Opinião

Notícias da semana

Publicado

na

O Fethab 2 não será estendido, termina no final deste ano. Arrecadou em torno de 450 milhões de reais por ano. Dinheiro para estradas, mas que ajudou a segurar outras despesas estaduais. Num apertado orçamento estadual para 2019, qualquer dinheiro, mesmo carimbado e com fim específico, fará falta.

 

Dinheiro novo nos cofres estaduais para o ano que vem seriam os 180 milhões do fundo criado para a saúde e, quem sabe, se aprovado, o novo rateio dos recursos para ressarcimento pela Lei Kandir, outros 450 milhões. Sairiam os 450 milhões do Fethab e entraria esse outro. Dinheiro extra mesmo seria os 180 milhões de reais. Muito pouco perante a necessidade estadual.

O Brasil não exerce nenhuma pressão diplomática e econômica no país vizinho para impedir o contrabando de cigarros e venda de armas

E não tem de onde fazer dinheiro. Enxugar a máquina administrativa é quase impossível porque quase todo mundo é efetivo. Tirar dos incentivos fiscais é uma empreitada pior ainda. Frente à realidade dos números, fazer muita promessa não parece uma tática eleitoral adequada.

Leia Também:  Obsolescência

 

Outra notícia. Vieram do Paraguai os cigarros contrabandeados apreendidos na semana passada no estado. Fala-se que 30% dos cigarros no país seriam de lá e que o Brasil estaria perdendo algo como cinco bilhões de reais em impostos. E, para piorar, são cigarros de qualidade inferior que provocam mais doenças e despesas com saúde pública.

 

Vem do Paraguai também boa parte das armas clandestinas usadas no Brasil, incluindo fuzis automáticos. Armas que ajudam a aumentar a violência aqui.

 

O Brasil não exerce nenhuma pressão diplomática e econômica no país vizinho para impedir o contrabando de cigarros e venda de armas.

 

O Paraguai precisa do mercado brasileiro para vender produtos legais. Empresas brasileiras estão indo para aquele país, gerando emprego e renda ali e vendem os produtos no Brasil com taxação menor por causa do Mercosul. Que se coloquem dificuldades nessas vendas para se negociar a questão das armas e contrabando de cigarros.

 

Já pensou se o Brasil impõe fortes restrições às compras naquele tipo de produtos que suprem a Feira do Paraguai em Cuiabá? Seria um rebuliço. É a legítima pressão diplomática e econômica. Outros lugares no mundo fazem isso, o Brasil não.

Leia Também:  Campeão do Mundo

 

Mais uma notícia da semana. Fala-se que o voo Cuiabá-Santa Cruz de la Sierra começaria no dia 11 de outubro. Espera-se que agora a coisa aconteça mesmo.

 

Quer algumas vantagens desse assunto? O voo para Miami ficaria mais curto e barato. De Santa Cruz a Miami são seis horas de voo. O mesmo se pode dizer de visitas aos países andinos. Não se precisaria mais ir a São Paulo para voar para Cuzco, por exemplo. Vai-se a Santa Cruz e dali para qualquer lugar dos Andes. Para se ir a Buenos Aires também.

 

Por que ir a São Paulo se podemos cortar caminho? Turistas dos Andes podem vir a Cuiabá, curtir as coisas do estado e ir depois ao Nordeste por Brasília, sem passar por São Paulo.

 

Será que não vão transferir mais uma vez a data de inauguração daquele voo para Santa Cruz?

 

ALFREDO DA MOTA MENEZES é analista político

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opinião

Preenchimento de queixo sem bisturi

Publicado

na

Seu contorno facial te incomoda? Saiba que a queixa é bem comum, para muitos a insatisfação grita quando o perfil parece mais deficiente de queixo, em alguns casos a face frontal também perde beleza. Mas, a boa notícia é que para revolucionar a estética facial não é preciso se submeter a uma cirurgia, que inclui cortes, valores agregados e a insegurança do resultado. Graças a harmonização facial a conquista de um novo contorno é possível em 20 minutos de consultório, sem nenhum procedimento invasivo.
A satisfação plena de uma nova face com um queixo maior e mandíbulas perfeitas para a nova moldura é possível através de preenchedores, como o ácido hialurônico, ele é perfeito para atingir o ideal de uma remodelação do queixo, empregando apenas anestesia local e o preenchedor, claro que o olhar clinico do profissional é o que também difere no resultado, a análise perfeita das métricas da face define a excelência desta harmonização, que não exige nem mesmo que o paciente se afaste de suas funções após se submeter ao procedimento, diante da tamanha simplicidade do processo.
A técnica é tão avançada que os preenchedores operam milagres nesta transformação facial, sendo possível projetar, arredondar, redefinir assimetrias, e ou alongar o queixo. E o melhor de tudo é resultado é imediato. Tenho muita estima na realização deste procedimento, pois ele é transformador, a sensação de felicidade dos pacientes irradia o consultório. Imagine que em muitos casos os pacientes sofreram anos com a aparência, e agora um procedimento tão simples pode riscar um passado de insatisfação.
Não pense que é exagero sofrer com um contorno não bem definido ou um queixo sem expressão, saiba que o queixo é uma parte extremamente importante para definir o contorno facial. Quando o queixo tem a proporção ideal deixa a face mais harmônica e proporciona jovialidade e imponência. Pare de sofrer se seu queixo é muito para dentro ou mais para fora. A harmonização facial nasceu em berço esplêndido de transformação da face e da autoestima, um novo você esta a sua disposição com segurança e rapidez.

Leia Também:  Lava Jato sem distinção

Nayara Cerutti, odontóloga com atuação em harmonização facial

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA