Cotidiano

Homem tenta esconder cobra de 4m dentro de sofá para evitar ação da polícia

Publicado

na

Um homem de 27 anos foi detido hoje após tentar esconder uma cobra Python de quatro metros de comprimento dentro de um sofá que estava em sua residência em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba. Os policiais chegaram até o local após uma denúncia anônima. Conforme o delegado Matheus Loiola, os policiais desconfiaram dele pela demora para atender a porta e receber os agentes.

“O interessante é que essa pessoa demorou 30 minutos para receber a nossa equipe policial. Porque ele tentou esconder a cobra e enganar a equipe policial. Quando a gente chegou não encontrávamos a Python, mas ouvimos um barulho estranho no sofá. Era a cobra se mexendo”, conta o delegado. O homem havia pregado e usado cola para fechar o forro do sofá com o réptil dentro.

Uma outra cobra, conhecida como corn-snake, também foi encontrada na casa dentro de um pote tampado. Em um vídeo, gravado pela polícia, um agente questiona se a cobra corn snake era mantida no recipiente, mas as pessoas que estão na casa negam e dizem “está tudo bem”. O policial retruca e diz “mas ela (a cobra) está gelada.” Os dois répteis não são venenosos.

Leia Também:  Exército envia mais uma tropa na região de Alta Floresta para Operação Verde Brasil

Por Hygino Vasconcellos

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Quinta-feira (24): Mato Grosso registra 118.548 casos e 3.349 óbitos por Covid-19

Publicado

na

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (24.09), 118.548 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.349 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.249 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 118.548 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 15.284 estão em isolamento domiciliar e 99.161 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, 246 internações em UTIs públicas e 289 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 58,57% para UTIs adulto e em 33% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (23.132), Várzea Grande (8.847), Rondonópolis (8.611), Lucas do Rio Verde (5.400), Sorriso (5.010), Sinop (4.927), Tangará da Serra (4.820), Primavera do Leste (3.882), Cáceres (2.705) e Campo Novo do Parecis (2.641).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 94.810 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 606 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última quarta-feira (23), o Governo Federal confirmou o total de 4.624.885 casos da Covid-19 no Brasil e 138.977 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 138.108 óbitos e 4.591.604 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de quinta-feira (24).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: SES-MT

Leia Também:  Justiça determina fiança de 30 salário a dois suspeitos de atropelar mulheres em racha em MT
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA