Destaque

Juiz mantém prisão de maniaco sexual que estuprou técnica de enfermagem

Publicado

na

Rafael Medeiros, da Redação

Depois do sequestro seguido de estupro praticado contra uma técnica de enfermagem nesta quarta-feira (6), pelo maníaco sexual Christopher Gonçalves Martinez, 28 anos, que a abordou em frente à Policlínica do Coxipó; o Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso emitiu uma nota de repúdio.

De acordo com o Conselho, a violência que atingiu uma das 14,6 mil técnicas de enfermagem atuantes hoje em Mato Grosso, atinge a todas e todos da categoria que se destaca pela presença maciça de mulheres.

Em audiência de custodia realizada na tarde desta quarta-feira (6), Christopher negou ter estuprado a profissional, disse ainda, que sofre de transtornos mentais e queria apenas usar droga.

O juiz da 14ª Vara Criminal de Cuiabá, Jurandir Florencio de Castilho Júnior, manteve, entretanto, a prisão do estuprador.

Christopher já possui várias passagens pela polícia por roubo. O acusado foi encaminhado para o presidio no final desta quarta-feira, porém, o nome da unidade penitenciaria não divulgada, para preservar a segurança do detento.

Leia Também:  Coronavírus: pandemia aumenta procura por tratamentos psicológicos

Entenda o caso

A técnica de 40 anos havia deixado a tia na unidade de saúde, quando foi abordada pelo maníaco sexual Christopher Gonçalves Martinez, 28 anos, que, em posse de um cano, [que usou pra simular uma arma], se aproximou do carro, um VW Fox, e rendeu a vítima.

Debaixo de ameaças, o criminoso ainda mandou que ela ficasse no banco dianteiro do carona, com a cabeça baixa e os olhos fechados, enquanto ele foi para o banco de motorista.

Christopher levou a vítima para um motel, onde a estuprou. Após o abuso, Chistopher saiu do estabelecimento sem pagar e seguiu com a vítima até um barracão no bairro Parque Ohara.

No galpão, ele tentou pular uma janela, porém caiu e desmaiou. Ao notar o homem desacordado, a mulher pediu socorro para pessoas que passavam pelo local e chamaram a Polícia Militar.

O criminoso foi preso em flagrante. Com ele, foi encontrado um pedaço de cano cortado em formato de arma e uma porção de cocaína.

Christopher Gonçalves foi preso e levado para Central de Flagrantes. A vítima foi encaminhada para uma unidade de saúde.

Leia Também:  Governo Federal prorroga prazo de lançamento de dados até sexta-feira (25)

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Cuiabá investirá mais de R$ 193 milhões em melhoria do sistema viário nos próximos dois anos

Publicado

na

Além de construir nova pavimentação em locais que ainda não possuem essa infraestrutura, a gestão Emanuel Pinheiro também possui a constante preocupação com a manutenção das vias que já são asfaltadas. Nesse sentido, a Prefeitura de Cuiabá está realizando um processo licitatório para contratação de empresa que executará diversos serviços de melhoria no sistema viário urbano da Capital.

Para que toda a cidade seja beneficiada de forma equivalente, a concorrência nº 044/2021 está dividida em quatro lotes, sendo o primeiro para a região Leste, o segundo para a Norte, o terceiro para a Oeste, e o quarto para a região Sul. Entre os serviços que devem ser executados estão: recapeamento; remendo profundo; tapa-buraco; recuperação de tubulação de drenagem, de bocas de lobo e poços de visita.

A licitação prevê um investimento de mais de R$ 193 milhões e superou a fase de habilitação com 14 empresas aptas, seguindo os critérios estabelecidos no edital montado pela Secretaria de Obras Públicas em parceria com a Secretaria Adjunta Especial de Licitações e Contratos. Agora, será feita a avaliação da qualificação técnica das classificadas e, posteriormente, abertura das propostas e anúncio das vencedoras.

Leia Também:  ONU relembra Dia Internacional em Homenagem às Vítimas do Holocausto

“Os contratos firmados a partir de licitação serão executados em um período de dois anos e seis meses. Nesta semana alcançamos a histórica marca de mais de 300 quilômetros de pavimentação construída, fruto de um trabalho planejado e contínuo. O que queremos é seguir ampliando essa melhoria, garantindo a manutenção das vias e seu bom estado de uso”, explica o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa.

Conforme a justificava apresentada pela Secretaria de Obras Públicas no edital, uma boa pavimentação tem a função de melhorar a trafegabilidade, proporcionando ao condutor mais conforto, segurança e também economia aos cofres públicos. Além disso, destaca que por conta dos desgastes naturais, após anos de uso, as vias necessitam de recuperação com execução de tapa buraco, recapeamento asfáltico, drenagem e outras ações pertinentes.

“A manutenção e melhorias das avenidas e ruas indicadas pela ação, proporcionará maior durabilidade do pavimento, maior rapidez do trânsito de veículos coletivos e particulares, gerando inserção da comunidade e os bairros, além de fomentar o desenvolvimento econômico das atividades formais e informais, a fim de suscitar empregos e, consequentemente, melhorar a renda da população”, diz trecho do edital.

Leia Também:  Arroz e feijão pesam no bolso do brasileiro durante a pandemia

MAIS AVANÇOS

Para o próximo ano, a Prefeitura de Cuiabá também já tem novas obras previstas, em especial para a Avenida Miguel Sutil. O planejamento da gestão Emanuel Pinheiro é construir na avenida mais dois viadutos e uma trincheira, iniciado a partir de abril, mês de comemoração aos 303 anos da Capital. As obras serão executadas em pontos considerados grandes gargalos no trânsito da região.

Os viadutos serão edificados na rotatória de acesso ao Centro de Eventos do Pantanal e no trevo do Santa Rosa, ligando as avenidas Lava Pés e Antártica. A última obra é a construção da Trincheira do Círculo Militar, orçada em R$ 62 milhões e já que já está com o projeto protocolado no Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e conta agora com o apoio do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (Emanuelzinho) para dar andamento no processo.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA