Destaque

Hospital Metropolitano recebe doação de ambulância da Confederação Brasileira de Futebol

Publicado

na

O Estado de Mato Grosso recebeu a doação de uma ambulância da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços prestados durante a pandemia da Covid-19. A doação da chave simbólica foi realizada durante a abertura do jogo entre o Atlético Mineiro e Internacional, que aconteceu no último domingo (06.12) em Belo Horizonte (MG).

Em Mato Grosso, por meio do programa “Craques da Saúde”, a CBF destinou a ambulância ao Hospital Metropolitano – localizado em Várzea Grande –, unidade estadual que obteve o maior índice de pacientes recuperados do coronavírus.

De maio a novembro de 2020, o Hospital Metropolitando atendeu a 1.873 pacientes com a Covid-19, sendo realizadas 1.932 tomografias computadorizadas. Apenas nesta unidade hospitalar, foram registradas 1.334 altas e recuperações da doença.

O médico e diretor técnico do hospital, Nabih Fares, representou o Estado durante a entrega simbólica da ambulância, que foi apresentada por Rodrigo Dourado e Réver.

“Esse reconhecimento é muito importante porque valoriza o trabalho que foi idealizado por cada um dos colaboradores. A valorização nos dá mais força para a continuidade dessa luta. Fica o sentimento de gratidão por sabermos que esse prêmio é o resultado de muitas vidas salvas. Essa ambulância vai auxiliar na remoção e transporte dos pacientes, com conforto e segurança”, disse.

Leia Também:  Prefeitura incentiva a piscicultura no Cinturão Verde e vem consolidando a atividade com o Programa Peixe Santo

Bruno Cantini/CAM

A diretora geral do Hospital Metropolitano, Sônia Amorim, também registrou agradecimento à iniciativa da Confederação Brasileira de Futebol. “A direção do hospital reconhece o trabalho de todos que direta ou indiretamente trabalham de forma ética, com compromisso pela saúde pública. Os profissionais da saúde continuaram quando tudo parou e permaneceram firmes mesmo em meio às incertezas. Por isso o reconhecimento nacional é tão justo e necessário”, declarou a gestora.

De acordo com a CBF, a chave doada para o Hospital Metropolitano representa uma das 27 ambulâncias que estão sendo doadas para unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) de todo o país. Em cada unidade federativa, o hospital com o maior número de pacientes recuperados da Covid-19 receberá a doação.

Fonte: Gov-MT

Destaque

Presidente da Assembleia diz que MT terá dois anos de entregas

Publicado

na

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM), em discurso durante a entrega de 250 novas viaturas pelo governador Mauro Mendes (DEM), para a Segurança Pública, destacou a participação da Assembleia Legislativa para o equilíbrio fiscal do Estado.

“Sem o apoio da Assembleia Legislativa nada disso estaria ocorrendo. A Assembleia fez esse trabalho, desde janeiro de 2019, para dar essa condição ao governo. Agora estamos começando a colher os resultados. Ontem entregamos maquinários agrícolas para a agricultura familiar, hoje novas viaturas para a segurança pública”, disse Botelho.

Conforme o presidente do Parlamento, “daqui para frente vai ser um período de entregas, de resultados. Agora vamos colher o resultado desse trabalho de dois anos. Todas as secretarias estão com um grande programa de obras, de execuções”, observou.

Segundo o presidente da Casa de Leis, “se não fosse a Assembleia Legislativa, nada disso estaria acontecendo. Agora serão grandes entregas, muito trabalho para o nosso Estado. A Assembleia tem sido parceira, tem tido a coragem de fazer as mudanças necessárias”.

Leia Também:  Auxílio emergencial injetou R$ 3 bilhões em MT e secretário defende continuidade para evitar crise financeira

Eduardo Botelho argumentou que “o Estado hoje tem credibilidade, e o exemplo está visível. Olha só esse exemplo de hoje, a economia nesta locação de veículos, antes era R$ 6.800 por veículo, agora, R$ 3.600”.

O governo do estado entregou 250 viaturas para a Segurança Pública, sendo cinco caminhonetes para o Sistema Socioeducativo, 109 para a Polícia Militar, 102 para a Polícia Judiciária Civil, 17 para a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), 12 para o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) e cinco para o Corpo de Bombeiros Militar.

DA REDAÇÃO COM INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA