Novembro teve 4.669 reclamações registradas junto ao Procon-MT

Redação (com informações da assessoria)

 

Em novembro de 2019, o total de reclamações junto ao Procon estadual chegou a 4.669 registros. Foram 3.171 reclamações, via Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), e 1.498 pela plataforma www.consumidor.gov.br.

A área de “Serviços essenciais” se mantém no topo do ranking, com 2.244 registros – 70% do total de registros no Sindec. Energia elétrica segue como o serviço mais reclamado, com 1.656 reclamações registradas através do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) e 175 pela plataforma consumidor.gov.br – um total de 1.749 registros.

Atrás de energia aparecem: “Água/Esgoto”, com 342 reclamações, e “Telefonia Celular”, com 156. Nos três assuntos que ocupam o topo do ranking, a cobrança indevida/abusiva é o problema mais reclamado pelos consumidores, sendo: “Energia elétrica” com 1.574; “Água/esgoto”, 315; e “Telefonia Celular”, com 108.

Em segundo lugar no ranking aparece a área de de “Assuntos Financeiros”, que fechou outubro com 457 reclamações, sendo: 149 registros para o assunto “Banco Comercial”,  126 para “Financeira” e 74 para “Cartão de Crédito”.

A terceira posição ficou com a área “Produtos”, com 196 registros. Para o assunto “Telefone (Convencional, Celular, Interfone)” foram 28 reclamações; “Internet”, 14; e  “Acessórios para Aparelho Eletrônico (Agulha, bateria, etc.)”, 12.

A área “Serviços Privados” ficou na quarta posição, com 184 registros. No assunto “Escola (Pré, 1º, 2º Graus e Superior)” foram registradas 28 reclamações; “TV Por Assinatura ( Cabo, Satélite, Etc.)” teve 27; e “Informática (Ex.:Provedor de Acesso a Internet)”, 21 registros.

A área “Saúde” ocupa o quinto lugar do ranking com 52 reclamações. Em seguida aparece a área “Alimentos” com 28 registros. A sétima e última posição do ranking é ocupada pela área “Habitação”, com 10 registros.

Atendimento online

Pela plataforma www.consumidor.gov.br o Procon Estadual registrou 1.498 reclamações em novembro deste ano. A área ”Serviços Financeiros” lidera com 518 reclamações. Em segundo lugar estão ”Telecomunicações”, com 444  reclamações; e em terceiro, “Água, energia e Gás”, com 175.

Confira a lista

Serviço no consumidor.gov.br

Reclamações

Serviços Financeiros

518

Telecomunicações

444

Água, energia e Gás

175

Produtos de telefonia e informática

105

Demais Produtos

52

Transporte

74

Demais Serviços

52

Produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos

34

Saúde

29

10º

Turismo/Viagens

11

11º

Educação

2

12º

Alimentos

2

13º

Habitação

0

As área “Habitação”não teve registro pelo consumidor.gov.br no mês de novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *