Destaque

Biblioteca de escola de Alta Floresta disponibiliza 2 mil títulos de livros digitais

Publicado

na

A biblioteca da Escola Estadual Vitória Furlani da Riva, localizada em Alta Floresta (a 803 quilômetros ao norte da Capital), está sempre inovando. Além de contar com mais de 6 mil volumes impressos, a biblioteca criou a modalidade online, ao disponibilizar cerca de 2 mil títulos digitais, que podem ser baixados no celular ou computador para ser lido onde o estudante quiser.

A Biblioteca Online já está disponível para os cerca de 560 alunos matriculados desde o 9º ano do ensino fundamental e ensino médio. Em breve estará acessível para toda a comunidade escolar.

Segundo o responsável pela biblioteca, Lindomar Rosa de Oliveira, ao optar por um livro, o aluno entra em contato com o professor que, por sua vez, solicita a publicação eletrônica.

“Fazemos busca na listagem. Se o livro estiver em PDF, será transmitido eletronicamente para o professor, que vai repassar para o aluno. É tudo gratuito e não precisa de devolução por se tratar de um livro eletrônico”, adianta Lindomar.

Para ter acesso ao acervo – tanto eletrônico, como impresso –, o aluno deve ter acesso ao WhatsApp e o número está disponível na página do facebook da biblioteca. Entre os títulos disponíveis, estão os clássicos A Moreninha, Capitães de Areia, Dom Casmurro, Iracema, O Cortiço, O Crime do Padre Amaro, Vidas Secas, entre outros.

Leia Também:  Cuiabá deve registrar 12ºc até quarta

A biblioteca atende de forma presencial somente para a retirada dos livros
Créditos: Divulgação

Caso o aluno também queira o livro impresso, poderá solicitar no momento da retirada da apostila. Nesse caso, o aluno deverá fazer a devolução.

“A tendência é ampliar o número de livros digitais. Os novos títulos serão adicionados e, no momento da consulta pelo aluno ou funcionário da escola, vamos estar informando se o livro já está disponível ou não”, ressalta Lindomar.

O diretor da escola, Jean Carlos Rezendes Santos, destaca que a equipe gestora aprovou a sugestão do responsável pela biblioteca. No entendimento do gestor, a ideia será estendida a todos os professores.

“Claro que o plano inicial é atender a todos os alunos. Vamos estudar uma forma para que todos tenham acesso aos livros digitais. E temos a opção dos livros impressos também. Não é por falta de livros que nossos alunos não farão leitura. A equipe gestora estuda também estratégias para os professores incluírem o uso da biblioteca online em seus planos de aula”, salienta.

Leia Também:  Saiba a importância de estar em dia com a vacinação e onde encontrar um posto de imunização em Cuiabá

O responsável pela biblioteca, Lindomar Rosa, pretende ampliar o número de livros digitais
Créditos: Divulgação

Destaque

Governo decide manter aulas não presenciais; professores continuam em teletrabalho

Publicado

na

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação, levando em consideração a situação sanitária da pandemia da Covid-19 e as orientações de saúde, comunica que:

1. As aulas da rede pública estadual de ensino serão concluídas neste ano de 2020 de forma não presencial e irão até o dia 18 de dezembro. Ou seja, não haverá retorno de estudantes para aulas presenciais nas escolas neste ano;

2. Os professores da rede estadual continuarão a desempenhar as funções em teletrabalho. A portaria que irá regrar essa norma será publicada no início da próxima semana;

3. O atendimento realizado pela equipe gestora nas escolas e no órgão central (SEDUC) continuam de forma presencial, conforme estabelece o Decreto Estadual nº 662, de 6 de outubro de 2020;

4. A Secretaria de Educação esclarece que é obrigatória a participação dos alunos nas aulas, que continuam sendo ministradas na forma não presencial, seja com a distribuição de material didático impresso, ou por meio de plataforma online.

Leia Também:  Bolsonaro costura acordo para que o Tributo Sobre Transações Digitais chegue ao Congresso
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA