Mais de 500 mil universitárias são patrocinadas por seus parceiros de site de relacionamento durante a pandemia

Presentes, viagens, suporte financeiro e emocional são as premissas básicas do relacionamento sugar.  Em tempos de pandemia, um outro aspecto vem sendo muito valorizado pelas babies que integram a plataforma MeuPatrocínio: o apoio para a continuidade dos estudos. Muitas estudantes que se enquadram na categoria de jovens, atraentes, determinadas e ambiciosas sentiram os reflexos da retração da economia. De uma hora para outra, perderam os empregos e a sua fonte de renda. Um dos maiores medos é ter que interromper os estudos, já que maioria está em plena fase de investimento na formação profissional.

Com uma média de 23 anos de idade, as sugar babies totalizam mais de dois milhões dos usuários do site MeuPatrocínioCerca de 76% são estudantes universitárias dos cursos de direito, administração, enfermagem, pedagogia e medicina. Os 300 mil daddies cadastrados sempre ajudaram a custear a formação das suas parceiras, principalmente quando a questão faz parte do acordo alinhado entre eles. Em 2019, 23% das babies tinha a sua faculdade bancada por seus daddiesEm 2020, o percentual ultrapassou para a faixa dos 40%. Como resultado da forte onda de desemprego e da desaceleração da economia, as jovens perderam as condições de continuar arcando com mensalidades altas dos seus cursos de formação e especialização. É uma condição que, segundo o levantamento realizado pela plataforma, pode ser observada em todo o território nacional, mas está concentrada principalmente nos grandes centros urbanos dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.

Camila F., universitária gaúcha de 26 anos, está no último ano de direito. Como tantas outras babies, viu-se sem emprego no meio da pandemia e, na falta de outra alternativa, pediu socorro para o seu daddy. “Estamos juntos há seis meses, sem um compromisso formal. Ele me enche de presentes maravilhosos, me proporciona viagens fantásticas, mas nada além disso. Quando perdi a minha fonte de renda, tive que apelar para o apoio financeiro dele. Sem questionar, compreendendo a minha situação, ele imediatamente abriu uma poupança no meu nome com o valor equivalente ao último ano de faculdade. Assim, garantiu o meu diploma e serei eternamente grata”, conta.

Como é o desejo de muitas ter um apoio assim, a plataforma MeuPatrocínio registrou um crescimento da ordem dos 80% no número de usuários desde o início da pandemia. As pessoas têm dedicado mais tempo para socializar virtualmente, buscar novos parceiros e aprofundar os relacionamentos já iniciados anteriormente nas plataformas de encontros. Além disso, é o momento perfeito para, com mais liberdade, expor as necessidades reais que passam, inclusive, pela manutenção da formação universitária.

 

Sobre o MeuPatrocínio: primeiro e maior site de relacionamento Sugar do Brasil, o MeuPatrocínio é a rede social mais exclusiva e elitizada do país. O estilo de vida Sugar reúne homens poderosos a mulheres jovens e atraentes para relacionamentos verdadeiros, transparentes, com acordos preestabelecidos e expectativas alinhadas. Hoje, em sua base de dados, a plataforma conta com três milhões de usuários. Todos submetem seus perfis e fotos à aprovação individual. Somente são aceitos maiores de 18 anos que devem aderir às condições e termos de segurança do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *