Destaque

Mulheres lembram misoginia e se irritam com apoio de Gisela a Abílio

Publicado

na

O apoio declarado de Gisela Simona (Pros) a Abílio Júnior (Podemos), nesta quinta-feira (19), caiu como uma bomba no meio político e entre eleitores da ex-Procon/MT.

Pelo histórico da campanha em 1º turno, a ex-candidata já não é unanimidade, entre os seus apoiadores.  

O assunto bombou nas redes sociais, onde eleitores declarados de Gisela consideraram que a sua decisão equivale a uma “traição”.

Algumas postagens apontam que Abílio é considerado “um candidato misóginoevangélico fundamentalista e preconceituoso”.  

A maioria dos descontentes é de mulheres, que acham que “perderam” o voto.

O episódio central da trama é o debate na TV Vila Real (Record), dia 15 de outubro, quando Abílio disse que, “apesar de ser mulher”, Gisela era um exemplo de participação na política.  

Nas redes sociais, a decepção é manifestada principalmente por eleitoras.

Veja post:

Print - Gisela

Reprodução/Facebook

Fonte: Diário de Cuiabá
Leia Também:  Pantanal de MT: com 80% do bioma preservado, turistas buscam belezas da região

Cotidiano

SES promove capacitação para detecção precoce de casos de dengue, chikungunya e zika

Publicado

na

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde, realizará, entre a próxima quarta e sexta-feira (02 e 04.12), das 14h às 16h, capacitação de atualização para os profissionais da saúde pública e privada de Mato Grosso. A proposta do curso é qualificar as equipes para a detecção precoce dos casos de dengue, zika e febre de Chikungunya visando o atendimento oportuno, tratamento adequado e reabilitação dos pacientes.

“Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19”

Foto por: ESP-SES-MT

A atualização, intitulada “Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19”, acontecerá via web e será transmitida pela Escola de Saúde Pública por meio do canal no Youtube neste link.

A programação será transmitida para três turmas distintas, distribuídas por grupos das macrorregiões de saúde. Os municípios das regiões Leste e Norte serão capacitados na quarta-feira (02); na quinta-feira (03) será a vez das regiões Centro Norte e Centro Noroeste receberem a qualificação e na sexta-feira (04) os profissionais das regiões Oeste e Sul  encerram o ciclo de web atualização.

A diretora da Escola de Saúde Pública, Silvia Tomaz, explica que os profissionais de saúde terão a oportunidade de atualizar conhecimento sobre o tema, com o foco voltado para o diagnóstico e o tratamento dessas doenças que são endêmicas no Estado, melhorando ainda mais a assistência prestada à população. 

“A atividade contará com importante contribuição do médico infectologista Dalcy de Oliveira Albuquerque Filho, graduado em medicina pela UFRJ [Universidade Federal do Rio de Janeiro] e servidor aposentado da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, com especialização em Medicina Tropical e MBA em Gestão de Saúde de Controle de Infecção e referência de arboviroses urbanas para o estado de Mato Grosso”, destacou a diretora da Escola.

As apresentações e outros materiais técnicos e legais disponíveis, bem como a emissão de declarações de participação serão disponibilizados aos participantes que se cadastrarem antecipadamente na Plataforma AVA/Moodle da Escola de Saúde Pública neste link.

Serviço

A capacitação sobre “Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19” acontecerá entre quarta e sexta-feira (02 e 04.12), das 14h às 16h, por meio do canal no Youtube da Escola de Saúde Pública. A inscrição da atividade por ser feita neste link.

Fonte: GOV MT

Leia Também:  'Prato feito' brasileiro tem tamanho exagerado e excesso de calorias
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA