Cotidiano

Escola Presidente Médici tem mais de 700 vagas abertas para novos alunos

Publicado

na

A Escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá, tem mais de 700 vagas disponíveis para novos alunos no ano letivo de 2021, nos ensinos Fundamental e Médio. O prazo para os pais e responsáveis fazerem a solicitação para matrícula termina nesta quarta-feira (13). O procedimento deve ser feito pelo site www.seduc.mt.gov.br.

A unidade, uma das mais tradicionais do Estado, passará a ter uma gestão compartilhada entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF-MT) e a Secretaria de Educação de Mato Grosso (Seduc-MT). Com isso, a direção da escola ficará a cago de um policial rodoviário federal.

A Seduc-MT esclarece que com a mudança a escola Presidente Médici vai funcionar em modo similar às unidades que são dirigidas pela Polícia Militar e pelo Corpo de Bombeiros. As partes pedagógica e curricular de ensino continuarão sob responsabilidade da secretaria. A PRF já tem gestão compartilhada em escolas do Tocantins e do Rio de Janeiro

A parceria faz parte de projeto-piloto que será implantado no Estado. No caso da escola Presidente Médici, os principais objetivos são diminuir a evasão escolar e melhorar o nível de apredizado.

Leia Também:  Equipes da Força Tática de Cuiabá iniciam operação de prevenção e repressão à violência

Os termos da cooperação entre Seduc-MT e PRF-MT ainda serão divulgados no Diário Oficial do Estado (DOE).

A Escola Estadual Presidente Médici disponibilizou 1.520 vagas para novos alunos, nos períodos matutino e vespertino.

Matrículas Web

A Seduc-MT colocou à disposição mais de 78 mil novas vagas em 323 escolas de 52 municípios. Desse total, 55 mil ainda podem ser solicitadas, conforme atualização mais recente do Núcleo de Dados da Seduc-MT.

Em Cuiabá, ainda podem ser acessadas 10,9 mil vagas. No interior, são 44,8 mil solicitações que podem ser realizadas.

Cotidiano

Governo assina convênios para pacote de obras em escolas, aquisição de micro-ônibus e equipamentos

Publicado

na

O Governo de Mato Grosso, por meio da secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), firmará, na próxima terça-feira (19.01), mais de 50 convênios com 26 municípios, para a construção de novas escolas estaduais e de quadras poliesportivas, ampliação de unidades, além da aquisição de micro-ônibus, mobiliários e equipamentos.

Os convênios ultrapassam os R$ 40 milhões e fazem parte do pacote de investimentos do programa Mais MT. O evento será realizado no Palácio Paiaguás, às 9h.

Dentro do pacote está a construção de três novas escolas em Peixoto de Azevedo, Primavera do Leste e Querência.

Em Peixoto de Azevedo o convênio firmado direto com a prefeitura prevê um investimento do governo de R$ 3.995.000,00 e R$ 5.000,00 de contrapartida do município.

O projeto é de construção da Escola Estadual Luciene Cardos de Oliveira, com 10 salas de aula e uma quadra poliesportiva. O terreno fica no Loteamento Nova Esperança, nas ruas Manaus e Parnaíva.

Em Primavera do Leste, a nova unidade terá 16 salas de aula e quadra poliesportiva. Será construída no bairro Jardim Luciana. A prefeitura destaca que o bairro tem apresentado um grande crescimento populacional e precisa de infraestrutura para atender os moradores de toda a redondeza.

Leia Também:  Programação para o Fim de Semana

O investimento do governo do Estado será de R$ 7.495.000,00 e a contrapartida da prefeitura de R$ 5.000,00.

Em Querência, será construído o novo prédio da Escola Estadual Indígena Central Kisedje, com oito salas de aula. A escola atende alunos dos Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Neste prédio, o investimento do Estado será de R$ 1.995.000,00 com contrapartida de R$ 5.000,00 do município.

Ampliações e quadras

Os convênios também são para ampliações em oito escolas estaduais, localizadas em Campo Novo do Parecis, Nova Canaã do Norte, Sapezal e Sorriso. Cada unidade terá mais oito salas de aula, uma média de 240 novas vagas. As obras estão previstas para iniciar ainda no primeiro semestre.

Vinte e duas escolas vão ganhar uma nova quadra poliesportiva, possibilitando aos estudantes um espaço adequado para a prática de esportes. As quadras serão construídas em escolas de Campo Novo do Parecis, Figueirópolis D’Oeste, Juscimeira, Nortelândia, Nova Lacerda, Peixoto de Azevedo, Porto Alegre do Norte, Primavera do Leste, Querência, Santa Rita do Trivelato e Sorriso.

Leia Também:  Professora usa criatividade para ensinar noções de economia aos alunos

Em Campo Novo do Parecis, a obra de ampliação será na Escola Estadual Jardim do Ipês, no bairro com o mesmo nome. Além de um novo bloco escolar com oito salas de aula, serão construídos novos banheiros na unidade e uma quadra poliesportiva. O convênio assinado com a prefeitura totaliza R$ 1.500.000,00, sendo R$ 1.495.000,00 de investimentos do governo e R$ 5.000,00 de contrapartida do município.

Também em Campo Novo do Parecis, a Escola Estadual Marechal Cândido Rondon vai ganhar uma nova quadra poliesportiva (R$ 695.000,00 de investimentos do Estado e R$ 5.000,00 de contrapartida do município).

Em Itanhangá, a Escola Joaquim Barbosa vai ganhar mais oito salas de aula e também uma quadra poliesportiva. O projeto também prevê a instalação de posto de transformação para que a unidade possa receber climatização.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA