Destaque

Caixa começa a pagar 9ª e última parcela do auxílio emergencial

Publicado

na

A Caixa Econômica começa a pagar a nona e última parcela do auxílio emergencial nesta quinta-feira (10).

Recebem primeiro, como nos outros meses, os beneficiários do Bolsa Família. O calendário segue até o dia 23 de dezembro, de acordo com o final do NIS.

Para os demais grupos, como informais e inscritos no CadÚnico, a liberação da nona parcela na poupança digital começa no domingo (13) e vai até dia 29.

Nesta fase, ocorre o depósito no Caixa Tem.

Saques e transferências poderão ser feitos entre 19 de dezembro e 27 de janeiro de 2021.

O auxílio emergencial começou a ser pago em abril como ajuda no enfrentamento da crise da Covid-19.

As cinco primeiras parcelas foram de R$ 600 e, as quatro últimas, chamadas de extensão, são de R$ 300.

Mães chefes de família têm direito à cota dupla (R$ 1.200 e R$ 600).

As datas de pagamentos dos últimos lotes são as mesmas para os beneficiários nascidos no mesmo mês.

As parcelas que eles irão receber, no entanto, variam em relação à ordem numérica, quantidade e valor.

Essa variação ocorre devido à data de solicitação e ao tempo que o governo demorou para analisar e revisar os pedidos dos cidadãos. Os primeiros aprovados, em abril, recebem agora a nona parcela. Quem começou a receber em maio, terá apenas até a oitava parcela, e assim por diante.

Os beneficiários que passaram a receber o auxílio em outubro e novembro, por outro lado, recebem só até a quinta parcela, no valor de R$ 600 cada.

Apesar de ganharem uma bolada no último lote, já que os pagamentos serão quitados de uma vez, eles ficarão sem as quatro parcelas extras de R$ 300.

Beneficiários ainda podem tentar receber Quem teve o auxílio negado, bloqueado ou cancelado terá novos prazos de contestação, feita pelo site da Dataprev.

O primeiro caso é de quem teve a extensão de R$ 300 cancelada. Para esse público, as contestações poderão ser feitas até dia 18.

A segunda situação é quem teve o auxílio de R$ 600 cancelado por irregularidades. O último caso é para quem foi considerado inelegível para a extensão do auxílio de R$ 300.

 

Leia Também:  Homenagem Sincera: Júlio Campos presta ultima homenagem ao ex-governador Frederico Campos
Por Laísa Dall’Agnol
Da Folhapress – São Paulo

Destaque

Prefeitura mantém canal 0800 e via e-mail para tirar dúvidas sobre a Covid-19

Publicado

na

A Prefeitura de Cuiabá informa que ainda mantém os canais de comunicação via telefone e e-mail para quem quiser sanar quaisquer dúvidas que a população cuiabana possa ter a respeito da campanha de imunização “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar”, contra à Covid-19.

O número para atendimento via telefone é o 0800 645 01 56. Já pelo e pelo e-mail, está disponível o ouvidoria.cuiaba@cuiaba.mt.gov.br

Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde ressalta que há postos de atendimento no Centro de Eventos do Pantanal, Sesi Papa e UFMT, geridos pela Ouvidoria Geral do Município (OGM), onde também ocorre a vacinação. Nos locais, o munícipe tem total acesso ao exercício da cidadania, podendo formalizar sugestões, reclamações, elogios ou denúncias sobre o serviço ofertado.

O atendimento nas estruturas itinerante funciona durante os sete dias da semana, no período das 8h às 18h. Para garantir que o local conte sempre alguém disponível para o recebimento da demanda, a Ouvidoria Geral montou uma escala de trabalho com sete servidores. Além disso, seguindo a determinação da Lei de Acesso à Informação (LAI), Lei nº 12.527, é garantido total anonimato ao cidadão.

Leia Também:  Cuiabá sediará no mês de março o 69º Fórum Nacional de Secretarias Municipais de Administração das Capitais

Somado a esse posto de atendimento, a OGM continua também recebendo as manifestações dessa e de outras áreas pelo 0800 645 01 56 e e-mail: ouvidoria.cuiaba@cuiaba.mt.gov.br, e em sua sede, localizada Av. Mato Grosso, nº 453.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA