Destaque

MT tem 613 novos casos e 12 mortes pelo coronavírus em 24 horas

Publicado

na

O Estado de Mato Grosso registrou, na últimas 24 horas, 12 mortes causadas pelo coronavírus.

Nesse mesmo período, foram notificadas 613 novas confirmações de casos da doença no Estado. 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (7.12), 163.002 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (36.456), Rondonópolis (12.099), Várzea Grande (11.585), Sinop (8.550), Sorriso (7.015), Lucas do Rio Verde (6.411), Tangará da Serra (6.313), Primavera do Leste (5.363), Cáceres (3.628) e Nova Mutum (3.483).

No total, até agora, foram registradas 4.203 mortes em decorrência do coronavírus no Estado.

Dos 162.389 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 3.188 pessoas estão em isolamento domiciliar e 155.100 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 143 internações em UTIs públicas e 160 em enfermarias públicas.

A taxa de ocupação está em 35,48% para UTIs adulto e em 18% para enfermarias adulto.

Um total de 129.297 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT).

Atualmente, restam 467 amostras em análise laboratorial.

Fonte: Diário de Cuiabá

Leia Também:  Mato Grosso registra 100 mortes de crianças indígenas

Destaque

Governador e secretário de Saúde participam de ato de recebimento das vacinas do Ministério da Saúde

Publicado

na

A | A

O Governador Mauro Mendes e o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, participam nesta segunda-feira (18.01) do ato simbólico de recebimento das vacinas contra a Covid-19, realizado pelo Ministério da Saúde.

O ato está marcado para as 7 horas (horário de Brasília), em Guarulhos, no Estado de São Paulo. Na ocasião, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, deverá anunciar quando as vacinas contra a Covid-19 serão enviadas aos Estados para dar início à imunização da população.

Plano Estadual

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual da Saúde (SES-MT), trabalha em uma força tarefa para que a vacina contra a Covid-19 chegue aos municípios o mais rápido possível. A ação faz parte do Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 em Mato Grosso e prevê, caso necessário, o apoio de seis aeronaves do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Com o objetivo de promover a adequada logística da vacina, com segurança, efetividade e equidade, a SES vai ampliar a Rede de Frio Estadual e já viabiliza uma Central Estadual e mais quatro Centrais Regionais (Barra do Garças, Cáceres, Rondonópolis e Sinop), assim como a aquisição de equipamentos de refrigeração e frota adequada para distribuição terrestre. O investimento estimado é de R$ 2,2 milhões.

Leia Também:  Pós-operatório de 30 dias será no Ginásio Olímpico de Sinop

A escolta dos materiais até os 14 polos de distribuição será feita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), além das Polícias Federal e Rodoviária Federal e o Ministério da Defesa. Nos casos em que for necessário, o Ciopaer disponibilizará sua frota aérea para dar celeridade à distribuição.

Nos próximos dias, os 141 municípios de Mato Grosso começam a receber as agulhas e seringas que já se encontram em estoque e que serão utilizadas no plano de vacinação contra a Covid-19. A SES também providenciou a aquisição suplementar de 6,5 mil seringas para o enfrentamento de vacinação, com investimento na ordem de R$ 2,8 milhões.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA