Cotidiano

Chefe do tráfico é executado a tiros por rivais em bairro de Cuiabá

Publicado

na

Por  Téo Gomes |Um dos maiores traficantes de Cuiabá foi executado com vários tiros, no início da tarde desta sexta-feira (23), no bairro Renascer.

Trata-se de Edson Gonçalves de Jesus, o “Disson”, de 45 anos, com várias passagens pela Polícia, pela Justiça e pelos presídios da Capital, nos últimos anos.

Ele era considerado o maior vendedor de drogas no “atacado” para abastecer “bocas de fumo”, não apenas no bairro Pedregal, seu principal reduto, como no vizinho bairro Renascer.

Perseguido por quatro bandidos em um carro de modelo ainda desconhecido, Disson foi acuado no carro dele, um Jeep Renegade, quando seus comparsas rivais começaram a atirar.

Baleado, ele perdeu o controle da direção e bateu contra uma caminhonete que estava estacionada.

Disson, segundo testemunhas, há algum tempo, teria recuado das ligações com facções criminosas na Capital.

As testemunhas também lembraram que o traficante, que costumava intimidar e até mandar matar seus rivais e traidores, também reunia pessoas em festas com muita bebida e comida de graça.

Disson também costumava promover partidas de futebol, principalmente no campinho do Pedregal, com jogadores pagos, muita cerveja e churrasco, após os jogos.

Ele também era acusado de tentar subornar policiais com grande quantias em dinheiro, quando era abordado e/ou preso.

Como ocorreu em 2012, quando ele foi abordado em um posto de combustível, na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, por policiais da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam), da Polícia Militar.

Durante a ação, os militares encontraram com o traficante um revólver calibre 38 com numeração raspada, seis munições e R$ 23 mil em dinheiro.

Disson teria oferecido todo o dinheiro apreendido para não ser levado preso, mas não conseguiu e acabou algemado.

O corpo do traficante foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Civil investiga o assassinato.

 

Leia Também:  Equipes da Força Tática de Cuiabá iniciam operação de prevenção e repressão à violência
Fonte: Diário de Cuiabá

Cotidiano

SES promove capacitação para detecção precoce de casos de dengue, chikungunya e zika

Publicado

na

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde, realizará, entre a próxima quarta e sexta-feira (02 e 04.12), das 14h às 16h, capacitação de atualização para os profissionais da saúde pública e privada de Mato Grosso. A proposta do curso é qualificar as equipes para a detecção precoce dos casos de dengue, zika e febre de Chikungunya visando o atendimento oportuno, tratamento adequado e reabilitação dos pacientes.

“Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19”

Foto por: ESP-SES-MT

A atualização, intitulada “Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19”, acontecerá via web e será transmitida pela Escola de Saúde Pública por meio do canal no Youtube neste link.

A programação será transmitida para três turmas distintas, distribuídas por grupos das macrorregiões de saúde. Os municípios das regiões Leste e Norte serão capacitados na quarta-feira (02); na quinta-feira (03) será a vez das regiões Centro Norte e Centro Noroeste receberem a qualificação e na sexta-feira (04) os profissionais das regiões Oeste e Sul  encerram o ciclo de web atualização.

A diretora da Escola de Saúde Pública, Silvia Tomaz, explica que os profissionais de saúde terão a oportunidade de atualizar conhecimento sobre o tema, com o foco voltado para o diagnóstico e o tratamento dessas doenças que são endêmicas no Estado, melhorando ainda mais a assistência prestada à população. 

“A atividade contará com importante contribuição do médico infectologista Dalcy de Oliveira Albuquerque Filho, graduado em medicina pela UFRJ [Universidade Federal do Rio de Janeiro] e servidor aposentado da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, com especialização em Medicina Tropical e MBA em Gestão de Saúde de Controle de Infecção e referência de arboviroses urbanas para o estado de Mato Grosso”, destacou a diretora da Escola.

As apresentações e outros materiais técnicos e legais disponíveis, bem como a emissão de declarações de participação serão disponibilizados aos participantes que se cadastrarem antecipadamente na Plataforma AVA/Moodle da Escola de Saúde Pública neste link.

Serviço

A capacitação sobre “Manejo Clínico para Arboviroses Urbanas (Dengue, Chikungunya e Zika) em tempos de Covid-19” acontecerá entre quarta e sexta-feira (02 e 04.12), das 14h às 16h, por meio do canal no Youtube da Escola de Saúde Pública. A inscrição da atividade por ser feita neste link.

Fonte: GOV MT

Leia Também:  Cuiabá tem 67,5% de chances de subir para a Série A, diz site
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA