Destaque

Pai engravida filha de 11 anos em Cuiabá e desaparece com feto abortado

Publicado

na

Rafael Medeiros, da Redação

A Polícia Civil passou a investigar um estupro envolvendo pai e filha, no Residencial Coxipó, em Cuiabá. Cleiton da Paixão Guimarães, 39 anos, foi preso pela Polícia Militar, na manhã desta quarta-feira (17). O maníaco sexual é acusado de ter estuprado e engravidado a própria filha L.P.P., de 11 anos.

Segundo a polícia a criança teria sofrido um aborto espontâneo.

O tenente João Neto disse que a guarnição foi acionada por funcionários da UPA Pascoal Ramos. A criança havia dado entrada na unidade com sinais de estupro.

Com a chegada da polícia, a menor contou que o pai a estuprava há pelo menos um ano.

“A mãe, aparentemente, disse que não tinha conhecimentos dos fatos. Em conversa com a criança, descobrimos que os estupros ocorriam desde meados de 2017”, disse o tenente. [vídeo final da matéria]

Com as informações, os militares foram até a casa onde morava a criança e localizaram o pai, que foi preso em flagrante.

“O Conselho está aqui para dar apoio para a criança. Ela está na delegacia, vai passar pelo psicossocial da delegacia de criança, que é a especializada. Depois vamos levá-la para o Hospital Júlio Muller”, explica o conselheiro Odenil Valeriano.

Leia Também:  Agora é lei: idosos que utilizam o transporte público em Cuiabá são beneficiados

A mãe da vítima N.P.G., relatou por telefone, que há algum tempo vinha percebendo modificações no corpo da filha, principalmente na barriga. Segundo a mulher, o estupro nunca passou pela cabeça dela.

A mãe disse ainda que a menina tomou um remédio abortivo dado por Cleiton. Ao passar mal, a garota foi levada por uma tia e pelo avô até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Pascoal Ramos.

A mãe da criança sofreu o aborto em casa e disse que Cleiton colocou o feto numa sacola e saiu de motocicleta. O acusado não revelou onde deixou o feto.

“O momento é difícil. Toda minha família procura explicações. Por enquanto, prefiro não falar mais nada sobre este homem”, lamenta a mulher.

A menina já estava grávida de 5 meses.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

PL que beneficia pessoas com deficiência é aprovado e encaminhado ao Executivo

“É importante esclarecer que muita gente proveniente desse grupo, bem como seus familiares, desconhecem seus direitos, chegando até mesmo a adquirir veículos sem usufruir dos benefícios que lhe são concedidos por Lei”, alerta Dr. Luiz Fernando

Publicado

na

Por Márcia Martins

Aprovado no plenário da Câmara e encaminhado para sanção do Poder Executivo, o Projeto de Lei nº 023/21, de autoria do vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos), que dispõe sobre a fixação de cartazes em revendedoras e concessionárias de veículos automotores, informando sobre os direitos a isenções tributárias para pessoas com deficiência e enfermidades de caráter irreversível.

“A propositura tem o objetivo de informar a sociedade sobre as importantes conquistas sociais direcionadas às pessoas com deficiência física. É importante esclarecer que muita gente proveniente desse grupo, bem como seus familiares, desconhecem seus direitos, chegando até mesmo a adquirir veículos sem usufruir dos benefícios que lhe são concedidos por Lei”, alertou o parlamentar ao conscientizar sobre a importância do dia 3 de dezembro, Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, para conscientizar a população de que as pessoas com deficiência devem ter seus direitos respeitados

“A data visa informar sobre todos os assuntos relacionados à deficiência e o nosso projeto é mais uma garantia de direito para as pessoas”, disse ao explicar que de acordo com a propositura, os benefícios compreendem a isenção de impostos (IPI, IOF, ICMS, IPVA) na aquisição de veículos automotores zero quilômetros. “O que garante a estas pessoas um preço bem mais acessível na compra”, completou.
O cartaz ou placa, fixado nas concessionárias deverá ter a medida mínima de 297mmx420mm (folha A3), com escrita legível, contendo a seguinte informação: “Este estabelecimento respeita e cumpre a Lei; O consumidor com deficiência ou portador de enfermidade de caráter irreversível tem direito à isenção de tributos previstos em Lei. Solicite informações a um de nossos vendedores”.
Márcia Martins/Gabinete Vereador Dr Luiz Fernando
(65) 99243-2021 whats
E-mail: marcia.martins30@gmail.com

Leia Também:  Emanuel aguarda decisão do MDB, mas prefere Júlio como candidato
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA