Complexo Hospitalar de Cuiabá implanta Núcleo de Segurança do Paciente

Redação (com informações da assessoria)

 

Na manhã desta quinta-feira (28), foi realizada a cerimônia de posse do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) do Complexo Hospitalar de Cuiabá (CHC), setor que, além de cumprir a resolução da Agência Nacional de Vigilância em Saúde (Anvisa) – que busca prevenir erros e negligências por parte dos profissionais de saúde –, ainda visa promover a excelência no atendimento ao paciente e seus familiares.

“O Núcleo de Segurança do Paciente é muito importante para o hospital, para a promoção da qualidade e assistência aos pacientes, principalmente aos idosos, crianças e pacientes crônicos. Com a implantação do núcleo, o Complexo Hospitalar de Cuiabá atinge o patamar de excelência, porque melhora a qualidade da assistência em todas as áreas. Eleva o Complexo ao nível dos melhores hospitais do país, que já possuem os núcleos de segurança, como, por exemplo, Hospital Israelita Albert Einstein”, enfatiza a presidente do Complexo Hospitalar de Cuiabá, a médica Elê Maria Kuhn.

A enfermeira gerente de Qualidade do Complexo Hospitalar de Cuiabá e membro do NSP, Maria Clara Moraes Leme, explica que o NSP é obrigatório a todas as instituições de saúde do país, e o que permeia toda a estruturação do núcleo é, literalmente, a segurança do paciente.

“O objetivo é garantir que o paciente, desde o momento em que ele entra no hospital, seja recebido com todo cuidado e responsabilidade. O núcleo trabalha com padronização. Então, nós instituímos protocolos e padrões para todos os atendimentos e uma das coisas mais importantes é a humanização. Esse cuidado se dá desde a entrada do paciente e permeia toda a permanência, para que a estadia dele seja o mais confortável possível”, esclarece a gerente.

A coordenadora do NSP, Marina Fernandes de Oliveira, que também integra a gestão de Leitos do Complexo Hospitalar, informa que o núcleo de segurança do paciente conta com 15 membros e se caracteriza por ter uma equipe multidisciplinar, o que amplia o cuidado e aperfeiçoa o tratamento dos pacientes. São profissionais de áreas distintas que irão atuar de forma conjunta para tratar o paciente com o máximo de eficiência e de forma humanizada.

“O núcleo de segurança do paciente é muito importante não só na prevenção de erros, mas, também, por promover a segurança e a qualidade da assistência a paciente e familiares e, ainda, a segurança dos funcionários”, pondera a coordenadora.

O NSP representa um salto para o CHC, que já conta com setor de qualidade, de prontuários, dentre outros, visando ao atendimento de qualidade e à excelência para cada paciente do hospital. O diretor técnico do Complexo Hospitalar de Cuiabá, o médico Douglas Alberto Gomes, afirma que, com a implantação do núcleo de segurança, além de se aprimorar a qualidade, melhora-se os processos e se consegue ter todos os registros de alguma desconformidade ou de alguma coisa que não aconteça dentro da previsibilidade.

“O núcleo de segurança proporciona a excelência na qualidade, na prevenção de acidentes, prevenção de eventos adversos, certificações e, a partir de 2020, nós vamos instituir a residência médica no Complexo Hospitalar, visando à formação de pessoas e, cada vez mais, qualificando o nosso hospital, corpo clínico, corpo de enfermagem, toda a equipe multidisciplinar. Tudo com um único objetivo: dar o melhor atendimento possível a cada paciente. Nós queremos não só a excelência, mas, ainda, ser um modelo de atendimento para o estado de Mato Grosso”, finaliza o diretor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *