próxima terça-feira (19.01), mais de 50 convênios com 26 municípios, para a construção de novas escolas estaduais e de quadras poliesportivas, ampliação de unidades, além da aquisição de micro-ônibus, mobiliários e equipamentos.

Os convênios ultrapassam os R$ 40 milhões e fazem parte do pacote de investimentos do programa Mais MT. O evento será realizado no Palácio Paiaguás, às 9h.

Dentro do pacote está a construção de três novas escolas em Peixoto de Azevedo, Primavera do Leste e Querência.

Em Peixoto de Azevedo o convênio firmado direto com a prefeitura prevê um investimento do governo de R$ 3.995.000,00 e R$ 5.000,00 de contrapartida do município.

O projeto é de construção da Escola Estadual Luciene Cardos de Oliveira, com 10 salas de aula e uma quadra poliesportiva. O terreno fica no Loteamento Nova Esperança, nas ruas Manaus e Parnaíva.

Em Primavera do Leste, a nova unidade terá 16 salas de aula e quadra poliesportiva. Será construída no bairro Jardim Luciana. A prefeitura destaca que o bairro tem apresentado um grande crescimento populacional e precisa de infraestrutura para atender os moradores de toda a redondeza.

Leia Também:  Várzea Grande lança o refis para receber dívidas com até 80% de descontos

O investimento do governo do Estado será de R$ 7.495.000,00 e a contrapartida da prefeitura de R$ 5.000,00.

Em Querência, será construído o novo prédio da Escola Estadual Indígena Central Kisedje, com oito salas de aula. A escola atende alunos dos Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Neste prédio, o investimento do Estado será de R$ 1.995.000,00 com contrapartida de R$ 5.000,00 do município.

Ampliações e quadras

Os convênios também são para ampliações em oito escolas estaduais, localizadas em Campo Novo do Parecis, Nova Canaã do Norte, Sapezal e Sorriso. Cada unidade terá mais oito salas de aula, uma média de 240 novas vagas. As obras estão previstas para iniciar ainda no primeiro semestre.

Vinte e duas escolas vão ganhar uma nova quadra poliesportiva, possibilitando aos estudantes um espaço adequado para a prática de esportes. As quadras serão construídas em escolas de Campo Novo do Parecis, Figueirópolis D’Oeste, Juscimeira, Nortelândia, Nova Lacerda, Peixoto de Azevedo, Porto Alegre do Norte, Primavera do Leste, Querência, Santa Rita do Trivelato e Sorriso.

Leia Também:  Vacinação de idosos com a faixa etária de 60 a 64 anos começa hoje em Cuiabá

Em Campo Novo do Parecis, a obra de ampliação será na Escola Estadual Jardim do Ipês, no bairro com o mesmo nome. Além de um novo bloco escolar com oito salas de aula, serão construídos novos banheiros na unidade e uma quadra poliesportiva. O convênio assinado com a prefeitura totaliza R$ 1.500.000,00, sendo R$ 1.495.000,00 de investimentos do governo e R$ 5.000,00 de contrapartida do município.

Também em Campo Novo do Parecis, a Escola Estadual Marechal Cândido Rondon vai ganhar uma nova quadra poliesportiva (R$ 695.000,00 de investimentos do Estado e R$ 5.000,00 de contrapartida do município).

Em Itanhangá, a Escola Joaquim Barbosa vai ganhar mais oito salas de aula e também uma quadra poliesportiva. O projeto também prevê a instalação de posto de transformação para que a unidade possa receber climatização.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA