Cotidiano

Mulher é sequestrada e bandido gasta R$ 3,8 mil em cartão

Publicado

na

Em menos de 24 horas, duas mulheres foram sequestradas, colocadas em porta-malas de carros por ladrões, que roubaram dinheiro de suas contas em compras com cartão de crédito e saques, além de objetos de valor.

A última vítima é uma psicóloga, moradora de Cuiabá.

Ela passou por momentos de pânico nas mãos de dois bandidos, na tarde de quarta-feira (19).

A psicóloga foi sequestrada, colocada no porta-malas e ainda obrigada a passar as senhas do cartão.

Ela teve um prejuízo de R$ 3,8 mil, além de ter bens pessoais roubados.

BAIRROS NOBRES – No primeiro caso, uma jovem foi sequestrada na terça-feira (17), na porta da casa dela, no bairro Santa Rosa, área nobre da Capital.

Na tarde de quarta-feira (18), 24 horas depois, outra mulher foi abordada no Jardim Cuiabá, outra bairro nobre de Cuiabá, por um homem armado, quando estava saindo de um consultório odontológico.

O ladrão entrou no carro da mulher e exigiu que ela dirigisse para um lugar de pouco movimento, na região do bairro Santa Rosa.

A psicóloga contou que foi obrigada a parar o veículo e passar a senha do cartão, além de entregar seus anéis e o celular.

Depois, ela foi presa no porta-malas, enquanto o homem dirigia pela cidade.

O bandido, que, depois, se encontrou com um comparsa, conseguiu fazer o saque de R$ 2 mil no caixa eletrônico e uma compra de R$ 1,8 mil no débito.

A vítima contou ainda que só foi liberada após falar que o carro possui rastreador.

A mulher e carro foram deixados no Jardim Cuiabá, de onde ela acionou a Polícia.

A Polícia Militar foi acionada, fez rondas, mais os dois bandidos ainda não foram localizados.

O caso já está sendo investigado por policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

Fonte: Diário de Cuiabá
Leia Também:  Sistema Socioeducativo de Cuiabá recebe doações de materiais esportivos

Cotidiano

SES promove capacitação para detecção precoce de casos de dengue, chikungunya e zika

Publicado

na

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde, realizará, entre a próxima quarta e sexta-feira (02 e 04.12), das 14h às 16h, capacitação de atualização para os profissionais da saúde pública e privada de Mato Grosso. A proposta do curso é qualificar as equipes para a detecção precoce dos casos de dengue, zika e febre de Chikungunya visando o atendimento oportuno, tratamento adequado e reabilitação dos pacientes.

“Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19”

Foto por: ESP-SES-MT

A atualização, intitulada “Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19”, acontecerá via web e será transmitida pela Escola de Saúde Pública por meio do canal no Youtube neste link.

A programação será transmitida para três turmas distintas, distribuídas por grupos das macrorregiões de saúde. Os municípios das regiões Leste e Norte serão capacitados na quarta-feira (02); na quinta-feira (03) será a vez das regiões Centro Norte e Centro Noroeste receberem a qualificação e na sexta-feira (04) os profissionais das regiões Oeste e Sul  encerram o ciclo de web atualização.

A diretora da Escola de Saúde Pública, Silvia Tomaz, explica que os profissionais de saúde terão a oportunidade de atualizar conhecimento sobre o tema, com o foco voltado para o diagnóstico e o tratamento dessas doenças que são endêmicas no Estado, melhorando ainda mais a assistência prestada à população. 

“A atividade contará com importante contribuição do médico infectologista Dalcy de Oliveira Albuquerque Filho, graduado em medicina pela UFRJ [Universidade Federal do Rio de Janeiro] e servidor aposentado da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, com especialização em Medicina Tropical e MBA em Gestão de Saúde de Controle de Infecção e referência de arboviroses urbanas para o estado de Mato Grosso”, destacou a diretora da Escola.

As apresentações e outros materiais técnicos e legais disponíveis, bem como a emissão de declarações de participação serão disponibilizados aos participantes que se cadastrarem antecipadamente na Plataforma AVA/Moodle da Escola de Saúde Pública neste link.

Serviço

A capacitação sobre “Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19” acontecerá entre quarta e sexta-feira (02 e 04.12), das 14h às 16h, por meio do canal no Youtube da Escola de Saúde Pública. A inscrição da atividade por ser feita neste link.

Fonte: GOV MT

Leia Também:  Mulher é presa após agredir o marido e tentar matar a filha de quatro anos em Cuiabá
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA