Destaque

APÓS AMEAÇAS: Casa de Agente Penitenciário e sede Sindicato são alvos de tiros em Cuiabá

Publicado

na

Rafael Medeiros Da Redação

Uma noite marcada pelo pavor e susto, a casa de um agente penitenciário e a sede do sindicato da categoria (Sindispen-MT), foram alvos de ataques entre a noite de quinta-feira (22.03) e no inicio da manhã desta sexta-feira (23.03), em Cuiabá. Os dois locais foram alvejados com tiros.

No início desta semana, foi divulgado nas redes sociais alguns áudios em que presos ameaçam agentes penitenciários. Não deu outra, os ataques começaram. Bandidos ‘metralhada’ a casa do agente  penitenciário L.M.A, no bairro Nova Conquista, em Cuiabá na noite de ontem (22.03).

Além do agente, também estava na residência dormindo a mãe dele que tem 70 anos que por pouco não recebeu balas na cabeça. A polícia relatou a reportagem do Jornal do Ônibus, que ao menos 10 marcas de tiros de pistola 9 mm foram encontradas na casa do servidor. Ninguém ficou ferido.

E a tentativa de tirar sangue continuou pela manha de hoje, (23.03). Imagens gravadas do circuito interno de segurança do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Mato Grosso, começou a circular nas redes sociais e mostram o momento quando um suspeito passa em um carro e atira várias vezes contra a sede do sindicato, tudo por volta das 6h, desta sexta-feira (23), no bairro Morada da Serra, em Cuiabá.

Leia Também:  Caloteiros: OAB notifica 440 advogados inadimplentes

De acordo com as imagens, o motorista estava em um Chevrolet Prisma prata. Ele passa em baixa velocidade na frente da sede, saca a arma da cintura e atira.

Ainda nesta manha a secretaria de estado de segurança pública emitiu uma nota dizendo que as ações criminosas contra agentes penitenciários e na sede do sindicato dos agentes, estão sendo investigadas pelos policiais do GCCO (Gerência de Combate ao Crime Organizado). A nota diz também que as secretaria de segurança e justiça e direitos humanos  estão trabalhando unidas no propósito de garantir a ordem pública.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Vacinação contra covid-19 para crianças começa hoje (20); Vereador Dr. Luiz Fernando defende imunização

Publicado

na

Por Márcia Martins
Crianças de 5 a 11 anos começam a ser imunizadas contra Covid-19, a partir desta quinta-feira (20), no polo da Unic Beira Rio, a partir das 9h, em Cuiabá. Durante entrevistas a vários meios de comunicação e em suas redes sociais, o vereador e médico Dr. Luiz Fernando (Republicanos), fez questão de mostrar seu posicionamento favorável à imunização infantil.

Médico há 20 anos, presidente da Comissão de Saúde na Câmara Municipal da Capital, o parlamentar tem diversas leis e projetos voltados para a área da medicina.

“Eu sou a favor da vacinação em crianças. A favor da ciência. Tenho um filho de 5 e de 7 anos e vou levar os dois para se vacinar”, reforça o vereador ao informar que os pais ou responsáveis deverão entrar no site www.vacina.cuiaba.mt.gov.br, escolher o grupo no qual a criança se encaixa e preencher os dados. A primeira criança a receber a dose do imunizante será um garotinho, de 9 anos, que faz parte do grupo de pacientes imunossuprimidos.

De hoje ao dia 22, apenas o polo da Unic Beira Rio realizará a vacinação, devido à quantidade de doses recebidas. Foram 3.580 doses exclusivas para crianças e, conforme dados do Ministério da Saúde, a estimativa é de vacinar 60.659 crianças na Capital.

Leia Também:  Sebrae e ABNT disponibilizam normas gratuitas para o pequeno negócio

Com a chegada de doses novas doses, previstas para a próxima semana, os polos de vacinação Unic Beira Rio (Região Leste), USF Paiaguás (Região Norte), USF Quilombo (Região Oeste), USF do Pedra 90 I e II e ainda USF Parque Cuiabá (Região Sul) – também irão aplicar a vacina. Já nas zonas rurais, a USF Guia, o Programa Amor I e Amor II atenderão essas demandas.

Como embasamento para aprovação e incentivo da vacinação, Dr. Luiz Fernando destaca estudos realizados pela Sociedade Brasileira de Pediatria, Sociedade Brasileira de Imunizações e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Já em relação ao risco de miocardite, que é uma inflamação nas células do músculo do coração (miocárdio), o médico afirma que é muito raro. “Existe certo receio quanto ao desenvolvimento da miocardite após a vacina, mas quero deixar claro que isso é raríssimo, não tenham medo, vacinem as crianças”, orienta.

LIVE – hoje às 19h30 Luiz Fernando vai realizar uma live para debater sobre a vacinação contra Covid em crianças. O debate contará com a participação do pediatra Dr. Maurício Malheiros e será transmitido via instagran.com/drluizfernandoamorim.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA