Economia

Mil consumidores são sorteados no Nota MT; confira o resultado

Publicado

na

O Nota MT sorteou nesta segunda-feira (14.09) mais 1.005 prêmios para os consumidores cadastrados no programa estadual e que pediram a inclusão do CPF nos documentos fiscais emitidos durante o mês de agosto. Cinco pessoas vão receber os prêmios de R$ 10 mil e outras 995 as premiações de R$ 500. Confira a lista com o resultado no final da matéria.

Foram contemplados com R$ 10 mil: Acleir Souza Costa Maciel, de Cuiabá; Juvenario Pereira Dos Santos, de Várzea Grande; Mallu Gabriele Dos Santos e Pauliceia Lima Cutrim; de Rondonópolis e Raymilson Santana; de Campo Novo do Parecis. Dos demais 995 sorteados com prêmios de R$ 500, cinco vão receber o valor de R$ 1.000, pois tiveram dois bilhetes eletrônicos premiados no concurso.     

“O Nota MT é um programa que veio para ficar. As pessoas estão, de fato solicitando a nota fiscal e o CPF na nota, para chegar a esse momento aqui podendo ser premiados e levar para casa os prêmios de R$ 10 mil e R$ 500”, disse o secretário de Fazenda, Rogério Gallo.

Ao conduzir o sorteio, o secretário ressaltou, ainda, que até o mês de dezembro deste ano serão realizados mais sete concursos do Nota MT, entre eles os especiais com prêmios de R$ 50 mil. “Nós faremos mais sete sorteios porque tivemos no período da pandemia a suspensão da Loteria Federal que é a base que nós temos para gerar os bilhetes que são sorteados. Portanto, cabe somente ao consumidor se cadastrar, pedir o CPF na nota e participar dos sorteios”.

Com mais de um ano de lançamento, o Nota MT já premiou 11.458 consumidores – incluindo os que foram sorteados nesta segunda-feira (14.09) – e 159 entidades sociais. Ao todo, já foram repassados mais de R$ 6 milhões, sendo R$ 5.042.500,00 aos premiados e R$1.016.500,00 para as instituições.

“O Nota MT agradece a todos que estão participando e pede para aqueles que ainda não se cadastraram, que se cadastrem – é muito fácil e simples – e passem a pedir nota fiscal com CPF em todas as suas compras. E aí, assim como todas as pessoas que ganharam hoje, você pode ser um deles também nos próximos sorteios”, destaca o secretário de Fazenda, Rogério Gallo.

No sorteio realizado nesta segunda-feira (14.09) estavam concorrendo aos prêmios 1.597.439 bilhetes gerados a partir dos documentos fiscais emitidos entre os dias 1º e 31 do mês de agosto. Do total de bilhetes, 1.594.110 corresponde a notas fiscais e 3.329 ao bilhete de passagem eletrônico (BP-e). Esse é o primeiro concurso com bilhetes gerados a partir das compras de passagens rodoviárias, por meio do BP-e.

Próximo sorteio

Na próxima segunda-feira (21) será realizado outro sorteio do Nota MT – o o ‘Especial Primavera’ com cinco prêmios de R$ 50 mil. Nele estarão concorrendo 4.394.374 bilhetes gerados a partir dos documentos fiscais emitidos entre os dias 01 de junho a 31 de agosto.

Até o final do ano, conforme estabelecido pela Sefaz, o Programa Nota MT fará dois sorteios por mês.

Confira as próximas datas:

Setembro

21.09 – Sorteio especial da Primavera

Outubro

08.10 – Sorteio mensal de setembro

15.10 – Sorteio mensal de abril

Novembro

12.11 – Sorteio mensal de outubro

19.11 – Sorteio mensal de maio

Dezembro

10.12 – Sorteio mensal de novembro

17.12 – Sorteio especial de Natal

Fonte: GOV MT

Leia Também:  Consumidores podem utilizar internet para ofertar veículos usados na troca por outro modelo nas concessionárias
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Balança do agronegócio tem superávit recorde de US$ 61,5 bi até agosto, diz CNA

Publicado

na

A balança comercial brasileira do agronegócio registrou superávit recorde de US$ 61,5 bilhões de janeiro a agosto de 2020. As exportações somaram, em receita, US$ 69,6 bilhões no acumulado dos oito primeiros meses deste ano, alta de 8,3% em relação ao mesmo período de 2019, e 152,4 milhões de toneladas em volume (aumento de 15,8%). Já as importações no período (US$ 8,1 bilhões) tiveram queda de 11,9% ante igual período de 2019.

Os dados foram divulgados pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com base nas informações do Ministério da Economia.

Os produtos mais exportados foram: soja em grãos (US$ 25,7 bilhões); carne bovina in natura (US$ 4,8 bilhões); o açúcar de cana em bruto (US$ 4,2 bilhões); a celulose (US$ 4 bilhões) e farelo de soja (US$ 3,9 bilhões). Esses cinco produtos representaram 61,3% dos embarques totais no período.

Em contrapartida, foram destaque na importação no período: trigo (US$ 986,2 milhões); papel (US$ 442,5 milhões), álcool etílico (US$ 354,7 milhões) e malte (US$ 303,1 milhões).

A China foi o principal destino dos produtos brasileiros de janeiro a agosto, com receita de US$ 26,4 bilhões e uma parcela de 38% das exportações. O segundo mercado foi a União Europeia, que respondeu por 16% dos embarques do agro, que somaram US$ 11,3 bilhões. As vendas para os Estados Unidos foram de US$ 4,2 bilhões, fatia de 6,1% do total. Japão e Hong Kong completam a lista dos principais consumidores no acumulado de 2020.

Agosto

No desempenho mensal, as exportações em agosto totalizaram US$ 8,9 bilhões, fechando o mês com saldo positivo de US$ 8 bilhões, aumento de 7,8% em relação a agosto de 2019. Em volume, o total embarcado foi de 22,2 milhões de toneladas, variação de 15,4% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Os principais produtos exportados no mês foram a soja em grãos (US$ 2,2 bilhões), o milho (US$ 1 bilhão) o açúcar de cana em bruto (US$ 824,3 milhões), a carne bovina in natura (US$ 654,2 milhões) e o farelo de soja (US$ 497 milhões), que tiveram participação de 58,7% do total das vendas externas no mês. China, União Europeia, Estados Unidos, Coreia do Sul e Tailândia foram os principais destinos dos produtos do agro brasileiro.

A CNA também analisou o comércio de alguns produtos que fazem parte do escopo do projeto Agro.BR, desenvolvido em parceria com a Apex Brasil para estimular a inserção de pequenos e médios produtores rurais no mercado internacional. Destaque para chá, mate e especiarias, frutas, lácteos, pescados e produtos apícolas.

Fonte: Estadão Conteúdo – São Paulo
Leia Também:  Viviane Araújo passa por processo físico e mostra resultado
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA