Destaque

Operação Integrada resulta em três prisões em flagrante, busca e apreensão de drogas

Publicado

na

Nara Assis/Sesp-MT

Onze mandados de busca e apreensão foram cumpridos, na sexta-feira (04.12), durante a Operação Integrada Ordem Pública, deflagrada na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) 9, que tem como sede o município de Alta Floresta. Durante as buscas, foram apreendidos em dois locais aproximadamente 2kg de entorpecentes e cerca de R$ 2 mil em dinheiro, encontrados com seis suspeitos pelo crime de tráfico de drogas.Das seis pessoas conduzidas à delegacia, três foram presas em flagrante, duas foram liberadas e vão responder a termos circunstanciados de ocorrência por uso de drogas, e uma pessoa menor de idade foi apreendida, com registro de boletim de ocorrência circunstanciado por tráfico de drogas. Entre as drogas apreendidas, foram encontradas porções de maconha, LCD, Ecstasy, Skank e pasta base de cocaína.

Mais de 60 integrantes das forças de segurança do Estado participaram, entre Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). A ação contou ainda com apoio de um delegado e investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Sinop.

Leia Também:  Pequenos negócios têm 149 linhas de crédito à disposição na crise

“A operação é importante para a região, principalmente no final de ano, que tem mais movimentação nas ruas da cidade e comércio. A presença ostensiva da polícia na cidade faz toda a diferença, e a integração das forças de segurança tem um resultado muito positivo. Nossas investigações apontavam esses suspeitos como integrantes do Comando Vermelho, então é uma forma de desarticular esta organização na cidade”, avalia o titular da Delegacia de Alta Floresta, Vinicius de Assis Nazário.

A frente do 9º Comando Regional da PM-MT, o tenente-coronel PM Adnilson Arruda, destacou a integração entre as forças. “Os órgãos de segurança trabalham juntos no intuito de coibir o aumento da violência e assim reduzirem os índices e elevar a sensação de segurança na região. Por isso, o trabalho focado na inteligência policial e na parte ostensiva, que resultam na desarticulação de grupos criminosos, continua neste final de semana, e com certeza teremos mais apreensões e resultados positivos”, frisou o comandante regional.

Esta é a primeira fase da Operação Integrada na Risp 9, sendo que estão previstas mais duas etapas ainda este ano.

Destaque

Presidente da Assembleia diz que MT terá dois anos de entregas

Publicado

na

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM), em discurso durante a entrega de 250 novas viaturas pelo governador Mauro Mendes (DEM), para a Segurança Pública, destacou a participação da Assembleia Legislativa para o equilíbrio fiscal do Estado.

“Sem o apoio da Assembleia Legislativa nada disso estaria ocorrendo. A Assembleia fez esse trabalho, desde janeiro de 2019, para dar essa condição ao governo. Agora estamos começando a colher os resultados. Ontem entregamos maquinários agrícolas para a agricultura familiar, hoje novas viaturas para a segurança pública”, disse Botelho.

Conforme o presidente do Parlamento, “daqui para frente vai ser um período de entregas, de resultados. Agora vamos colher o resultado desse trabalho de dois anos. Todas as secretarias estão com um grande programa de obras, de execuções”, observou.

Segundo o presidente da Casa de Leis, “se não fosse a Assembleia Legislativa, nada disso estaria acontecendo. Agora serão grandes entregas, muito trabalho para o nosso Estado. A Assembleia tem sido parceira, tem tido a coragem de fazer as mudanças necessárias”.

Leia Também:  Cuiabá e Várzea Grande: Botelho indica melhorias para bairros

Eduardo Botelho argumentou que “o Estado hoje tem credibilidade, e o exemplo está visível. Olha só esse exemplo de hoje, a economia nesta locação de veículos, antes era R$ 6.800 por veículo, agora, R$ 3.600”.

O governo do estado entregou 250 viaturas para a Segurança Pública, sendo cinco caminhonetes para o Sistema Socioeducativo, 109 para a Polícia Militar, 102 para a Polícia Judiciária Civil, 17 para a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), 12 para o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) e cinco para o Corpo de Bombeiros Militar.

DA REDAÇÃO COM INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA