Destaque

Homem invade festa de aniversário e mata ex-namorada e ex-sogra

Publicado

na

Uma jovem de 18 anos foi assassinada pelo ex-namorado durante a própria festa de aniversário na segunda-feira (12/10), em Guaianases, Zona Leste de São Paulo. Nathália Saldanha e a mãe dela, Priscila Saldanha, foram esfaqueadas e mortas.

Testemunhas disseram à polícia que o homem, identificado como Felipe Correa de Oliveira, chegou dizendo que queria conversar com Nathália. Um rapaz que estava na festa, amigo da jovem, contou que estava em outro cômodo da casa, ouviu barulhos e foi ver o que havia acontecido.

Quando chegou na cozinha, viu que Felipe havia esfaqueado Nathália, a mãe e o padrasto da jovem. Assustado, o rapaz correu, mas Felipe o seguiu e também o feriu no ombro. Nathália e a mãe foram socorridas, mas não resistiram aos ferimentos. O padrasto da jovem está internado em estado grave.

Felipe tinha buscado a filha, de 2 anos, que teve com Nathália horas antes, para passar o Dia das Crianças. À noite, retornou sozinho à casa da ex e cometeu os crimes. Ele conseguiu fugir e ainda não foi localizado pela polícia.

Leia Também:  Homem é executado a tiros e jogado no Rio Peixoto

Nas redes sociais, amigos de Nathália lamentam a tragédia e comentam que Felipe já estava perseguindo a jovem há algum tempo. “Você virou uma estrela, as lembranças ficam e não tem como voltar, onde estiver olhe por mim, tudo o que passamos vai ficar marcado. Deus guarde você e sua mãe, dói muito saber que não deu tempo de dar tchau. Que a justiça seja feita”, comentou uma amiga da jovem. “Ele estava na maldade faz tempo e já vinha analisando tudo. Ele destruiu as nossas vidas, tirou a vida da minha melhor amiga”, comentou outra pessoa.

O caso foi registrado como como feminicídio, tentativa de homicídio qualificado e violência doméstica. A polícia procura pelo homem, que está foragido.

Fonte: Correio Braziliense 

Destaque

Governo decide manter aulas não presenciais; professores continuam em teletrabalho

Publicado

na

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação, levando em consideração a situação sanitária da pandemia da Covid-19 e as orientações de saúde, comunica que:

1. As aulas da rede pública estadual de ensino serão concluídas neste ano de 2020 de forma não presencial e irão até o dia 18 de dezembro. Ou seja, não haverá retorno de estudantes para aulas presenciais nas escolas neste ano;

2. Os professores da rede estadual continuarão a desempenhar as funções em teletrabalho. A portaria que irá regrar essa norma será publicada no início da próxima semana;

3. O atendimento realizado pela equipe gestora nas escolas e no órgão central (SEDUC) continuam de forma presencial, conforme estabelece o Decreto Estadual nº 662, de 6 de outubro de 2020;

4. A Secretaria de Educação esclarece que é obrigatória a participação dos alunos nas aulas, que continuam sendo ministradas na forma não presencial, seja com a distribuição de material didático impresso, ou por meio de plataforma online.

Leia Também:  Polícia Civil cria espaço para atendimento a vítimas de violência
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA