Especialista dá dicas para cuidar da saúde no inverno

Coordenadora de Enfermagem da Unic Rondonópolis orienta medidas de prevenção para o período

A chegada do inverno, responsável por queda na temperatura, vem acompanhada pela redução da umidade do ar e pelo aumento da concentração de poluentes e alérgenos. Com isso, algumas doenças características da estação começam a aparecer, como gripes, resfriados, bronquites, amidalites, pneumonias, rinites alérgicas, entre outras.

Por isso, é importante estar atento aos hábitos e se dedicar à prevenção, como explica a coordenadora do curso de Enfermagem da Unic Rondonópolis, Cleciene dos Anjos Musquim: “a melhor maneira de combater doenças típicas do inverno é a prevenção. Alguns cuidados são importantes para enfrentar a estação com tranquilidade”.

Confira algumas dicas de prevenção:

• Lave as mãos: com a pandemia, já se discutiu amplamente a importância de higienizar as mãos. Com gripes e resfriados, é a mesma coisa. Mantenha as mãos limpas, inclusive após tossir ou espirrar, para que os vírus e outros microrganismos não permaneçam presentes.
• Evite ambientes fechados e aglomerações, além do contato próximo com pessoas doentes.
• Mantenha-se hidratado: o inverno, geralmente, é uma estação com baixa umidade do ar, o que gera o ressecamento das vias aéreas pode favorecer o surgimento de doenças respiratórias. Então, além de beber água, outra dica é utilizar umidificador de ar ou colocar toalhas úmidas no ambiente, para evitar o tal ressecamento.
• Cuide da alimentação: a alimentação saudável e a prática de atividades físicas, mesmo que em casa, ajudam a fortalecer o sistema imunológico. Uma conduta com vitaminas, principalmente a C, são bastante indicadas. Alimentos como: limão, laranja, abacaxi, acerola, gengibre, couve e cenoura são os melhores para prevenção. Sopas, caldos e chás também podem auxiliar a manter o corpo na temperatura adequada.
• Tome banho de sol: a exposição ao sol é importante para aumentar a imunidade. Em caso de deficiência de vitamina D, a reposição deve ser indicada por um médico.

Idosos

De acordo com a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), entre os principais riscos à saúde dos idosos estão a hipotermia, ausência de movimentação, infecções (gripes e pneumonias) e dores crônicas, como artrites e artroses.

Para a coordenadora do curso de Enfermagem da Unic Rondonópolis é preciso adotar cuidados especiais com os idosos, principalmente nesta época do ano. Mais frágeis, eles têm a imunidade e reservas funcionais mais baixas, além de menor capacidade de regular a temperatura corporal. “A terceira idade faz parte do grupo de risco, portanto, também é fundamental estar com a vacina da gripe em dia. Além disso, o Ministério da Saúde recomenda a vacina a pneumocócica em idosos em condições especiais, por exemplo, idosos acamados e aqueles que vivem em casas de acolhimento e asilos. É importante procurar a unidade básica de saúde mais próxima para uma avaliação da situação vacinal”, pontua a especialista.

Segundo Cleciene, a hipotermia acontece quando a temperatura central fica abaixo dos 35º C e o corpo não consegue gerar calor. Os sintomas são redução dos tremores, apatia, sonolência, confusão mental, podendo chegar à perda da consciência. “Em caso de hipotermia, o primeiro passo é retirar o idoso do local frio e trocar as roupas úmidas e molhadas. Envolver a vítima em mantas e agasalhos para aquecê-la e chamar rapidamente o serviço de emergência. Se o idoso estiver consciente, é indicado que ele ingira bebidas quentes, como chá. É necessário redobrar a atenção ao idoso durante o inverno, alguns cuidados podem prevenir a hipotermia como agasalhar-se bem, usar cobertores, consumir bebidas quentes (não alcoólicas), manter uma dieta equilibrada e incluir sopas na alimentação”, esclarece a profissional da Unic.

Sobre a Unic

Fundada em 1988, a Unic foi a primeira instituição privada de ensino superior no Mato Grosso e é uma das universidades mais conhecidas e tradicionais da região, tendo formado milhares de alunos nos cursos presencias e a distância. Com unidades em várias cidades do estado e representatividade em diversos campos de atuação, a instituição oferece cursos de extensão, graduação, pós-graduação lato sensu, além de programas de mestrado e doutorado. De portas abertas para a comunidade, a instituição presta inúmeros serviços gratuitos à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Unic oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais. Em 2010, a Unic passou a integrar a Kroton. Para mais informações, acesse: http://www.unic.br.

Sobre a Kroton

A Kroton é uma companhia brasileira e uma das principais organizações educacionais do mundo, proporcionando ensino de qualidade durante todos os momentos da vida dos alunos, desde o ensino básico até a educação continuada. Com atuação inovadora, a Kroton é líder no desenvolvimento e aplicação de soluções educacionais. Em seus mais de 50 anos de tradição já contribuiu para a transformar a vida de milhões de pessoas, e trabalha para continuar concretizando sonhos em todos os cantos do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *