Política

Em VG, Procurador Mauro lidera nas intenções de voto; veja também índice de rejeição

Publicado

na

Nova rodada de pesquisa de intenção de voto para prefeito, realizada em Várzea Grande pelo instituto Olhar Dados e publicada com exclusividade por Olhar Direto, mostra que o candidato do PSOL, Procurador Mauro, lidera também as intenções de voto para o Senado. Já no quesito rejeição, quem tem a maior desaprovação dos entrevistados da ‘Cidade Industrial’ é o ex-governador Pedro Taques (SD).
 
No cenário estimulado, modalidade em que o nome dos candidatos é apresentado ao entrevistado, Procurador Mauro aparece na liderança, com 15,6% das intenções de votos. Logo em seguida, vem: Pedro Taques (9,7%); Nilson Leitão (5,1%); Elizeu Nascimento (2,8%); Carlos Fávaro (2,8%); Cel Fernanda (1%); José Medeiros (1%); Euclides Ribeiro (0,8%) e Valdir Barranco (0,5%).
 
Porém, a indefinição ainda reina na cabeça da maioria dos entrevistados, segundo mostra a pesquisa. Isso porque, do total, 57,2% não souberam ou preferiram não responder quando questionados. Outros 3,3% votariam em branco, nulo ou nenhum.

Já no cenário espontâneo, onde o nome dos candidatos não é apresentado, Pedro Taques é quem lidera, com 3,6% das intenções de votos. Depois, aparecem: Procurador Mauro (2,1%); Nilson Leitão (1,8%); Elizeu Nascimento (1%); Carlos Fávaro (1%); Jaime Campos (0,8%); Euclides Ribeiro (0,3%) e Julio Campos (0,3%).
 
Nesta modalidade, a indefinição quanto a um candidato é ainda maior, com 89% dos entrevistados que não souberam ou preferiram não responder. Além disto, 0,3% disseram que votariam em branco, nulo ou nenhum.

No quesito rejeição, quem tem a maior desaprovação dos entrevistados é o ex-governador Pedro Taques, com 8,2%. Na sequência, aparecem os nomes de: Nilson Leitão (7,4%); Carlos Fávaro (3,6%); José Medeiros (2,6%); Procurador Mauro (2,3%); Euclides Ribeiro (0,8%); Elizeu Nascimento (0,8%); Cel Fernanda (0,5%); Valdir Barranco (0,3%); Reinaldo Moraes (0,3%) e Feliciano Azuaga (0,3%).
 
Deste total de entrevistados, 71,8% não souberam ou preferiram não responder ao questionamento. Além disto, outros 1,3% optaram pela opção nenhum, branco ou nulo.

A pesquisa
 
O levantamento Olhar Dados é produzido e publicado com exclusividade pelo portal Olhar Direto. Neste segundo levantamento em VG, o instituto realizou 309 entrevistas entre os dias 26 e 28 de setembro para captar a percepção geral da população a respeito do cenário eleitoral de 2020. A pesquisa é quantitativa com técnica survey de opinião.
 
O levantamento está registrado junto à Justiça Eleitoral sob a inscrição MT-07722/2020. A margem de erro é 5,0 pontos percentuais para mais ou para menos. Os resultados das tabelas foram arredondados pelo programa para totalizarem 100%.

Fonte: Olhar Direto
Leia Também:  Taxa de rejeição do Pix está em 6,5%, diz Campos Neto

Política

Deputado destaca emendas da Comissão de Segurança aprovadas

Publicado

na

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) comemorou a aprovação de duas emendas ao Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de nº 913/2020, votado em Redação Final na sessão plenária ordinária na manhã de quinta-feira (7). Trata-se das emendas de nº 256 e 307, ambas apresentadas em nome da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da qual Claudinei é o presidente.

“Com a aprovação dessas emendas, estamos garantindo mais recursos para investirmos na área de Segurança Pública. Com a emenda 307, estamos destinando R$ 6 milhões para a realização de concursos públicos das Forças de Segurança e, com a emenda 256, outros R$ 3 milhões serão alocados para melhoria das unidades da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) nos municípios de Mato Grosso”, comemora o Delegado Claudinei.

O PLOA foi aprovado em segunda votação pelos deputados estaduais na terça-feira (05/01). Nesse mesmo dia, um pouco antes da votação, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) deu parecer favorável à emenda 307 apresentada neste ano em substituição à emenda de n.º 43, que foi rejeitada ano passado pela CCJR e previa o lançamento de concursos públicos a fim de garantir a recomposição do quadro funcional da Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e Politec, no valor de R$ 6 milhões. “Articulamos essa nova proposta em relação ao remanejamento de recursos e, dessa forma, garantimos recursos financeiros no Orçamento para a realização de concursos públicos na área”, destaca o parlamentar.

Leia Também:  MTST eo Frente Povo sem Medo ocupam triplex de Lula

Em 2020, os integrantes da Comissão de Segurança Pública visitaram os 13 polos da Região Integrada de Segurança Pública (Risp) de Mato Grosso e identificaram a carência de servidores para atender as forças de segurança. “Neste diagnóstico que fizemos in loco, foi onde pudemos ter a certeza desta necessidade, entre outras, como a nomeação de aprovados nos concursos dos Sistemas Penitenciários e Socioeducativo e reforma e construção de novas unidades da Politec em todo Mato Grosso”, justifica o deputado Claudinei, que preside a Comissão de Segurança Pública.

EMENDAS

Além dessas, outras duas emendas foram propostas pela Comissão de Segurança Pública, tiveram parecer favorável da CCJR, mas não foram aprovadas em Plenário pelos deputados. Trata-se das emendas de n.º 41 e 42, nos valores respectivos de R$ 19 milhões para concurso público do Sistema Penitenciário e R$ 7,5 milhões para concurso público do Sistema Socioeducativo.

PLOA

Para 2021, o governo estadual projetou um orçamento no valor de R$ 22,114 bilhões. O PLOA contou com 314 emendas e, com a votação da Redação Final, será encaminhada para ser sancionada pelo Poder Executivo.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA