Destaque

Seis são encaminhados à delegacia por tráfico de droga em Cuiabá e Chapada dos Guimarães

Publicado

na

Policiais militares prenderam nesta terça-feira (22.09) cinco pessoas por tráfico de troca, entre eles uma mulher. Um adolescente foi apreendido e alegou ser usuário. Em Cuiabá, foram três ocorrências.

No bairro São José, uma denúncia descrevia as características físicas de um homem que estaria vendendo droga próximo de uma igreja. Em diligência, a equipe do 9º BPM localizou e abordou o denunciado, que era monitorado por tornozeleira eletrônica que estava desligada. Ele carregava porções de maconha e cocaína

No bairro Nova Esperança, a equipe da Força Tática prendeu dois homens depois que um morador denunciou que a casa de um dos suspeitos seria boca de fumo. Quando a equipe chegou, a dupla tentou fugir, mas foi contida. Foram tiradas de circulação 24 porções de maconha e dois tabletes de maconha.

No bairro Bandeirantes, os policiais da Companhia Raio realizavam ronda pela região do Morro da Luz quando viram um grupo de pessoas. Foi iniciado o procedimento de abordagem e encontradas com uma mulher porções de pasta base de cocaína e dinheiro.

Em Chapada dos Guimarães, um homem foi preso e um adolescente apreendido. Com a dupla foi apreendido 41 porções de pasta base de cocaína e 11 porções de maconha encontrada na casa do homem monitorado por tornozeleira eletrônica.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM-MT

Leia Também:  Cuiabá vence Oeste e lidera a Série B

Destaque

Sexta-feira (30): Mato Grosso registra 143.325 casos e 3.846 óbitos por Covid-19

Publicado

na

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (30.10), 143.325 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.846 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 278 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 143.325 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.269 estão em isolamento domiciliar e 133.721 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 148 internações em UTIs públicas e 135 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 36,72% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (29.223), Rondonópolis (10.599), Várzea Grande (10.043), Sinop (7.104), Sorriso (6.332), Lucas do Rio Verde (5.893), Tangará da Serra (5.694), Primavera do Leste (4.939), Cáceres (3.473) e Campo Novo do Parecis (2.887).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Câmara Municipal participa da inauguração de Delegacia 24 h

O documento ainda aponta que um total de 115.464 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 482 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última quinta-feira (29), o Governo Federal confirmou o total de 5.494.376 casos da Covid-19 no Brasil e 158.969 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 5.468.270 casos da Covid-19 no Brasil e 158.456 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sexta-feira (30).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Alcoolizado, motorista é pego com droga e munições em Nova Xavantina

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA