Destaque

Servidores podem simular a aposentadoria pela internet

Publicado

na

Servidores do Executivo estadual podem fazer uma simulação pela internet para saber quando terá direito a aposentadoria. A nova ferramenta mostra também quais pré-requisitos já foram cumpridos, se você já possui direito a aposentadoria, ou a partir de qual ano terá os requisitos para a inatividade.

O objetivo é permitir que essa simulação seja feita de forma facilitada, sem precisar consultar o setor de Gestão de Pessoas do órgão, e de acordo com a reforma da previdência estadual que alterou regras de concessão como tempo de contribuição e idade.

Após acessar o sistema, é necessário inserir os seus dados pessoais como o Cadastro de Pessoa Física (CPF), matrícula, e data de nascimento, e realizar a simulação. A ferramenta irá levar em consideração o seu histórico de contribuições, e a legislação vigente.

O sistema gera todas as opções de simulação possíveis, de acordo com as regras de transição em que o servidor se encaixa. 

“O simulador já está parametrizado para atender as regras atuais da previdência. Com a recente reforma estadual, não tem como o servidor utilizar outro simulador que não seja o do Estado”, esclarece o presidente do MT Prev, Elliton Souza.

Com a nova ferramenta, a informação sobre a aposentadoria será precisa, e com rapidez. Antes, o servidor procurava o MT Prev pessoalmente ou por telefone para tirar dúvidas, ou então a setorial de Gestão de Pessoas, para saber quando teria direito a se aposentar. 

O sistema também simula o abono de permanência, benefício que o servidor tem direito quando já possui os requisitos para a aposentadoria.

Para acessar o simulador  CLIQUE AQUI.

Fonte: GOV MT

Leia Também:  Vacinação termina hoje; postos abrem amanhã onde meta não foi atingida

Destaque

Governo decide manter aulas não presenciais; professores continuam em teletrabalho

Publicado

na

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação, levando em consideração a situação sanitária da pandemia da Covid-19 e as orientações de saúde, comunica que:

1. As aulas da rede pública estadual de ensino serão concluídas neste ano de 2020 de forma não presencial e irão até o dia 18 de dezembro. Ou seja, não haverá retorno de estudantes para aulas presenciais nas escolas neste ano;

2. Os professores da rede estadual continuarão a desempenhar as funções em teletrabalho. A portaria que irá regrar essa norma será publicada no início da próxima semana;

3. O atendimento realizado pela equipe gestora nas escolas e no órgão central (SEDUC) continuam de forma presencial, conforme estabelece o Decreto Estadual nº 662, de 6 de outubro de 2020;

4. A Secretaria de Educação esclarece que é obrigatória a participação dos alunos nas aulas, que continuam sendo ministradas na forma não presencial, seja com a distribuição de material didático impresso, ou por meio de plataforma online.

Leia Também:  Líder de facção é morto em confronto com Forças de Segurança
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA