Cotidiano

Líder de facção é morto em confronto com Forças de Segurança

Publicado

na

Por Téo Gomes |Considerado um dos líderes da organização criminosa Comando Vermelho (CV), Francisco Rodrigo Assunção, o “Piauí”, de 29 anos, foi morto em confronto com a Polícia.

Ele resolveu enfrentar as Forças de Segurança a bala e perdeu a liderança da facção para sempre.

O sócio dele e considerado a segunda pessoa na hierarquia do CV, Thiago Henrique Alves, o “Thiaguinho”, de 30 anos, foi mais “humilde” e resolver se entregando, saindo de dentro da casa com mãos na cabeça.

A casa de alto padrão em que os dois moravam e usavam como “boca”, localizada no bairro Parque das Américas, no centro da cidade de Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte de Cuiabá), foi cercada por policiais civis e militares, na tarde de quinta-feira (8)

Os dois, acusados de muitos crimes — entre eles, roubos, tentativas de assassinatos e, principalmente, tráfico de drogas -, também eram apontados como mandante de uma série de crime de homicídios, confirmados como execuções.

Entre as vítimas de, pelo menos, nove assassinatos nos últimos tempos, está um policial penal, executado em 2019 com muito tiros.

Nas investigações, a Polícia Civil de Lucas do rio Verde resolveu representar pela prisão preventiva de “Piauí” e “Thiaguinho”, decretada pela Justiça.

Com apoio da Polícia Militar, policiais civis realizaram uma operação para prender os dois acusados e, por volta das 9 horas de quinta-feira (8), conforme o DIÁRIO publicou na edição de ontem, a Força de Segurança cercou a casa.

Os dois correram para os fundos e tentaram escalar o muro, mas não conseguiram. “Thiaguinho” resolveu se entregar, saindo da casa com as mãos na cabeça.

“Piauí” agiu diferente. Voltou para dentro da casa e trancou as portas. E de lá resolveu enfrentar, trocando tiros.

Só que o traficante – acusado de mandar matar muita gente, principalmente quem comprava droga e não pagava, passando por rivais do crime organizado e até um policial penal – não teve sorte.

Depois de mais de uma hora negociação para que “Piauí” se entregasse, ele foi baleado no confronto, socorrido, mas acabou perdendo de vez a chefia do Comando Vermelho na região, ao morrer minutos depois no hospital.

Dentro da casa usada como “boca”, os policiais apreenderam armas, munições, drogas, R$ 14.305 em dinheiro e agendas com anotações de nomes, endereços e telefones de “clientes” do tráfico.

“Thiaguinho” foi transferido para Delegacia de Polícia Civil, onde, além do cumprimento do mandado de prisão, também foi autuado em flagrantes em crimes de tráfico de drogas, portes ilegais de armas e munições, resistência à prisão e a associação para o crime de tráfico.

Fonte: Diário de Cuiabá

Leia Também:  Polícia cumpre mandado na casa de mulher de líder do CV

Cotidiano

Homem tem surto, sai correndo nu pela rua e cai morto

Publicado

na

Um usuário de drogas teve um surto psicótico. Saiu correndo nu pela rua e caiu morto, por volta das 5h desta sexta-feira (23).

A suspeita é de overdose, seguida de uma parada cardíaca.

O homem, identificado como Luan Anastácio de Andrade, 25 anos, morreu no bairro Capão do Pequi, em Várzea Grande.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou a morte do rapaz, que não apresentava lesões, pelo menos aparentes, mas estava sujo de fezes, que também foram encontradas ao lado do corpo.

Amigos e vizinhos do bairro confirmaram à Polícia Militar que a vítima era usuária de droga.

Policiais da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) fizeram a liberação do corpo para o Instituto Médico Legal (IML).

Agentes da Perícia Oficial do Estado (Politec) fizeram a perícia preliminar e também não constaram sinais de violência no corpo.

Policiais da DHPP informaram que vão aguardar os laudos do IML e da Politec para oficializar as causas da morte do rapaz.

Fonte: Diário de Cuiabá

Leia Também:  Motociclistas recebem orientações sobre segurança na Semana Nacional do Trânsito
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA