Destaque

Escolas estaduais de MT terão plantões pedagógicos para ajudar estudantes

Publicado

na

Considerando o cenário de aulas não presenciais e com o objetivo de favorecer a aprendizagem dos estudantes, conforme suas necessidades formativas, as escolas da rede estadual de ensino terão plantões pedagógicos durante o mês de fevereiro. Os encontros entre alunos e professores ocorrerão nas unidades de ensino, por agendamento, respeitando protocolos de biossegurança contra a transmissão do novo coronavírus.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) decidiu adotar a medida para melhorar o aprendizado, prejudicado com a suspensão das aulas presenciais desde março de 2020.

A Seduc-MT considera que, com as aulas de forma on-line ou por meio de apostilas, muitos estudantes não conseguiram manter o nível de aproveitamento de conteúdo no ano passado, em relação aos anos anteriores, por causa da ausência do professor por perto.

Neste ano as escolas vão adotar uma plataforma mais interativa para o ensino, o Google for Education. Porém, a Seduc-MT está ciente que muitos alunos não têm dispositivos com internet para acessar essas tecnologias e que a presença do educador é indispensável. Por isso, a importância dos plantões.

Leia Também:  Governo paga servidores estaduais nesta sexta-feira (26)

“Temos ferramentas importantes que vieram para ficar e auxiliar no aprendizado. Mas nada disso substitui o professor em sala de aula”, afirma o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.

Seguindo orientações da Seduc-MT, os plantões pedagógicos serão organizados pelas próprias escolas, por meio de agendamento prévio. Será um grupo por dia, com no máximo cinco estudantes por turma, a fim de evitar aglomerações.

As aulas nas escolas da rede estadual serão retomadas no dia 8 de fevereiro, inicialmente na modalidade não presencial (on-line e com apostilas).

Destaque

Mauro Mendes pede ajuda do embaixador dos EUA para compra direta de vacinas

Publicado

na

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, postou um vídeo em suas redes sociais na tarde desta sexta-feira (05). No ato, o governador pede auxílio ao embaixador dos EUA, Todd Chapman, na compra direta de vacinas para Mato Grosso.

No vídeo, Mauro ainda explicou a necessidade da vacinação, leia:

VACINAS EM PAUTA
Meus amigos, agora pela manhã eu e os governadores que compõem a Amazônia Legal nos reunimos com o embaixador dos EUA no Brasil, Todd Chapman.

🧪 Pedi que o embaixador nos ajude a fazer a compra direta das vacinas contra a covid-19 via consórcio, para reforçar a vacinação no nosso estado e nos demais, tendo em vista que os EUA possuem grandes laboratórios e já estão na fase final da imunização
🧪 Reforcei que esses nove estados fazem um grande trabalho pela preservação e desenvolvimento sustentável, alinhado com a atual política americana
🧪 O embaixador afirmou que vai nos auxiliar a estreitar esse relacionamento e que estão completamente abertos a oferecer as vacinas
🧪 Continuarei correndo atrás de todas as alternativas para que os mato-grossenses sejam vacinados o quanto antes, para encerrarmos esse pesadelo da covid-19.

VEJA O VÍDEO:

Leia Também:  Matrículas podem ser feitas diretamente nas escolas
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA