Cotidiano

Em 24 horas, são três mortes e 608 casos de Covid-19 em Mato Grosso

Publicado

na

Nas últimas 24 horas, Mato Grosso registrou três mortes causadas pelo coronavírus.

Nesse mesmo período, foram notificadas 608 novas confirmações de casos da doença no Estado.

Até a tarde desta terça-feira (17), a secretaria de Estado de Saúde notificou 153.455 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (32.710), Rondonópolis (11.356), Várzea Grande (11.053), Sinop (8.071), Sorriso (6.603), Lucas do Rio Verde (6.071), Tangará da Serra (5.942), Primavera do Leste (5.147), Cáceres (3.590) e Nova Mutum (3.221).

No total, até agora, foram registradas 4.056 mortes em decorrência do coronavírus no Estado.

Dos 153.455 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.003 pessoas estão em isolamento domiciliar e 143.998 estão recuperadas.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 136 internações em UTIs públicas e 103 em enfermarias públicas.

A taxa de taxa de ocupação está em 33,75% para UTIs adulto e em 12% para enfermarias adulto.

Um total de 120.888 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) .

Atualmente, restam 344 amostras em análise laboratorial.

Fonte: Diário de Cuiabá
Leia Também:  Delegado Sérgio Sadao Nori é o novo chefe da PF em Mato Grosso

Cotidiano

SES promove capacitação para detecção precoce de casos de dengue, chikungunya e zika

Publicado

na

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde, realizará, entre a próxima quarta e sexta-feira (02 e 04.12), das 14h às 16h, capacitação de atualização para os profissionais da saúde pública e privada de Mato Grosso. A proposta do curso é qualificar as equipes para a detecção precoce dos casos de dengue, zika e febre de Chikungunya visando o atendimento oportuno, tratamento adequado e reabilitação dos pacientes.

“Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19”

Foto por: ESP-SES-MT

A atualização, intitulada “Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19”, acontecerá via web e será transmitida pela Escola de Saúde Pública por meio do canal no Youtube neste link.

A programação será transmitida para três turmas distintas, distribuídas por grupos das macrorregiões de saúde. Os municípios das regiões Leste e Norte serão capacitados na quarta-feira (02); na quinta-feira (03) será a vez das regiões Centro Norte e Centro Noroeste receberem a qualificação e na sexta-feira (04) os profissionais das regiões Oeste e Sul  encerram o ciclo de web atualização.

A diretora da Escola de Saúde Pública, Silvia Tomaz, explica que os profissionais de saúde terão a oportunidade de atualizar conhecimento sobre o tema, com o foco voltado para o diagnóstico e o tratamento dessas doenças que são endêmicas no Estado, melhorando ainda mais a assistência prestada à população. 

“A atividade contará com importante contribuição do médico infectologista Dalcy de Oliveira Albuquerque Filho, graduado em medicina pela UFRJ [Universidade Federal do Rio de Janeiro] e servidor aposentado da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, com especialização em Medicina Tropical e MBA em Gestão de Saúde de Controle de Infecção e referência de arboviroses urbanas para o estado de Mato Grosso”, destacou a diretora da Escola.

As apresentações e outros materiais técnicos e legais disponíveis, bem como a emissão de declarações de participação serão disponibilizados aos participantes que se cadastrarem antecipadamente na Plataforma AVA/Moodle da Escola de Saúde Pública neste link.

Serviço

A capacitação sobre “Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19” acontecerá entre quarta e sexta-feira (02 e 04.12), das 14h às 16h, por meio do canal no Youtube da Escola de Saúde Pública. A inscrição da atividade por ser feita neste link.

Fonte: GOV MT

Leia Também:  Centro de Triagem Covid-19 atinge marca de 40 mil atendimentos
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA