Destaque

Governador repassa R$ 1,2 milhão para concluir obra do Hospital Lions da Visão

Publicado

na

O governador Mauro Mendes assinou, na manhã desta quinta-feira (08.10), o contrato para a conclusão das obras do novo Hospital Lions da Visão em Cuiabá.

A assinatura ocorreu na sede do hospital, junto do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, e do presidente do Instituto Lions, Whady Lacerda. Também estiveram presentes o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho; os deputados estaduais Paulo Araújo e Dr. Eugênio; e o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, assim como os membros do Lions.

O Estado está repassando R$ 1,2 milhão para o instituto concluir as obras da unidade, que é o maior hospital filantrópico oftalmológico da América Latina. As obras devem ser concluídas em 2021.

“Essa obra foi iniciada há 10 anos atrás e, lamentavelmente, deixou de ser concluída. O pedido foi apresentado no ano passado e, nesse ano, após fazermos a recuperação fiscal do estado, estamos conseguindo executar o repasse de recurso, dentro do programa de melhorar a Saúde Pública em todo o estado. Essa instituição vai atender milhares e milhares de pessoas, cobrando pelo SUS, ou seja, vai ser um atendimento gratuito e vai minimizar de forma muito eficiente a dor e sofrimento de tantas pessoas”, afirmou o governador.

Leia Também:  Cuiabá monta operação de trânsito para domingo

O governador ainda ressaltou que está articulando com a Assembleia Legislativa para levantar mais recursos para estruturar o hospital, que atende gratuitamente a população carente com serviços de consultas oftalmológicas, exames e até mesmo cirurgias.

“Estamos dando mais esse passo na área da Saúde. E para caprichar ainda mais nessa estrutura, no acabamento, na finalização, para que tenhamos aqui o maior e melhor hospital dessa área. Pode contar conosco, com o deputado Paulo Araújo, Dr. Eugênio, Eduardo Botelho. Vamos organizar esse aporte. Não é porque é público que deve ter uma qualidade inferior”, adiantou.

Conforme o presidente do Lions, a retomada das obras foi prometida nas duas últimas gestões, mas nunca havia saído do papel.

“Entrava governo e saía governo, e não davam jeito. Tivemos também um apoio muito grande da Assembleia Legislativa. Falamos com o governador Mauro Mendes, ele falou que era possível e cumpriu a palavra. Falou que ia arrumar e arrumou”, declarou Whady Lacerda.

Para o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, esta retomada das obras é “um marco para a Saúde do Estado de Mato Grosso”.

Leia Também:  Governador inaugura recuperação de rodovia no Nortão de MT

“Esse repasse vai possibilitar a ampliação dos serviços e com uma infraestrutura apropriada. É importante para que possamos aumentar os atendimentos, especialmente os ligados à área de oftalmologia”, afirmou.

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, também ressaltou a atuação da Assembleia ao incluir as instituições filantrópicas no âmbito do Fundo Estadual de Saúde.

“Quando chegou o projeto do Fundo Estadual de Saúde na Assembleia, fizemos modificações para incluir os hospitais filantrópicos e uma emenda especial minha incluiu o Instituto Lions da Visão. E o governador Mauro Mendes está de parabéns por estar retomando as obras paradas. Geralmente um governo quando entra quer fazer suas próprias obras, mas o Mauro está retomando e concluindo obras feitas e inacabadas nas gestões anteriores”, salientou.

Atendimento ampliado

Com a obra concluída, o novo Hospital Lions da Visão poderá ofertar até 120 novos procedimentos à população, como transplante de córneas, procedimentos de retina, cirurgia pediátrica, tomografias, ultrassonografias, entre outros.

A nova estrutura terá capacidade de fazer até 700 atendimentos e 200 cirurgias por dia.

Destaque

Governo decide manter aulas não presenciais; professores continuam em teletrabalho

Publicado

na

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação, levando em consideração a situação sanitária da pandemia da Covid-19 e as orientações de saúde, comunica que:

1. As aulas da rede pública estadual de ensino serão concluídas neste ano de 2020 de forma não presencial e irão até o dia 18 de dezembro. Ou seja, não haverá retorno de estudantes para aulas presenciais nas escolas neste ano;

2. Os professores da rede estadual continuarão a desempenhar as funções em teletrabalho. A portaria que irá regrar essa norma será publicada no início da próxima semana;

3. O atendimento realizado pela equipe gestora nas escolas e no órgão central (SEDUC) continuam de forma presencial, conforme estabelece o Decreto Estadual nº 662, de 6 de outubro de 2020;

4. A Secretaria de Educação esclarece que é obrigatória a participação dos alunos nas aulas, que continuam sendo ministradas na forma não presencial, seja com a distribuição de material didático impresso, ou por meio de plataforma online.

Leia Também:  Governador inaugura recuperação de rodovia no Nortão de MT
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA