Rodrigo Maia comemora adiamento e diz que eleições não poderiam comprometer ações sanitárias

Bom senso

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), comemorou a aprovação da PEC que adia as eleições municipais. Em seu Twitter, o deputado afirmou que “a eleição não poderia comprometer as ações que buscam salvar vidas e proteger as famílias”. Se trata, também, de uma questão de bom senso. A pandemia da Covid-19 é real e os números de contaminados e de mortos só crescem.

Especialistas

Depois de muita polêmica, troca de farpas e relatórios médicos a proposta que adia as disputas municipais para novembro foi aprovada em dois turnos pelo plenário da Casa. A promulgação da PEC foi realizada nesta quinta-feira (02). “Infelizmente, ainda vivemos um momento muito crítico da pandemia, com seu avanço para o interior do País”, ponderou o presidente da Casa, Rodrigo Maia. Ele destacou que a novas datas, 15 e 29 de novembro, para primeiro e segundo turno, foram orientações de especialistas de saúde.

Olho aberto

Cotados ao cargo de ministro da Educação estão espertos. O que tem de candidatos editando currículos para não repetir o vexame de Carlos Alberto Decotelli já dá pra formar uma pequena fila na porta do Planalto. É quem não quer comandar um dos maiores orçamentos da União? Um dos cotados, Anderson Ribeiro Correia, professor e reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) atualizou nessa semana as informações a respeito da sua trajetória acadêmica e profissional.

Na fila

Outros dois nomes indicados pela ala militar do governo para ocupar o Ministério da Educação são Marcus Vinicius Carvalho Rodrigues, ex-presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), e Antônio Freitas, pró-reitor da Fundação Getúlio Vargas. Os dois doutores em engenharia de produção também fizeram ajustes nos currículos nos últimos dias. Agora, todo cuidado é pouco para evitar um vexame.

Cerco fechado

Nesta quinta-feira (2), após operação da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) investigar irregularidades na compra de testes de detecção da covid-19 por parte da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, o governador do DF, Ibaneis Rocha, afirmou confiar plenamente no processo de compras de insumos e medicamentos para enfrentamento do vírus. Até tu Ibaneis? Agora, é aguardar o desenrolar dos fatos.

Mão no fogo

De acordo com o governador, desde o início da crise, a Controladoria do Distrito Federal acompanha todos os passos dos processos de licitação e que vai esperar a apuração dos fatos. “Estou inclusive reforçando a fiscalização de todos os procedimentos na Secretaria de Saúde!”, ressaltou Ibaneis. O chefe do Executivo disse ter “convicção que os servidores serão inocentados quando os fatos forem apurados.

Recuperação

A produção industrial brasileira avançou 7% em maio, na comparação com abril, conforme divulgou nesta quinta-feira (02) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A alta vem após dois meses seguidos de queda e de um tombo recorde em abril (-18,8%).Embora tenha sido a maior alta já registrada pela pesquisa para um mês de maio, o avanço eliminou apenas parte das perdas acumuladas desde o início da pandemia de coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *