COVID-19: CICV envia 18 milhões de máscaras a equipes médicas das zonas de conflito

Genebra (CICV) – Mais de 18 milhões de máscaras de alta qualidade estão sendo enviadas a equipes médicas de zonas de conflito do mundo inteiro para ajudar na luta contra a COVID-19, afirmou hoje o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV).

Os equipamentos permitirão que mais de 47 mil profissionais de saúde em hospitais, centros médicos, ambulâncias e lugares de detenção se protejam contra o vírus e tratem as pessoas necessitadas. Os carregamentos também incluem mais de 1,5 milhão de aventais, capas e macacões, assim como 4 milhões de pares de luvas.

“É extremamente importante que os profissionais de saúde dos países com conflitos contem com o equipamento de proteção adequado contra a COVID-19. Eles devem poder continuar realizando em segurança o seu trabalho que salva vidas nos países onde os sistemas de saúde já funcionam no limite”, afirmou Carole Dromer, vice-chefe de saúde do CICV.

O pessoal sanitário que se beneficiará inclui 7,5 mil funcionários na Síria; 3 mil na Líbia; 2,9 mil na Venezuela; 2,7 mil no Líbano; 2,2 mil no Iraque; 2,1 mil no Afeganistão; 2,1 mil nos territórios ocupados da Palestina; 1,2 mil no Sudão do Sul; e 1,2 mil na Nigéria. Os primeiros suprimentos começaram a chegar aos estabelecimentos no terreno durante a semana passada.

O CICV presta a devida atenção à qualidade dos artigos adquiridos. Os membros das equipes de logística também julgam os produtos com base em critérios ligados a sustentabilidade, preservação ambiental e igualdade social.

“A aquisição e o envio de equipamentos de proteção individual em uma escala tão grande são um enorme desafio neste contexto. Regulamentos de exportação e importação estão sujeitos a muitas mudanças de última hora, às quais nos devemos adaptar. Mas este trabalho é muito importante”, disse Supeng Zhang, do centro de logística do CICV em Pequim.

Os funcionários do CICV que lidam diretamente com a doença, incluindo o pessoal médico e os especialistas forenses, assim como as equipes que lidam com os membros das comunidades, também se beneficiarão do envio dos equipamentos de proteção. A assistência do CICV, incluindo a distribuição de alimentos e água potável às comunidades deslocadas, não pode parar durante este período de COVID-19. Em um contexto onde o distanciamento físico não é possível, os equipamentos de proteção garantirão a segurança dos nossos funcionários em suas atividades diárias e protegerão as pessoas que assistimos.

Mais informações:
Jason Straziuso, CICV Genebra, tel: +4179 949 3512 ou jstraziuso@icrc.org
Didier Revol, CICV Genebra, tel: +41 79 235 71 93 ou drevol@icrc.org
WhatsApp (Inscreva-se para receber avisos de pauta): http://whats.link/cicvbrasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *