Destaque

Massa diz que Schumacher planejou prejudicar Alonso no GP de Monaco em 2006

Publicado

na

 Ex-companheiro de Michael Schumacher na Ferarri, o brasileiro Felipe Massa relembrou um dos episódios mais polêmicos envolvendo o alemão nas pistas da Fórmula 1.

Em um documentário produzido pela Sky Sports, o brasileiro confirmou que Schumacher prejudicou propositalmente o piloto Fernando Alonso, que na época era da Renault, no treino classificatório do GP de Monaco, em 2006.

Na ocasião, Schumacher inesperadamente parou o carro em uma das curvas da pista já no fim do treino, causando uma bandeira amarela e impossibilitando Alonso de melhorar o seu tempo para garantir a pole position.

“Nós tivemos uma reunião em equipe e falamos sobre a classificação. Tínhamos dois jogos de pneus para a classificação”, iniciou Massa.

“Aí o Michael [Schumacher] disse preocupado: ‘Se a gente for mais rápido logo de cara e tiver de esperar pelo segundo jogo’. Então o Ross Brawn disse em tom de brincadeira: ‘Talvez a gente possa criar uma bandeira amarela’. E eu disse: ‘Estamos falando na brincadeira, certo?”, prosseguiu o brasileiro ao documentário da Sky.

“E aconteceu exatamente daquela forma. O Michael aproveitou e fez a coisa acontecer. Eu me lembro de dizer que não acreditava que ele tinha feito aquilo.”

Apesar da ação, Schumacher não saiu ileso da atitude. Isso porque ele foi punido pelos comissários e perdeu a pole position, largando na última posição. Alonso, por outro lado, largou em 1° e venceu a corrida.

Fonte: FolhaPress – São Paulo

Leia Também:  VIÚVA NEGRA MT: Mulher manda amante matar o marido e 1 ano depois encomenda a morte do próprio amante
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Governo decide manter aulas não presenciais; professores continuam em teletrabalho

Publicado

na

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação, levando em consideração a situação sanitária da pandemia da Covid-19 e as orientações de saúde, comunica que:

1. As aulas da rede pública estadual de ensino serão concluídas neste ano de 2020 de forma não presencial e irão até o dia 18 de dezembro. Ou seja, não haverá retorno de estudantes para aulas presenciais nas escolas neste ano;

2. Os professores da rede estadual continuarão a desempenhar as funções em teletrabalho. A portaria que irá regrar essa norma será publicada no início da próxima semana;

3. O atendimento realizado pela equipe gestora nas escolas e no órgão central (SEDUC) continuam de forma presencial, conforme estabelece o Decreto Estadual nº 662, de 6 de outubro de 2020;

4. A Secretaria de Educação esclarece que é obrigatória a participação dos alunos nas aulas, que continuam sendo ministradas na forma não presencial, seja com a distribuição de material didático impresso, ou por meio de plataforma online.

Leia Também:  Em vídeo, PMs evitam suicídio de mulher no Portão do Inferno
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA