Opinião

Desafios em Superação

Publicado

na

O ano gêmeo, 2020 se aproxima do final e entra para a história como um marco desafiador para a saúde e a economia. As ondas turbulentas de um mar agitado impuseram regras temidas, algumas necessárias, outras discutíveis aos diversos setores produtivos, entre as imposições governamentais a mais temida abalou muitos pilares econômicos, a do fechamento; a restrição total ou parcial desta medida parecia cruel demais e sufocante para manter de pé uma empresa. Uma difícil equação foi imposta, como gerar desenvolvimento econômico, se o produto ou serviço não podem ser produzidos? Posteriormente veio a resposta, ou alternativa para manter vivo um CNPJ, a flexibilização. Na pratica permitiu mais fôlego para honrar salários, tributos e custos junto a fornecedores, claro que lucratividade não foi à meta, era inatingível, a sobrevivência já era o suficiente.
Todas as medidas tomadas que ditaram as economias mundiais foram questionadas, quando a situação ultrapassou o limite da possibilidade de manter-se de pé, a pergunta importante era, será que o enfrentamento a pandemia pode ter consequências piores do que os males que ela causa? Esta pergunta todos nós fazemos, até porque sabemos; nenhuma decisão é fácil quando o que esta em jogo é a preservação da vida, diante de uma pandemia que ainda abala o mundo.
Em nome da vida é o que nos deu força e ampliou nossa responsabilidade enquanto empresário, em manter empregos, salários em dia, projetando alternativas para manter a saúde de empresas, e de quem a faz a crescer todos os dias, nossos colaboradores.
Para encontrar equilíbrio a união de esforços, o uso de todo o potencial criativo e produtivo foi e ainda é nosso escudo protetor em meio ao cenário ainda presente. Estamos buscando ainda manter a saúde de nossa família, amigos, parceiros, funcionários e de nossas empresas, a saúde financeira de um gerador de renda é força motriz que nos permite vencer as grandes dificuldades impostas.
Estamos juntos nessa etapa, ainda com desafios pela frente, mas a superação necessária se faz todos os dias. Estamos vivendo algo que será contado eternamente na história da humanidade, o ano em que choramos muitas perdas, entre elas, a pior, a presença de muitos. O ano em que muitos sonhos se desfizeram, muitas empresas fecharam, infelizmente, o ano em que a medicina esteve em pauta todos os dias, nos revelando uma corrida pela vida, pela descoberta da vacina que irá dizimar a Covid 19, e assim quem sabe abrir um outro horizonte, nos permitir entrar em 2021.
No novo ano que já quase rompe almejamos ser um outro marco, o ano histórico para a humanidade, o ano em que o mal pandêmico foi vencido, e assim verdadeiramente vamos contabilizar e celebrar a vida e refazer sonhos.

Leia Também:  Bolsonaro se irrita com aliados, ameaça com troca de líderes e abre mais uma porta ao Centrão

Amir Maluf, CEO do Grupo São Benedito

Opinião

A mudança continua

Publicado

na

O ano que acabou de se despedir foi surpreendente para a elevação de procedimentos que realçam a beleza ou propõe transformação. E se você se pergunta os motivos, entre eles acredito que a segurança, a praticidade e a evolução nos tratamentos são responsáveis, colocando a harmonização orofacial entre as alternativas mais requisitadas.

Não por menos, no último mês a busca no Google por informações sobre rinomodelação disparou. Segundo os dados as buscas por essa intervenção aumentaram 4800% durante a pandemia.

E sabemos que nem é preciso se submeter a uma rinoplastia para ter um nariz dos sonhos. Hoje, a harmonização já evoluiu, podendo ter resultados temporários, em média 12 meses, ou mais, através de rinomodelação com a aplicação do ácido hialurônico, ou então o emprego da técnica “Nariz Perfeito”, indicada para quem tem nariz largo, ponta caída, dorso alto e outros detalhes que trazem o descontentamento diante ao espelho.

Se o desejo é ter o nariz empinado de forma imediata, sem dores e complicações é o procedimento mais indicado. E nesta tendência pela melhora da face os lábios também merecem atenção, e são campeões também em número de procedimentos, um lábio bem contornado e com volume adequado para cada rosto, sem dúvida traduz a beleza envolvente que homens e mulheres desejam.

Leia Também:  A apneia do sono desequilibra todo o organismo

Ou seja, 2021 chega mantendo essas tendências que tanto cresceram no ano passado, revelando a busca pela aceitação da mudança na face como instrumento para fortalecer a autoestima, o prazer de viver e até mesmo das relações pessoais e corporativa.

Diante de um ano de tantos desafios, todos buscam mecanismos de fortalecimento, eles estão na espiritualidade, no ganho de conhecimento, nas relações prazerosas, e claro, na aprovação do que reflete no espelho. E esta mudança está acessível a muitos, e se depende dela pra nos sentirmos mais confiantes e gratos, não se deve deixar para depois, pois a mudança acontece com atitude. Então, vamos exercê-la.

Nayara Cerutti, odontóloga com atuação em harmonização orofacial

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA